Oportunidade de trabalho · 21/01/2022 - 08h01

Centro de Reinserção para egressos de Comunidades Terapêuticas é inaugurado


Compartilhar Tweet 1



A partir desta quinta-feira (20/01), a oportunidade no mercado de trabalho para egressos de Comunidades Terapêuticas e ex-dependentes químicos passa a valer através do Centro de Reinserção Padre Pedro Balzi, parceria entre o Governo do Estado por meio da Coordenadoria de Enfrentamento às Drogas do Piauí (CENDROGAS-PI) e Fazenda da Paz.

Tudo iniciou com a benção dada ao local pelo padre Igor Torres. Em seguida as autoridades foram convidadas a conhecer toda a sede do Projeto e logo após aconteceu a solenidade, iniciando com a fala da coordenadora geral da CENDROGAS, Cida Santiago.

“Abraçamos essa parceria que agora mudará a realidade da reinserção social com capacitações, oficinas e cursos, atendendo também seus familiares”, ressaltou Cida.

Serão ofertados os cursos de marcenaria, serviços gerais, doces e salgados, mecânica de motos, manutenção predial e instalação de placas fotovoltaica, iniciando nas cidades de Teresina, Parnaíba, São João do Piauí, Bom Jesus, Floriano e Campo Maior, atendendo 480 egressos e 1.500 familiares.

O presidente da Federação Nacional das Comunidades Terapêuticas, Célio Luiz Barbosa, agradeceu o empenho do Governo do Estado.

“Agradecemos ao Governo do Estado por abraçar a Política Sobre Drogas. Faltava esse amparo, pois o egresso saía da Comunidade Terapêutica e perguntava: você vai me dar um emprego? Infelizmente não tínhamos como encaminhar para que eles aprendessem uma profissão pois não basta apenas arrumar um emprego, tem que ter conhecimento. Agora nós estaremos oferecendo a mão de obra”, garantiu Célio Luiz.

Para o ex-dependente químico, Messias Antonio da Silva, foi através da Fazenda da Paz que ele conseguiu um emprego e assim recomeçar a sua vida no mercado de trabalho.

“Após tratamento na Fazenda da Paz tive a oportunidade do meu currículo ser levado a uma empresa e Graças a Deus fui empregado, com isso hoje já construí quase tudo que não consegui em 30 anos”, relatou Messias.

A missão de padre Pedro Balzi, homenageado por meio de seu nome no Centro e que está em processo para beatificação, foi lembrada pelo governador Wellington Dias.

“Quero destacar o trabalho de padre Pedro no acolhimento das pessoas mais pobres e que criou as primeiras experiências da Política Sobre Drogas, ajudando as pessoas que sofrem com a dependência química”, destacou.

Além disso, o governador parabenizou a CENDROGAS pelos avanços dado na prevenção e no tratamento da dependência química.

“No Estado, por meio da CENDROGAS, são mais de 30 entidades credenciadas, temos a maior rede no Brasil, onde o Governo coloca um valor mensal para cada acolhido e tem uma meta com terapias ocupacionais e o diálogo com a família. Então este é um momento que nos alegra muito, já são mais de 50 mil pessoas atendidas em todo Piauí”, enfatizou Wellington Dias.


Fonte: Governo do Piauí

Comentários