Reunião com outros estados -

Projeto de combate ao roubo e furto de celulares da SSP-PI é exemplo para outros estados

A Secretaria de Estado da Segurança Pública do Piauí (SSP-PI) apresentou, nesta terça-feira (06), as ações adotadas no combate ao roubo e furto de aparelhos celulares para os representantes da Secretaria de Segurança Pública dos Estados de Alagoas e Maranhão.

Foto: Reprodução

O superintendente de Operações Integradas da SSP-PI (SOI), delegado Matheus Zanatta, destacou que o enfrentamento ao roubo de celulares é um projeto pioneiro no Brasil e se tornou uma das principais políticas públicas da Secretaria.

“Esse projeto possui três vieses, sendo as blitzen, onde são feitas as verificações dos EMEIs com restrição, as intimações em massa, onde as pessoas realizam a devolução de aparelhos roubados, e as fases da Operação Interditados, onde lojas físicas e virtuais que realizam a compra e a revenda de aparelhos roubados têm suas atividades econômicas suspensas”, explicou o superintendente.

Matheus Zanatta ainda enfatizou que, após o início do enfrentamento a essa prática criminosa, houve a redução de 40% no número de roubos e furtos de aparelhos celulares em Teresina e 31% no Estado do Piauí, em 2023. 

O chefe especial de Inteligência de Segurança Pública do Estado de Alagoas, coronel Raumario Jerônimo dos Santos, afirmou que um projeto semelhante ao realizado no Estado do Piauí será implantado em Alagoas.

“O crime de roubo e furto de celulares vem assolando a sociedade, não só de Alagoas e do Piauí, mas também em todo o país. Estamos buscando uma solução para tentar minimizar esse dano, que é recorrente. Nossa ideia é fortalecer todos os estados do nordeste no sentido de coibir essa prática. No entanto, sabemos que não será um trabalho fácil, estamos dando os primeiros passos na busca de uma melhor performance no combate a esse crime.  Percebemos, através dos números apresentados pela SSP, que esse é um projeto de sucesso”, finalizou o coronel.

“Tivemos conhecimento sobre o projeto realizado pelo Piauí devido à grande repercussão do mesmo nas redes sociais e TVs. Hoje estamos aqui para conhecer a metodologia realizada pela SSP-PI, com a pretensão de levar um modelo semelhante para nosso estado”, finalizou o coordenador de Inteligência da Secretaria de Segurança Pública do Estado do Maranhão, delegado Cícero Matias.

 


 

Fonte: Governo de Piauí

Instagram

Comentários

Trabalhe Conosco