Passou em 40 universidades · 28/05/2019 - 08h24 | Última atualização em 28/05/2019 - 08h33

Estudante sem-teto conquista bolsas no valor de R$ 12 milhões


Compartilhar Tweet 1



O estudante Tupac Mosley, 17, se transformou em um exemplo para alunos em situação de carência em Memphis, nos EUA. Na semana passada, ele se formou no ensino médio com honras, foi orador da turma e descobriu que recebeu mais de US$ 3 milhões (cerca de R$ 12 milhões) em bolsas de estudo. As informações são do R7.

    Foto: Reprodução Facebook

Mas chegar lá não foi fácil. No início do terceiro ano, o pai de Tupac morreu. Sua família ficou em dificuldades financeiras e acabou despejada da casa onde morava. "Tudo isso durante o período mais complicado do ano", relembrou o estudante, durante uma entrevista a uma emissora local.

Aprovado em 40 universidades

Ainda assim, ele conseguiu manter suas notas altas e foi aprovado em mais de 40 universidades. Com isso, conseguiu juntar as bolsas que vão garantir quatro anos de estudo com estabilidade financeira.

"Quando descobri o valor que tinha recebido, fiquei nas nuvens, empolgado e perplexo que tinha chegado a tanto", disse Tupac. O objetivo dele era chegar a US$ 1 milhão (cerca de R$ 4 milhões) em bolsas, mas ele só soube do valor total no dia em que se formou.

No período logo após o despejo, sua família chegou a dormir em uma tenda. Em seguida, acabou sendo abrigada por uma ONG de Memphis, que emprestou um chalé próximo à cidade para que eles pudessem dormir.

Gratidão

"Muita gente disse que a força veio de dentro de mim, mas eu honestamente gostaria de dar mais crédito a todos ao meu redor. Todas as pessoas da escola, meus familiares, meus amigos, a ONG. Todos me deram um apoio enorme para que eu chegasse aqui", agradeceu Tupac Mosley em entrevista à CNN.

Após analisar as mais de 40 universidades que lhe ofereceram as bolsas, ele decidiu que irá cursar Engenharia Elétrica na Universidade Estadual do Tennessee, em Nashville. E prometeu voltar a Memphis para estimular mais alunos no futuro.


Comentários