30 dias para regularização · 11/07/2018 - 08h39

CRO/PI encontra irregularidades em consultórios de seis cidades


Compartilhar Tweet 1



A equipe de fiscalização do Conselho Regional de Odontologia do Piauí (CRO/PI) visitou os municípios de Prata do Piauí, Elesbão Veloso, Barro Duro, Passagem Franca, Miguel Leão e Agricolândia para verificar a estrutura dos consultórios odontológicos das regiões.

Em Prata do Piauí, a UBS Otávio Mendes foi interditada e a UBS Fundec foi notificada depois de identificadas algumas irregularidades. Já no município de Elesbão Veloso, das oito unidades de saúde fiscalizadas, seis apresentaram inadequações e foram notificadas.

Unidades Básicas de Saúde dos municípios de Barro Duro e Passagem Franca também foram interditadas e notificadas pelos fiscais do Conselho. Os fiscais retornaram ao município de Miguel Leão e verificaram que no Posto de Saúde Vereador Cornélio da Silva todas as mudanças solicitadas em fiscalização anterior foram realizadas. Já em Agricolândia, todas as três UBS vistoriadas continham irregularidades e foram notificadas. As unidades de saúde notificadas receberam um prazo de até 30 dias para realizar as adequações.

O presidente do CRO/PI, Leonardo Sá, explica que a entidade busca conhecer a realidade dos atendimentos em saúde bucal na rede pública e particular em todas as regiões do Piauí. “As fiscalizações realizadas pelo Conselho Regional de Odontologia do Piauí têm o objetivo de garantir a segurança nos atendimentos odontológicos e o pleno exercício da Odontologia, respeitando as normas válidas para todo o país”, declara.

    Divulgação/AsCom
    Divulgação/AsCom
    Divulgação/AsCom

 


Fonte: Com informações da Ascom/CRO-PI

Comentários