Águas de Teresina -

Obras de esgotamento sanitário avançam nos bairros de Teresina

A Águas de Teresina avança com as obras de esgotamento sanitário visando ampliar a cobertura de coleta e tratamento da zona urbana para 59% até o final do próximo ano. Já há canteiros na Avenida Centenário e nos bairros Cabral, Piçarra, Vale do Gavião, Itararé e Pirajá. Ao todo, serão investidos R$ 300 milhões para beneficiar moradores de 27 bairros com muito mais saúde, qualidade de vida e preservação ambiental.

Foto: GOVERNO DO PIObras de esgotamento sanitário avançam nos bairros de Teresina
Obras de esgotamento sanitário avançam nos bairros de Teresina

Em paralelo, a concessionária realiza visitas porta a porta com agentes socioambientais que desenvolvem um trabalho educativo junto à população. Na oportunidade, os colaboradores da Águas de Teresina conversam com moradores sobre a importância das obras e os benefícios do saneamento para a redução de doenças de veiculação hídrica. Na semana de 22 a 26 de maio, a equipe visitará residências no bairro Centro.

Estudos da Organização das Nações Unidas (ONU) indicam que 10% das doenças registradas ao redor do mundo poderiam ser evitadas com investimentos em saneamento básico. O diretor executivo da Águas de Teresina, Renee Chaveiro, destaca que esse é o maior pacote de investimentos em esgotamento sanitário da cidade de Teresina. “Ao final das obras, mais de 480 mil pessoas serão atendidas com o serviço de coleta e tratamento do esgoto”, destaca.

Detalhamento das obras
O pacote de investimentos da Águas de Teresina terá forte impacto na saúde pública da capital e envolve a implantação de 220 km de rede coletora de esgoto; 3,3 km de interceptores; 23 novas Estações Elevatórias de Esgoto e 7,1 km de linhas de recalque. Além disso, a Estação de Tratamento de Esgoto – ETE Pirajá terá sua capacidade ampliada, passando de 150 l/s para 260 l/s. “As obras serão realizadas em etapas para minimizar os impactos na mobilidade urbana. O objetivo é transformar o saneamento da capital,” reforça Renee Chaveiro.

Fonte: Governo do Estado

Comentários

Trabalhe Conosco