3 milhões do Tesouro Estadual · 28/05/2020 - 09h52

Governo investe em subestação que vai contribuir para expansão do polo industrial de Teresina


Compartilhar Tweet 1



Um investimento do Governo do Piauí abre um novo momento no Polo Industrial Sul de Teresina. Os empreendimentos instalados, lá, já estão usufruindo da melhoria no fornecimento de energia elétrica, gerado pela nova subestação Esplanada. O Tesouro Estadual contribuiu com R$ 3 milhões para construção da estrutura, atendendo a uma reivindicação histórica dos empreendedores do local.

Com o recurso repassado pelo Estado, por meio de subvenção autorizada pela Assembleia Legislativa do Piauí, a Equatorial Energia ligou uma linha de transmissão de 69 kv a uma subestação da Chesf, e complementou a estrutura para estabilizar a energia fornecida ao polo industrial. De acordo com a empresa, a intervenção beneficia diretamente cerca de 85 mil pessoas que vivem no entorno.

“Era uma demanda quase que diária dos industriais. Muitas empresas geravam o correspondente a metade da capacidade por não terem energia elétrica necessária para rodar as máquinas. Novos empreendimentos deixaram de se instalar aqui. Agora, energia não é mais problema”, avalia o secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico, Igor Neri.

Durante quase duas décadas, as dificuldades com energia elétrica impediram não só a ampliação das indústrias sediadas no polo sul, mas também afastaram a instalação de novas empresas. “Passávamos 60 dias com máquinas paradas. Os picos de energia queimavam os equipamentos. Como a maioria era importada, tínhamos que esperar peças e técnicos virem da Europa, da Ásia, para fazer o reparo”, lembra João Alves, diretor-presidente do grupo Ferro Norte Industrial.

A eficiência enérgica tira do papel planos de expansão que estavam parados. A Ferro Norte pretende implantar agora o terceiro turno de atividades. A empresa de transformação de aço, que possui atualmente cerca de 400 colaboradores, projeta a criação de 200 novos postos de trabalho em 2021.

“A energia agora está excelente. Aguardávamos isso desde quando o governador Wellington Dias visitou nossa indústria e nos garantiu que seria resolvido. Temos plena condição agora de gerar mais emprego e desenvolvimento”, comemora o industrial João Alves.


Fonte: Governo do Estado

Comentários