Suspeitas de assédio psicológico -

Procuradoria do Trabalho volta a direcionar sua atenção para Almaviva de Teresina

O procurador do Trabalho, José Heraldo de Sousa, deu início a um inquérito civil contra a empresa de telemarketing Almaviva, em Teresina, na ultima quarta-feira (17/05), com o objetivo de investigar suspeitas de assédio psicológico.

Foto: Reprodução

Segundo o Ministério Público do Trabalho (MPT-PI), a Almaviva do Brasil Telemarketing e Informática S.A. será alvo de uma investigação devido a possíveis práticas de violência ou assédio no ambiente de trabalho, com base em informações emergentes recebidas pelo órgão.

No inquérito, é ressaltada a legitimidade do Ministério Público do Trabalho para instaurar inquéritos civis e mover ações civis públicas em defesa dos direitos sociais garantidos pela Constituição no contexto das relações trabalhistas.

Esta não é a primeira vez que a empresa de telemarketing é alvo do órgão ministerial. Neste ano, outros dois inquéritos civis foram abertos na capital do Piauí, um relacionado à falta de transporte durante o horário não atendido pelo transporte público e outro por irregularidades na remuneração e benefícios.

O espaço permanece aberto para que a empresa possa fornecer esclarecimentos.

Instagram

Comentários

Trabalhe Conosco