Vivem em quatros abrigos -

FMS presta serviços de assistência em saúde aos Venezuelanos

A Fundação Municipal de Saúde (FMS) oferece acompanhamento e atendimentos de saúde diariamente aos 268 venezuelanos que vivem nos quatros abrigos em Teresina (Piratinga, Emater, Casa de Concórdia e Casa de Passagem) sob a responsabilidade da Prefeitura de Teresina. Os serviços são prestados pelas equipes de Saúde da Família das Unidades Básicas de Saúde.

Foto: PMT

Os profissionais de saúde da FMS realizam visitas aos abrigos, fazem encaminhamentos e acompanhamentos dos Venezuelanos nas Unidades Básicas de Saúde e Atenção Secundária para consultas e exames, palestras educativas com temas relacionados ao aleitamento materno, imunização, higiene ambiental e pessoal, saúde da mulher, saúde do homem, saúde da criança e saúde do idoso.

Os atendimentos realizados são de consultas médica e de enfermagem, avaliação do estado nutricional, consultas de puericultura (pós-parto), acompanhamento do crescimento e desenvolvimento das crianças de 0 a 12 anos, atualização do calendário vacinal e campanhas (Covid 19, gripe, vitamina A, pólio), além do fornecimento e administração de antiparasitários sob orientação dos médicos das UBS.

O presidente da FMS, Gilberto Albuquerque, destaca que todos os atendimentos são para garantir que os venezuelanos tenham saúde. “Todos os serviços são prestados da mesma forma que é feito a qualquer cidadão teresinense, mas sabemos que eles têm cultura diferente da nossa e demonstram algumas resistências a uso de medicamentos e realização de exames, mas garantimos o acesso aos serviços indo aos abrigos para que eles sejam bem atendidos”, afirma.

Ao todo 268 Venezuelanos estão recebendo assistência de saúde através das UBS Estaca Zero, Poty Velho, Bela Vista e Memorare.

PostMídia: (86) 9 9547-8622

Fonte: PMT

Comentários