Analisar a logística · 17/05/2022 - 09h27

Programa de Erradicação da Pobreza Menstrual é discutido em reunião na Semec


Compartilhar Tweet 1



A Secretaria Municipal de Educação de Teresina (Semec) promoveu nesta segunda-feira (16/05) uma reunião com o grupo de trabalho, com a participação de representantes da Fundação Municipal de Saúde (FMS). O objetivo foi analisar a logística de implementação do Programa de Erradicação da Pobreza Menstrual” na Rede Municipal de Educação.

A pobreza menstrual, também chamada de precariedade menstrual, é o termo dado à falta de acesso aos produtos para manter uma boa higiene, está relacionada à carência, bem como a infraestrutura do seu ambiente. Refere-se também à falta de acesso a educação necessária para gerenciar a higiene menstrual.

O prefeito Dr. Pessoa sancionou, em dezembro de 2021, a Lei Nº 5.667, que visa proporcionar a mulheres que se encontram comprovadamente em situação de vulnerabilidade econômica e social, o direito a absorventes higiênicos. No caso das escolas, tem por objetivo promover a saúde e higiene das alunas por meio de ações educativas, de saúde e assistência social.

O público alvo do projeto são alunas devidamente matriculadas na Rede Municipal de Ensino que estejam cursando o Ensino Fundamental e Educação de Jovens e Adultos (EJA), na faixa etária de 9 a 29 anos de idade.

“Vamos promover campanha e material informativo, a fim de melhorar a qualidade de vida da mulher durante o período menstrual. O objetivo geral é promover acesso às políticas intersetoriais e aos insumos de higiene e saúde menstrual às alunas, reduzindo a evasão escolar das alunas causadas no período menstruaal”, explica a gerente de Assistência ao Educando da Semec, Keyla Cardoso.

    Ascom

 

PostMídia (99) 8175-5041


Fonte: Prefeitura de Teresina

Comentários