Defesa do consumidor · 28/11/2021 - 12h53

População do bairro Dirceu, em Teresina, recebe ação da Ouvidoria Itinerante e do Procon


Compartilhar Tweet 1



O Ministério Público do Estado do Piauí, por meio da Ouvidoria e do Programa de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon), promoveu atendimento itinerante para a população do bairro Dirceu e proximidades da zona Sudeste de Teresina. Com uma estrutura montada na praça Santuário Arquidiocesano São Francisco de Assis, as equipes do órgão ofertaram atendimentos ministeriais para esses moradores que possuem dificuldade em se deslocar às sedes do MPPI.

Dentre os principais serviços prestados pela Ouvidoria, juntamente com o Procon, houve a possibilidade de os moradores efetuarem reclamações contra empresas e agentes públicos e privados que são de competência do Ministério Público. Além disso, a ação visou divulgar informações a respeito das relações de consumo, acolher críticas, sugestões e elogios.

Os consumidores também sanaram suas dúvidas com o Procon acerca de orientações e cuidados em questões relativas às compras. Outro serviço concedido pela ação, foi a “Ouvidoria das Mulheres”, serviço de atendimento humanizado e escuta ativa às mulheres em situação de vulnerabilidade e vítimas de alguma violência. Participaram da ação, a ouvidora e procuradora de Justiça Teresinha Borges e o coordenador técnico do Procon, Edivar Carvalho.

Genivaldo de Sousa é motoboy e buscou atendimento do Procon, por não receber uma casa que havia comprado no ano de 2019. Após tentativas de contato com o órgão pela internet, o profissional acredita que com a ação Itinerante e orientação do órgão, seu dinheiro será devolvido. “Estava olhando a internet e vi que haveria dois dias de ação, aproveitei e vim. Fui bem recebido e depois do atendimento, espero receber a quantia pela empresa”, disse.

Residente no bairro Dirceu, a profissional de serviços gerais, Lucélia Lima, também foi à praça em busca de atendimento do Procon Itinerante, para reclamar acerca de uma cobrança indevida no cartão de crédito. Após orientação e devidas soluções do órgão, a moradora ressaltou a praticidade da oferta desses serviços próximo de sua casa e se mostrou confiante com a resolução de seu caso. “Procurei o Procon e acredito que irão resolver meu problema, pois não aguento mais. E, é uma coisa muito boa ter uma ação como essa perto de casa”, citou ela.

O coordenador técnico do Procon, presente no local, destacou a importância da mobilização para a população dos bairros e do interior, e explicou como funciona a logística do serviço prestado pelo Programa de Proteção e Defesa do Consumidor, garantindo que todas as solicitações deixadas pela população sejam atendidas. “Oferecemos uma orientação técnica e jurídica, totalmente gratuita, para que o consumidor exerça sua cidadania e busque seus direitos na via extrajudicial, sem que seja necessário ir ao judiciário”, declarou ele.

“A Ouvidoria Itinerante tem o propósito de chegar mais perto da comunidade, para que população tenha conhecimento dos seus direitos, e que possamos garanti-los e efetivá-los. Recebemos os casos diversos, fazemos uma triagem, tentamos resolvê-los e encaminhamos aos órgãos competentes”, ressaltou a ouvidora e procuradora de Justiça, Teresinha Borges.


Fonte: MP-PI

Comentários