Após denúncia da população · 27/01/2022 - 09h35

Multa: prefeitura flagra morador jogando lixo em rua que havia sido limpa no dia anterior


Compartilhar Tweet 1



Após denúncia da população, fiscais do Programa Lixo Zero flagraram, na tarde desta quarta-feira (26/01), um novo descarte irregular de lixo na rua Oscar Clarck, bairro Buenos Aires, zona Norte de Teresina. O local havia sido limpo há menos de 24 horas pela Superintendência de Ações Administrativas Descentralizadas (SAAD) Norte.

“Nessa rua, havia um Ponto de Recolhimento de Resíduos (PRR), mas a própria população pediu a retirada do container, alegando mau cheiro. Um dos moradores chegou a ameaçar atirar nas equipes de limpeza. Então, decidimos retirar o PRR do local. No entanto, a situação piorou porque as pessoas não deixaram de jogar lixo na rua”, explica o coordenador de Limpeza Pública da Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Habitação (SEMDUH), Fabrício Amaral.

Na segunda-feira (24/01), a concentração de lixo estava prejudicando até o tráfego de veículos na rua Oscar Clarck.

“Menos de um dia depois, uma caminhonete branca foi flagrada descartando uma grande quantidade de lixo na rua. Isso é inadmissível. Essa pessoa vai ser multada e não é uma multa leve. Precisamos que a população respeite os espaços públicos, que faça sua parte. Não adianta a Prefeitura limpar todo dia um local, se no mesmo dia ou no dia seguinte, já está tudo sujo novamente”, lamenta o secretário da SEMDUH, Edmilson Ferreira.

Como denunciar

O caso foi registrado em foto por um popular, que enviou a imagem para o whatsapp do Programa Lixo Zero.

O número é 86 9.9402-3074. Todas as denúncias são anônimas. Além de fotos, a população pode enviar vídeos e informações sobre os descartes irregulares, para ajudar as equipes do Lixo Zero a identificar os infratores e aplicar as penalidades previstas em lei.

Ponto de Recolhimento de Resíduos (PRR)

Os PRRs são containers espalhados pela maioria dos bairros da cidade para que a população descarte podas de árvores, móveis usados e resto de material de construção ou reforma (até um metro cúbico por pessoa, o que equivale a uma carroceria pequena).

Atualmente, a Prefeitura de Teresina disponibiliza 56 PRRs, mas enfrenta problemas quanto ao uso indevido dos containers. “Muitas vezes, a pessoa coloca o lixo do lado do PRR, ao invés de colocar dentro. Também é comum jogarem lixo doméstico e animais mortos, o que não é permitido. Ao lado de cada container tem uma placa explicando as regras, mas as pessoas teimam em não obedecer”, cita o secretário.

Veja abaixo a lista de locais onde há PRRs:

 


Fonte: Prefeitura Municipal de Teresina

Comentários