Conspiração silenciosa -

Líder de extrema-direita é condenado a 18 anos de prisão por invasão ao Capitólio

O líder da milícia de extrema-direita americana, Stewart Rhodes, foi condenado a 18 anos de prisão nesta quinta-feira (25/05), por conspiração silenciosa nos ataques de 6 de janeiro de 2021 ao Capitólio, sede do legislativo americano, segundo noticiado no Ciência Política.

Stewart Rhodes foi um dos mais de mil acusados pelo ataque, incentivado pelo ex-presidente dos Estados Unidos, Donald Trump. Os invasores queriam impedir o Congresso de certificar a vitória do presidente Joe Biden. Essa é a mais dura sentença até agora referente aos ataques ao Capitólio.

No Brasil, com relação aos atos do 8 de janeiro, o Supremo Tribunal Federal (STF), avança cada vez mais nas investigações com mais de mil e quarenta réus, seja por incitar, por financiar ou participar ativamente da invasão da sede dos Três Poderes.

Comentários

Trabalhe Conosco