Desafios e possibilidades -

1º dia da X Conferência Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente debate a pandemia

O primeiro dia da 10ª Conferência Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente, realizado nesta terça-feira, (29/11), no auditório do FIEPI, promoveu, nos turnos manhã e tarde, debates sobre os desafios e possibilidades dos Direitos Humanos na pandemia da Covid-19. Nesta quarta-feira, (30/11), acontece o último dia da conferência, com plenária dos trabalhos dos eixos e eleição de delegados.

Foto: REPRODUÇÃO

O evento tem como objetivo refletir e avaliar os reflexos da pandemia da Covid-19 na vida das crianças, dos adolescentes e de suas famílias.

De acordo com Allan Cavalcante, secretário da Semcaspi, na Conferência Municipal tem sido feito o levantamento das demandas que serão apresentadas nas conferências estadual e nacional.

“A rede de proteção da criança e do adolescente precisa estar constantemente fortalecida, diante de novos cenários. O que estamos presenciando é a pandemia da Covid-19, que provocou, especialmente no auge da contaminação, atividades remotas, fazendo com que aumentasse o convívio familiar e infelizmente, as violências contra as crianças e adolescentes. Este debate nos leva a refletir sobre os desafios na pandemia”, ressaltou.

André Santos, presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de Teresina (CMDCAT), destaca que a participação dos conselheiros que compõem o CMDCAT, trabalhadores do SUAS, sociedade civil e de crianças e adolescentes é importante para compreender o cenário.

“A nossa X Conferência tem acontecido de forma presencial e tem sido produtiva, principalmente, por contar com a participação de quem atua com crianças e adolescentes e compreendem as demandas. Inclusive, as próprias crianças e adolescentes também têm vez e voz neste processo”, pontuou.

PostMídia: (86) 9 9547-8622

Fonte: PMT

Comentários