Legitimidade das urnas eletrônicas -

Defesa de Bolsonaro quer usar lives de Janja em processo no TSE

A defesa do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) nos processos que ele enfrenta no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) pretende usar como um de seus argumentos as lives que a primeira-dama, Rosângela da Silva, a Janja, começou a fazer na TV Brasil.

Foto: Igo Estrela/MetrópolesBolsonaro e Michelle
Bolsonaro e Michelle

O processo mais adiantado a que Bolsonaro responde se refere à reunião que ele promoveu no Palácio da Alvorada com embaixadores estrangeiros no ano passado, quando questionou a legitimidade das urnas eletrônicas.

Um dos pontos que reforçam a acusação é o fato de o evento ter sido transmitido pela emissora oficial do governo.

A tese dos defensores de Bolsonaro é que o uso do canal de TV para eventos de interesse do Executivo é comum a todos os governos, e que o ex-presidente não fez nada de irregular.

A participação de Janja na emissora reforçaria esse fato e deve ser mencionada nas alegações finais do processo, que deve ser julgado ainda neste semestre e pode tornar Bolsonaro inelegível.

Instagram

Comentários

Trabalhe Conosco