Crime premeditado -

Homem que incendiou ônibus na praça saraiva pode ter premeditado, afirma Guarda Municipal de Teresin

Notícia da Manhã - A Guarda Civil Municipal de Teresina (GCM) acredita que o suspeito de ter incendiado um ônibus no centro de Teresina tenha premeditado o crime. O incêndio ocorreu nesta quarta-feira (28/09) em um ponto de ônibus da Praça Saraiva. 

A suspeita de premeditação foi levantada após a descoberta de um novo bilhete escrito supostamente pelo rapaz que ateou fogo. Segundo informações, Francisco das Chagas Freitas filho, o homem que incendiou o ônibus, foi levado para o Hospital do Monte Castelo após prisão pela GCM. 

Segundo o Comandante da Guarda, André Viana, anotações feitas pelo suspeito reforçam a tese de premeditação do crime, “junto ao indivíduo tinha um galão de material inflamável que deve ter sido utilizado para incendiar o ônibus, além de um caderno com várias anotações referentes ao ônibus, ao motoristas, a horários de forma bem elaborada e planejada”, declarou.

Comentários