Nascimento das crianças · 09/06/2021 - 17h20

Evangelina Rosa participa de ações do Projeto Nascer no Brasil


Compartilhar Tweet 1



A Maternidade Dona Evangelina Rosa (MDER) está participando de ações do Projeto Nascer no Brasil. O projeto é um estudo nacional de base hospitalar composto por puérperas e seus recém-nascidos. A primeira fase aconteceu em 2011 e 2012 com a participação de 266 hospitais amostrados onde foram entrevistadas 90 puérperas de cada unidade de saúde, totalizando 23.940 sujeitos envolvidos.

Dez anos depois estão sendo retomadas as ações do projeto com o objetivo de conhecer a assistência ao parto e nascimento para saber como as crianças estão nascendo no Brasil. A ideia é entrevistar 24 mil puérperas, em 466 maternidades em todo o território nacional, sendo 90 puérperas de cada instituição. Ao todo são 17 estados brasileiros participando do projeto.

No Piauí cinco municípios estão participando das atividades. Nesta terça-feira (8) e quarta (9) enfermeiras obstétricas da Maternidade Dona Evangelina Rosa, Teresina, Hospital Dirceu Arcoverde (HEDA), Parnaíba e Hospital Regional Tibério Nunes, Floriano, participaram do treinamento de forma presencial, com o objetivo de serem orientadas sobre as coletas de dados através dos prontuários. O treinamento acontece na Evangelina Rosa.

“O estudo é uma nova versão do estudo Nascer no Brasil que aconteceu anteriormente  e atualmente estamos realizando a fase dos estudos alinhados, onde trabalhamos com os prontuários coletando dados. No Piauí temos nessa fase cinco municípios participando, Teresina, Altos, Floriano, Picos e Parnaíba. Após a coleta de dados passaremos para outra fase que será as entrevistas com as puérperas, que acontecerá até o próximo ano”, explica Keila Rejane Oliveira  Gomes professora aposentada da Universidade Federal do Piauí e enfermeira obstetra.

Segundo Sônia Bittencourt, pesquisadora em Saúde Pública da Escola Nacional em Saúde Pública da Fundação Oswaldo Cruz e uma das coordenadoras da Central da Pesquisa Nascer no Brasil II, a ideia principal é retratar o nascimento das crianças contadas pelas mães.  “O retrato do nascimento na voz das mulheres é a ideia principal da pesquisa Nascer no Brasil. Depoimentos emocionantes de mulheres logo após o nascimento de seus filhos dão voz aos números da pesquisa Nascer no Brasil. São depoimentos sobre Parto e Nascimento, que tem como objetivo conhecer os determinantes, a magnitude e os efeitos das intervenções obstétricas no parto, incluindo as cesarianas desnecessárias, assim como a motivação das mulheres pela escolha do parto”, conclui.


Fonte: Governo do Piauí

Comentários