Sofreu infarto fulminante · 20/11/2017 - 15h12

Idoso morre durante audiência no Fórum Cível e Criminal de Teresina


Compartilhar Tweet 1



O idoso identificado como Benedito Augusto, de 66 anos, morreu após sofrer uma parada cardíaca enquanto participava de uma audiência na Vara da Família, no Fórum Cível e Criminal Desembargador Joaquim de Sousa Neto, na manhã desta segunda-feira (20/11), em Teresina.

Os funcionários do Fórum acionaram o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) e segundo reportagem da TV Cidade Verde, houve várias tentativas de reanimar o homem, porém os socorristas não tiveram êxito.

O corpo do idoso foi encaminhado para o Instituto de Medicina Legal (IML) para os devidos procedimentos.

Abalada, a família não aceitou falar com a reportagem da TV.

 

Pais devem prever os gastos · 19/11/2017 - 11h08

Custo da criação de um filho pode chegar a R$ 2 milhões


Compartilhar Tweet 1



Aumentar a família com a inclusão de mais um membro traz preocupações em muitos aspectos, com destaque para o emocional. O econômico, porém, não pode ser deixado de lado. De acordo com uma pesquisa realizada pelo Instituto Nacional de Vendas e Trade Marketing (Invent), o custo para criar uma pessoa até os 23 anos pode chegar a R$ 2,08 milhões em uma família de classe média alta, que recebe mais de R$ 15 mil por mês.

No caso de uma família de classe B, com renda entre R$ 5 mil e R$ 15 mil, o custo total chega a R$ 948 mil. Para a classe C, que recebe de R$ 2 mil a R$ 5 mil mensais, o total também não é pequeno: R$ 407 mil.

É preciso pensar no peso do montante total para além do momento em que as crias saem de casa. Afinal, em tempos de reforma da Previdência, todos devem pensar em ter uma poupança para a aposentadoria. R$ 1 milhão gasto com o filho é R$ 1 milhão a menos no fundo de aposentadoria quando chega o momento de parar de trabalhar. Esse valor proporciona renda mensal de aproximadamente R$ 5 mil ao longo de 30 anos. No passado, era comum as pessoas contarem com os filhos para bancar suas despesas na velhice. É cada vez menor a possibilidade de isso acontecer, até porque eles mesmos terão de ter a própria poupança para a maturidade.

Planejamento

“Planejando, é possível poupar sempre”, diz o educador financeiro Jonata Bueno. Ele explica que os custos com educação, alimentação e saúde são os principais. “Independente de quanto ganha, a pessoa tem que fazer um planejamento”, opina. De acordo com ele, ensino é um dos maiores ativos que os pais podem proporcionar aos filhos, portanto esse é um item que pode crescer muito no orçamento.

Ele destaca que a geração atual tem ficado mais tempo em casa e, na hora do planejamento, isso tem que ser considerado. “Cada boca nova em casa é um custo a mais”, brinca. Para ele, a partir do momento em que a pessoa decide a quantidade de filhos que quer ter e padrão de vida que ela deseja, é preciso conciliar ambos. “Tem que pensar na melhor maneira de organizar e planejar tudo ao longo do tempo”, destaca.

É importante lembrar que as despesas com uma criança começam antes mesmo da chegada dela. O tratamento de pré-natal é caro. Além dos exames e vitaminas que serão recomendados às gestantes, é preciso retornar ao consultório da obstetra várias vezes até o dia do parto. Caso a pessoa não possua um plano de saúde, a soma das consultas, de no mínimo R$ 200,00 cada, com exames e procedimentos necessários para um acompanhamento adequado, pode ultrapassar os R$ 3 mil. É recomendado que todas as despesas da gravidez, sempre que possível, sejam realizadas por meio de um plano de saúde.

A publicitária Juliana Cezario, 32 anos, tem três filhos e nunca colocou no papel os gastos, mas não tem dúvidas de que o mais alto é a mensalidade escolar. Ela não tem previsão de até que idade custeará os gastos com os filhos. “Difícil saber quando eles ainda são pequenos, mas, se for do jeito que foi comigo, seria até o casamento. Enquanto eles estiverem morando debaixo do meu teto, eu ajudo financeiramente”, diz.

Juliana teve que mudar de apartamento com a chegada da terceira filha. “Além disso, mudança de carro para caber toda a família. Em viagens, muitos hotéis não aceitam todos nós no mesmo quarto. Tudo isso mudou depois que tive eles”, observa. Apesar de nenhuma de suas crianças estarem com a idade em que planeja colocá-los na escola, aos cinco anos, ela já pesquisou alguns preços e sabe que de início gastará pelo menos R$ 900,00 para que a primeira comece a estudar. Juliana lembra que agora tem que considerar os pequenos em todos os programas que vai fazer. “Pensamos tudo de forma a dar um futuro melhor para eles”, finaliza.

O bebê precisará de um espaço próprio, talvez não de imediato, mas em algum momento ao longo do seu crescimento. A decoração de um quarto de bebê feita do zero e com móveis novos costuma sair entre R$ 2 mil e R$ 10 mil. Mas os pais podem aproveitar móveis de casa ou de parentes e procurar coisas em bazares. Nesse caso, os custos são de pelo menos R$ 500,00. Muitas famílias economizam fazendo chás de fralda e chás de bebês, nos quais ganham presentes que as ajudem a se preparar para a vinda da criança.

A atendente Ana Paula Nascimento, 25 anos, tem um filho de cinco anos e destaca o peso no bolso por ser mãe solteira. Ela teve que fazer um empréstimo para montar o quarto do bebê. “Fiz um empréstimo de R$ 2 mil para comprar o berço, carrinho, guarda-roupa, enxoval e ainda assim, não deu. Peguei mais mil reais com meu pai”, revela.

Emergências

Ela explicou que, como o filho tem bronquite asmática, ela gastava muito com remédio quando ele era bebê. “Eu pago R$ 315 de convênio, mas, ainda assim, os remédios, eu tinha que comprar por fora e dava pelo menos R$ 100 por compra”, esclarece. Segundo Ana, os gastos mensais com fralda eram de R$ 150 durante quatro meses, já que as que ganhou no chá foram suficientes para os outros meses.

Ana sempre optou por comprar roupas e calçados mais baratos porque perdia tudo muito rápido. Por mês, eram, no mínimo, R$ 200,00 em roupas. Quando ele cresceu, esse custo subiu para R$ 400,00 mensais. Como ela trabalha, sempre pagou R$ 350,00 para uma babá por meio período e R$ 160,00, para buscarem-no na creche. Para o lanche, ela gasta R$ 20,00 por dia em frutas, suco. “Antes, quando ele ia para a escolinha, eu gastava R$ 450,00 de mensalidade. Todo ano, é pelo menos R$ 600,00 em material escolar e uniforme”, relata.

As com o vestuário são contínuas e, conforme a criança cresce, é necessário comprar mais. Nos primeiros meses, os pais economizam nesse item também por ganharem muitas roupas de amigos e familiares. Mas, ao longo dos anos, é mais um item para colocar na planilha. 

Nesse último ano, de acordo com Ana Paula, o orçamento apertou um pouco e ela colocou um limite de R$ 500,00 por mês. “Eu estabeleci esse limite, mas anteontem mesmo, ele ficou doente e neste mês eu já gastei mais porque precisou fazer exames que o convênio não cobria”, comenta


Fonte: Com informações do Correio Braziliense

Compartilhar Tweet 1



As lojas das redes Casas Bahia e Ponto Frio vão abrir mais cedo na Black Friday, que ocorre na próxima sexta-feira (24/11).

De acordo com informações da revista Veja, os estabelecimentos de rua iniciam atendimento às 6h e encerrarão expediente às 21h. Já as lojas de shopping devem seguir o horário de cada centro comercial.

Para atender a uma das principais reclamações dos clientes nesta época, a Casas Bahia se comprometeu a entregar produtos em prazo pré-estabelecido. Em caso de atrasos, o consumidor não paga pela compra.

De acordo com Othon Vela, diretor de marketing da Via Varejo - grupo que controla das duas marcas de- , o prazo médio de entrega das compras feitas na Black Friday deste ano deve ser de cerca de quatro dias. “No ano passado, o prazo era de dez dias”, explica.

No Ponto Frio, os clientes que comprarem na Black Friday poderão escolher o modelo de entrega expressa. Nesse sistema, as entregas são feitas no prazo de até 48 horas.

A expectativa do varejo é que a Black Friday registre faturamento de R$ 2,2 bilhões, um crescimento de 19% em comparação a 2016.


Fonte: Com informações do IG / Economia

Compartilhar Tweet 1



    Foto: Jailson Soares

A distribuição de mudas de plantas nativas e de kits de materiais educativos, por meio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semam), estão entre os mais de 80 serviços levados na manhã desse sábado (11/11) para a Praça do bairro Bela Vista, zona Sul da capital, durante mais uma edição do Teresina em Ação, projeto desenvolvido pela Prefeitura de Teresina em parceria com a TV Clube. Durante o evento, que chegou a 6ª edição e já passou por todas as zonas da cidade, são oferecidos gratuitamente serviços e atividades nas áreas da saúde, educação, assistência social, meio ambiente, cultura, lazer e esporte.

O intuito do projeto é proporcionar mais cidadania para a população e desburocratizar o acesso aos serviços já oferecidos pelo poder público municipal.

Para a dona de casa Maria Francisca, o evento também contribui para aproximar a comunidade da Prefeitura de Teresina e, além disso, promover a integração entre os próprios moradores. “Esse é um momento em que os moradores acabam se aproximando mais uns dos outros, saem das suas casas para interagir mais. Então por isso eu vejo esse evento de uma forma muito positiva e espero que a Prefeitura continue com isso tudo. Adorei chegar aqui e saber que poderia levar mudas de plantas para casa, que é uma coisa que eu gosto muito, e também levar para casa um pouco mais de informação sobre vários assuntos”, conta ela, que mora no bairro Bela Vista desde sua implantação, há quase 42 anos.

A participação da Semam no Teresina em Ação tem se dado através do Núcleo de Educação Ambiental (NEA), que ao fazer a entrega de mudas de plantas e dos kits de materiais educativos contendo folders e sacolas ecológicas, também sensibiliza o público do evento a contribuir com a preservação do meio ambiente.

Segundo o secretário da Semam, Olavo Braz, as temáticas ambientais têm ganhado cada vez mais espaço na cidade, e eventos como o Teresina em Ação  contribuem significativamente para isso. “Temos buscado participar dos mais diversos eventos realizados pela cidade, e o Teresina em Ação é um dos projetos que tem contribuído para que os temas associados ao meio ambiente chegue à população com mais facilidade, por isso nos temos participado de todas as edições, seja, por exemplo, distribuindo material educativo, mudas de plantas ou realizando oficinas de artesanato sustentável”, destaca o gestor.

O “Teresina em Ação” é uma iniciativa da Secretaria Municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas (Semcaspi) em parceria com a TV Clube. Através de espaços públicos, o evento leva, mensalmente, dezenas atividades e serviços para os teresinenses. Para isto, conta com o engajamento de diversos órgãos que compõe a gestão pública municipal.

Dentre os mais de 80 serviços oferecidos estão: emissão de título eleitoral, orientação da saúde bucal, rastreamento da hipertensão arterial, emissão do Passe Livre, pré-cadastro de Carteira do trabalho, cadastramento no Programa Bolsa Família, emissão de Identidade Jovem, exposição de artesanato, contação de histórias, pinturas e leituras, escolinha de trânsito, serviços de solicitação do Cartão do Idoso e de Pessoas com Necessidades Especiais.


Fonte: SenCom

Compartilhar Tweet 1



A Juíza Maria Célia Lima Lúcio, natural da cidade de Jaguaribe (CE), mas radicada em Teresina recebeu na manhã desta quinta-feira (26) título de cidadania piauiense, no plenário da Assembleia Legislativa.

O título foi proposto pelo deputado Evaldo Gomes (PTC), aprovado por unanimidade naquela Casa. Durante a solenidade, autoridades, personalidades e familiares da homenageada se fizeram presentes.

“Eu entendo que a concessão de um título tão nobre não se concede a qualquer pessoa. Por isso eu tenho que me policiar ainda mais, só aumenta minha responsabilidade. Isso é um reconhecimento a trabalho que dura mais de trinta anos. O Piauí já fez morada em mim e eu amo essa terra, esse povo tão solidário e acolhedor”, agradeceu a magistrada.

“É um orgulho aprovarmos esse título a uma pessoa como a Doutora Maria Célia. Ela é merecedora da homenagem, por toda a sua história e atuação no estado. Foi advogada militante e hoje possui um respeito da sociedade em seu papel como juíza. Gratificante a entrega desta honraria”, comentou Evaldo Gomes.

Maria Célia Lúcio foi advogada militante e exerce a magistratura desde 1987, atuando em várias comarcas do Piauí, como Francinópolis, Joaquim Pires, Luzilândia e União. Atuou  na Turma de Uniformização dos Juizados Especiais Cíveis e Criminais e na Segunda Turma Recursa, atuando como juíza eleitoral de 1º Grau em várias zonas eleitorais. A magistrada foi também coordenadora dos Juizados Especiais do Piauí nos biênios 2008/2012 e 2010/2012. É juíza titular do Juizado Cível e Criminal da Fazenda Pública, e membro efetivo do Tribunal Regional do Piauí no biênio 2015 a 2017. 


Compartilhar Tweet 1



O Centro de Apoio Operacional de Defesa da Educação e da Cidadania (CAODEC) - órgão auxiliar do Ministério Público do Estado do Piauí -, reuniu-se, nesta sexta-feira (20), com o secretário estadual da Assistência Social e Cidadania, Zé Santana, para planejar a realização de um mutirão de emissão de documentos para vítimas do incêndio no Assentamento 8 de Março, ocorrido no último domingo (15).

“Documentos são necessários para que as famílias possam ter acesso a benefícios. Vamos trabalhar em conjunto com diversos órgãos para agilizar processos que, normalmente, demoram mais tempo se forem feitos da forma tradicional, e esperamos que, desta forma, possamos ajudar essas pessoas a resgatarem sua cidadania”, diz a promotora de justiça e coordenadora do CAODEC, Flávia Gomes.

O secretário da Assistência Social e Cidadania do Estado, Zé Santana, ressalta que ajudará na mobilização dos órgãos e na realização do mutirão, cuja data está sendo articulada.

 


Fonte: MP-PI
Fortalecendo os direitos · 17/10/2017 - 15h14

Governador participa da Conferência Estadual de Assistência Social


Compartilhar Tweet 1



O governador Wellington Dias sinalizou a assinatura de convênio com 24 municípios para a implantação de Centros de Referência Especializado em Assistência Social (Creas), no Estado do Piauí, ao participar da abertura da XII Conferência Estadual de Assistência Social, na segunda-feira (16), no Atlantic City, em Teresina. O evento que segue até o próximo dia 18 de outubro é uma realização da Secretaria de Estado da Assistência Social e Cidadania (Sasc) e do Conselho Estadual da Assistência Social (Ceas) e tem como tema “Garantia de Direitos no Fortalecimento do Sistema Único da Assistência Social (Suas).

A conferência conta com a participação de gestores municipais e estaduais da Assistência Social; conselheiros e técnicos estaduais e municipais da Assistência Social e demais políticas setoriais (Saúde, Educação, Habitação) e de defesa de direitos (crianças e adolescentes; idosos); representantes das universidades, do Poder Legislativo Estadual e Municipal, do Judiciário e Ministério Público; e entidades que compõem a rede privada do Suas.

    Foto: Ascom

Para o governador Wellington Dias a área social merece cada vez mais a atenção, devendo incluir a participação de outros agentes sociais. “Não é possível fazer melhorias apenas com a área pública. Tornando-se cada vez necessária a importante participação dos Conselhos, da iniciativa privada e da população para se pensar em alternativas de proteção, principalmente aos mais carentes. Por isso, a importância de eventos como esse”, disse o gestor.

Na oportunidade, serão produzidas ainda as deliberações acerca da garantia dos direitos para o fortalecimento do Suas no estado do Piauí. As referidas deliberações serão encaminhadas para a Conferência Nacional que será realizada em Brasília, no período de 5 a 8 de dezembro. Dias destacou que este documento será apresentado como as metas da Assistência Social no Piauí e que norteará as ações do Governo do Estado.

“Se a gente examina estamos vivendo um momento difícil, de perda de renda e é preciso criar uma rede de proteção a estas pessoas. Reconheço o desafio e por isso temos que trabalhar no que é essencial, por isso também a importância de trabalharmos juntos ao Governo Federal e aos municípios”, comentou.

    Foto: Ascom
    Foto: Ascom
    Foto: Ascom

Wellington Dias enfatizou os desafios vividos na área de prevenção ao suicídio, da educação na primeira infância, no combate à evasão escolar, na prevenção ao uso de drogas, no tratamento aos dependentes químicos, na defesa dos direitos do idosos. “Em parceria com os municípios, a implantação destes Centros de Referências vai possibilitar o melhor cuidado com esse homens e mulheres e estes equipamentos terão um papel decisivo para os êxitos nessas áreas. O Piauí é um dos estados que tem menos crianças e idosos abandonados e queremos seguir nessa integração com as mais diferentes áreas para construir um Piauí cada vez melhor de se viver”, comentou.

O secretário de Assistência Social, José Santana, destacou atuação do Governo da área social. “O governador não tem medido esforços para alcanças as metas do pacto pela assistência e social e comemoramos a liberação do governador para a contrapartida para que em parceria com os municípios possam ser implantados de imediato”, disse.

Conferência

A Conferência Estadual de Assistência Social tem como objetivo analisar o papel da Assistência Social na seguridade social e na proteção social não-contributiva; avaliar a afirmação dos direitos socioassistenciais como instrumento de enfrentamento das desigualdades; discutir a efetivação do direito à participação social na prática cotidiana; e dialogar acerca do II Plano Decenal de Assistência Social (2016-2026), debatendo as prioridades elencadas, a fim de analisar se as ofertas de proteção social por meio do Suas têm contribuído para a melhoria das condições de vida e empoderamento dos usuários.

Participaram ainda do evento, a vice-governadora Margarete Coelho; o secretário de Estado da Assistência Social, Zé Santana; a presidente do Conselho Estadual de Assistência Social, Rosângela Sousa; representantes do Ministério do Desenvolvimento Social; gestores municipais e estaduais da Assistência Social; conselheiros e técnicos estaduais e municipais da Assistência Social e demais políticas setoriais (Saúde, Educação, Habitação) e de defesa de direitos (crianças e adolescentes; idosos); representantes das universidades, do Poder Legislativo Estadual e Municipal, do Judiciário e Ministério Público; e entidades que compõem a rede privada do Suas.


Compartilhar Tweet 1



Várias famílias que tiveram seus barracos incendiados neste domingo (15/10) no assentamento Oito de Março e é cada história de perda pior que a outra. O cenário é de desolação, pessoas que viram tudo que tinham virar cinzas e o sonho de ter uma terra para morar ficar mais longe.

 O fogo iniciou por volta de 12h e destruiu a moradia de mais de 200 famílias que há um ano estavam no local e tentavam fixar residência através do Movimento Sem Terra. O Assentamento fica localizado no Povoado Chapadinha Sul, Zona Rural de Teresina, próximo ao KM 22 da BR-316, que liga a capital ao município de Demerval Lobão. Da área que antes era ocupada por diversos barracos, restaram apenas cinzas, fumaça estacas queimadas e objetos de metal que resistiram ao fogo, mas estão inutilizados. Uma menina de dois anos, que residia com a mãe próximo ao local onde começou o incêndio, não conseguiu escapar e morreu carbonizada.

HOMEM QUASE MORRE TENTANDO AJUDAR OS COLEGAS
Seu Meireles tem 57 anos e mora em um assentamento próximo, ao ser avisado que havia fogo no ‘Oito de Março’, correu para ajudar de alguma forma.

“Sabia que alguma coisa estava acontecendo e nós tentamos derrubar alguns barracos para o fogo não ter continuidade, quando a gente derrubou algumas barracas o fogo amenizou, mas enquanto um deles caia, não tive condições de sair e ele caiu por cima de mim. Fiquei totalmente coberto, a minha sorte é que tinham alguns meninos perto de mim e conseguiram me tirar, o fogo estava bem próximo, então eu agradeço muito primeiro a Deus, porque eu não conseguia pedir ajuda, mas eles viram quando o barraco caiu em cima de mim. Deslocou o meu braço, o ombro teve fratura, a costela pegou bastante pancada, mas não fraturou, a gente está aí contribuindo mesmo com essa dor, mas esse momento a gente deixa tudo pra ajudar as famílias que estão precisando, nós estamos na luta e vamos conseguir cooperar com fé em Deus”, disse.

Homem quase morre durante incêndio
Homem quase morre durante incêndio    Foto: Emanuel Oliveira

A CRIANÇA QUE NÃO SE CONFORMA EM TER PERDIDO A BICICLETA
Luciana de Sousa Lima é dona de casa, tem dois filhos, mas na hora que o fogo começou não estava no assentamento, estava visitando a mãe, mas foi correndo para lá assim que recebeu a notícia. “Eu vim correndo pra cá. Só as cinzas mesmo, acabou tudo mesmo, não ficou nada, meus cartões de vacina, os documentos deles, rede, cama, meus pertences todos”.

Mãe fala do drama vivido pelo filho
Mãe fala do drama vivido pelo filho    Foto: Emanuel Oliveira

Mãe de um menino de quatro anos e outro de nove, ela teve que ir para a casa da sogra apenas com a roupa do corpo. “Espero que venham coisas boas, muitas coisas boas, esperar a liberação das coisas que é o que a gente está esperando mesmo”, disse.

Luciana comentou com o 180 que seu filho menor entrou em prantos ao saber que a sua bicicleta havia sido queimada. “O meu pequenininho, o pai dele disse que a bicicletinha dele queimou todinha, ele se jogou no chão chorando, se acabando, a bicicleta não prestava muito, mas andava empurrando ela, ainda hoje ele fala na bicicleta dele. Ele era muito apegado à bicicleta”, disse.

VÁRIAS PESSOAS DORMIRAM EM CADEIRAS
Dona Maria Meireles tem um filho que mora no assentamento e acompanhou o drama de várias famílias que não tinha onde dormir, beber e até tomar banho. Ela conta que várias pessoas dormiram em cadeiras e precisam de doações pelo menos de redes.

“Agora tão precisando muito também de rede, que queimou os colchões, queimou tudo, então pelo menos viesse umas redes, é por que tem muita gente precisando, precisando muito mesmo, o meu menino ontem, dormiu foi nas cadeiras, e vários outros.

Noite foi difícil para os moradores do assentamento
Noite foi difícil para os moradores do assentamento    Foto: Emanuel Oliveira

O DRAMA QUE QUEM TESTEMUNHOU TUDO
Dona Maria Alves mora há um ano e meio no assentamento e seu barraco foi um dos únicos que não foram incendiados. Ela relatou ao 180 os momentos de terror que viveu.

“Foi horrível, foi um fogo imenso, meu Deus, não sei nem expressar pra você como o fogo foi horrível, todo mundo correndo, todo mundo chorando, as crianças todas correndo e o fogo vindo pra cima. Até a noite ainda tinha fogo, gente correndo com água para apagar o fogo, as faíscas de fogo que a gente estava com medo de vir pras barracas, ainda ficou alguns barracões que não queimaram, cinco de um lado e quatro do outro”, diz.

Mais de 200 famílias viveram momentos de pânico
Mais de 200 famílias viveram momentos de pânico    Foto: Emanuel Oliveira

COMO AJUDAR AS FAMÍLIAS
Doações podem ser feitas no Conjunto Redenção, Quadra I, Casa 11 (Referência: Segunda rua por trás do Lord Hotel), ou diretamente às famílias no local, cujo acesso é pela BR-316, altura do Km 22, ao lado da Unidade Escolar Manoel Nogueira Lima. Informações através do telefone 3218-3935.

VEJA OS VÍDEOS DA DEVASTAÇÃO NO LOCAL

 


Compartilhar Tweet 1



Com saldo positivo a 36ª Exposição Agropecuária – (Expoapa) encerrou neste domingo (15/10) realizada pela Prefeitura de Parnaíba, através da Secretaria do Setor Primário e Abastecimento do Município (Sespa), com apoio de todas as outras secretarias e superintendências da administração municipal, o evento movimentou o feriadão a economia, atraindo investimentos e gerando renda..

O evento ocorreu de (11/10)  a (15/10) na abertura estiveram presentes o Prefeito de Parnaíba, Mão Santa, a secretária de Desenvolvimento Social e Cidadania, Adalgisa Moraes Souza, o ex-governador e presidente da Fiepi, Zé Filho, o deputado estadual Dr. Pessoa, os secretários do Meio Ambiente, de Governo e de Esportes, respectivamente Paulo Eudes, Carlos Eduardo e Maksuel Brandão, além do secretário imediato do prefeito, Valdir Aragão e os vereadores Carlson Pessoa, Joãozinho do Trânsito, Diniz e Daniel Jackson.

A 5ª Feira do Agronegócio da Planície Litorânea do Piauí proporcionou aos produtores um ambiente favorável para comercialização dos gêneros oriundos do agronegócio, além de promover a agropecuária da Bacia Leiteira de Parnaíba, contribuindo assim para fortalecer a cadeia produtiva do leite.

Além de proporcionar diversão e renda através de shows e vaquejadas que atraíram os turista que estavam no litoral, e atividade que geraram lucro aos barraqueiros, vendedores ambulantes, táxis, mototáxis, salões de beleza, lojas que ficaram bastantes movimentadas em razão do evento.

 


Fonte: Prefeitura de Parnaíba
Coordenador da bancada do NE · 13/10/2017 - 10h06 | Última atualização em 14/10/2017 - 08h58

Júlio César defende a criação de ZPEs em 23 estados


Compartilhar Tweet 1



O deputado federal Júlio César (PSD-PI) esteve neste feriado (12) na Fazenda Progresso, no município de Sebastião Leal (PI), participando da festa dos 16 anos do empreendimento. Momento em que encontrou diversas lideranças da região, além de produtores e empresários e informou que tem defendido na Câmara a criação de Zonas de Processamento de Exportação - ZPE em 23 estados.

 

 

Para o coordenador da Bancada do Nordeste  “a medida proporcionará melhores condições de exportação, principalmente no nosso Estado.” Júlio César destaca ainda que a instalação das ZPEs  promoverá substancialmente a economia das regiões onde forem instaladas.


O deputado ressaltou ainda a importância da Fazenda Progresso para o Piauí e Brasil, pois  é exemplo em sistemas de plantio de soja e tecnologias que garantem um menor impacto ambiental, além dos investimentos realizados em ações sociais nas comunidades ao seu entorno.


Fonte: AsCom
26 pessoas levadas a hospitais · 08/10/2017 - 15h02 | Última atualização em 09/10/2017 - 10h34

Camarote desaba na "Odonto Fantasy" durante show de Ivete


Compartilhar Tweet 1



Na madrugada deste domingo (08/10), 26 pessoas feridas foram encaminhadas para hospitais da cidade de Aracajú (SE), depois que parte de um camarote cedeu, na festa Odonto Fantasy, durante show da cantora Ivete Sangalo.

Mais de 20 mil pessoas participavam do evento, considerado a maior festa de fantasia do país.

Assim que percebeu o incidente, a cantora parou a apresentação, pedindo calma para o público, e pedindo a presença dos organizadores no palco. 

O restante dos convidados que estavam no camarote desceram após o socorro aos feridos.

Após o atendimento, o show foi retomado.

No vídeo abaixo veja, a partir do minuto 47, quando Ivete para a apresentação ao perceber o ocorrido no camarote. Ela pede calma às pessoas que vão descendo, e ajuda do público que está na pista para dar espaço aos demais.

 

Voto consciente em 2018 · 02/10/2017 - 14h27

SIMEPI lança campanha de combate à corrupção


Compartilhar Tweet 1



O Sindicato dos Médicos do Estado do Piauí dará início à campanha “DIGA NÃO À CORRUPÇÃO”. Repetindo o sucesso de 2016, a campanha possui o intuito de levar à população esclarecimentos sobre a importância do voto consciente nas eleições de 2018, para que este eleitor não seja conivente com a venda de votos, relacionando tal atitude com a perda da dignidade e senso coletivo.

O evento acontecerá nesta terça-feira, dia 03 de outubro de 2017, no auditório da sede do SIMEPI às 8h. Contará com a presença de autoridades de órgãos competentes do Estado, como o Ministério Público Federal, Ministério Público do Estado do Piauí, Ministério Público do Trabalho, Tribunal Regional do Trabalho, Tribunal Regional Eleitoral, Tribunal de Justiça, Tribunal de Contas do Estado do Piauí, Ordem dos Advogados do Brasil - Secção Piauí e Câmara dos Dirigente Lojistas.


Fonte: AsCom
12 blocos da bacia oferecidos · 27/09/2017 - 10h12

Leilão da ANP: 14ª rodada tem 5 blocos da Bacia do Parnaíba arrematados


Compartilhar Tweet 1



A Bacia do Parnaíba teve cinco blocos arrematados na 14ª Rodada de Licitações da ANP, realizada nesta quarta-feira (27/09), no Rio de Janeiro. O bônus de assinatura total arrecadado com a concessão desses blocos foi de aproximadamente R$ 2,7 milhões. O investimento mínimo previsto para a bacia é de R$ 55,35 milhões.

Na rodada, foram oferecidos 12 blocos terrestres na Bacia do Parnaíba, sendo seis localizados total ou parcialmente no Estado do Maranhão e sete localizados total ou parcialmente no Estado do Piauí.

 

 

A Bacia do Parnaíba é classificada como nova fronteira, ou seja, possui áreas pouco conhecidas geologicamente e barreiras tecnológicas ou do conhecimento a serem vencidas. A bacia tem potencial para gás natural e conta com três campos de gás natural em produção e outros quatro na fase de desenvolvimento, no Parque dos Gaviões. Em julho, último dado disponível, a bacia produziu 7,8 milhões de metros cúbicos de gás natural por dia.

 

Ao todo, na 14ª Rodada de Licitações, são ofertados 287 blocos em 29 setores de nove bacias sedimentares, totalizando área de 122.615,71 Km2. Além da Bacia do Parnaíba, primeira licitada, estão sendo oferecidos blocos nas bacias de Pelotas, Potiguar, Santos, Recôncavo, Paraná, Espírito Santo, Sergipe-Alagoas e Campos.

 

O certame tem por objetivos ampliar as reservas e a produção brasileira de petróleo e gás natural, ampliar o conhecimento das bacias sedimentares, descentralizar o investimento exploratório no país, desenvolver a pequena indústria petrolífera e fixar empresas nacionais e estrangeiras no país, dando continuidade à demanda por bens e serviços locais, à geração de empregos e à distribuição de renda.


Fonte: AsCom
Diversos serviços · 27/09/2017 - 10h03

Águas de Teresina fará atendimento através do WhatsApp


Compartilhar Tweet 1



A Águas de Teresina fará a partir de agora atendimento ao cliente através do WhatsApp.

Pelo número (86) 98124-3199 é possível solicitar religação de água, consultar faturas em aberto, informar vazamentos, pedir o envio da segunda via da conta por e-mail.

A empresa solicita, para agilidade do atendimento, ter em mãos o número da matrícula, disponível na conta, além de RG, CPF e endereço.

O atendimento também pode ser feito pelo 0800 223 2000, que é gratuito e funciona 24 horas.


Compartilhar Tweet 1



  Foto: Ascom

Para tornar o conteúdo sobre astros ainda mais significativo, a turma de astronomia do Programa Cidade Olímpica Educacional teve uma aula diferente nesse sábado (23/09). Os alunos aprenderam a construir uma luneta, instrumento de observação para grandes distâncias.

A luneta construída de materiais simples como cano de PVC e até tampa de garrafa pet, mas com lentes objetivas e oculares, vai complementar a última aula teórica sobre Galileu Galiei, o pai da ciência moderna. Em 1609, Galileu construiu sua própria luneta e a utilizou para observar o céu, nascendo assim a luneta astronômica. Já em 2017, os alunos do Cidade Olímpica também construíram o equipamento, observando na prática como funciona.

De acordo com a professora Maria do Desterro, a construção de protótipos muito parecidos com os utilizados pelo famoso cientista permitirá que os alunos observem com os próprios olhos as descobertas que revolucionaram a astronomia.

“Em sala de aula falamos sobre as crateras da lua e sobre o movimento dos planetas, mas isso só dá uma ideia de como funciona. Com as lunetas construídas por eles mesmos, é possível entender o instrumento, vivenciar as descobertas e levar para casa, onde podem observar o que discutimos em sala de aula. Isso faz com que eles tirem suas próprias conclusões e aprendem bem mais”, pontuou a professora.

Mais sobre o Cidade Olímpica

O Programa Cidade Olímpica Educacional é desenvolvido pela Prefeitura de Teresina por meio da Secretaria Municipal de Educação (Semec) para aperfeiçoar o conhecimento de alunos de escolas municipais em disciplinas específicas. As aulas de astronomia aos sábados vêm fazendo sucesso entre os estudantes, que nesta edição da Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica (OBA) bateram o recorde de conquistas, com 108 medalhas.


Fonte: Sencom
Neste sábado (23) · 20/09/2017 - 17h07 | Última atualização em 21/09/2017 - 09h53

Centro de THE vira palco de projeto cultural e artístico


Compartilhar Tweet 1



A Prefeitura de Teresina, por meio da Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves (FMCMC), promove neste sábado (23/09) a primeira edição do projeto "Arte em toda parte", uma interferência artística cultural nos bairros da cidade. Nesta sábado, o projeto será executado no Centro, das 8h30 às 9h30.

Segundo o gerente de Promoção Cultural da FMCMC, Kleyton Marinho, a ideia é levar cultura a população de uma maneira inovadora e que a mesma seja pega de surpresa pelas atrações. "Este é um projeto idealizado há muito tempo, estamos nos organizando para movimentar pontos nos bairros de Teresina em horário comercial. Pensamos tanto na valorização dos artistas como também em um presente para todos", afirmou.

A primeira edição do Arte em Toda Parte reúne 18 atrações em 15 pontos espalhados no Centro da cidade. Os artistas estarão localizados estrategicamente em dois percursos para atender o público que estiver no bairro. Começando todos no mesmo horário, entre as atrações estão a Orquestra Sinfônica e Sanfônica ao lado de outros artistas da Prefeitura de Teresina. Além destas, um grupo estará circulando por todo o percurso animando a manhã.

Ainda de acordo com Kleyton Marinho, a proposta é manter surpresa quanto às atrações. "Esse projeto veio de um pedido do prefeito Firmino Filho logo após realizamos um estudo de impacto e área. Queremos circular em toda cidade, seja zona urbana ou rural e nossa proposta é manter a surpresa para animar e levar ao povo teresinense mais expectativa quanto a cultura, mais arte e mais sentimento de valorização do que é nosso", disse.

 

Confira os locais do I Arte Em Toda Parte:

1ª Percurso

Praça Saraiva;Calçadão Simplício Mendes (Em frente a loja Destak);Simplício Mendes com Paisandú (Em frente ao Paraíba);Simplício Mendes com Teodoro Pacheco (Em frente a Drogaria Globo);Simplício Mendes (Em frente ao CP Confecções);Simplício Mendes (Em frente a loja Paralelas);Simplício Mendes (Em frente a loja IAP);Praça Rio Branco;

2ª Percurso

Rua Climatizada;Calçadão Álvaro Mendes (Em frente a loja C&A);Álvaro Mendes (Em frente ao Santander);Álvaro Mendes (Em frente ao Banco do Brasil);Praça João Luís Ferreira;Rua 13 de maio (Em frente a loja Pintos);Praça da Bandeira (Em frente ao Museu do Piauí).


Fonte: SenCom

Compartilhar Tweet 1



  Foto: SenCom

O B-R-O BRÓ se caracteriza como o período mais quente do ano na capital piauiense. Consequentemente, os riscos de incêndios aumentam. Por isso, a Defesa Civil de Teresina apresenta palestras nas comunidades com o objetivo de orientar os moradores sobre como agir em situações de princípio de incêndio.

Aproximadamente 40 pessoas participaram da palestra, realizada nessa terça-feira (19/09), na Escola Municipal Cajazeiras, zona rural de Teresina. As instruções foram dadas a crianças e professores, que aprenderam como manusear extintores de incêndios, como evitar queimadas e a importância da Defesa Civil. “Essas palestras nas escolas visam orientar principalmente as crianças, que são fortes agentes de divulgação das ações preventivas contra as queimadas”, declara Marcos Rolf, membro da Defesa Civil.

Segundo o profissional, as ações auxiliam na prevenção, mas também na revitalização do Meio Ambiente. Após a palestra, foi realizado um monitoramento na região em locais que podem ter focos de incêndios. A Defesa Civil já realiza palestras desde agosto e contemplou duas comunidades atingidas por incêndios em 2016: Salobro, que teve 70% de sua área queimada, e Alegria, que teve 30% da área atingida.

“Através das crianças, que assistiram a palestra, ganhamos, também, mais agentes de monitoramento, pois sempre que elas perceberem as queimadas em sua fase inicial, se comprometeram em avisar os adultos”, conclui o tenente Sebastião Domingos, do Corpo de Bombeiros do Piauí.


Fonte: Sencom

Compartilhar Tweet 1



Um avião da Azul, que decolou em Fortaleza com destino a Teresina, precisou retornar ao aeroporto Pinto Martins após colidir com um pássaro.

A aeronave ATR-72 matrícula PR-AQA não sofreu danos graves, mas o piloto, por precaução, decidiu que era melhor voltar à pista.

Não houve necessidade de apoio no solo e o pouso ocorreu sem maiores problemas.

Os passageiros foram orientados pela companhia aérea e tiveram de aguardar as adequações necessárias.

 

Respeito as leis de trânsito · 20/09/2017 - 14h26

Detran realiza atividade educativa na Avenida João XXIII


Compartilhar Tweet 1



O Departamento Estadual de Trânsito do Piauí (Detran-PI), por meio da Escola Piauiense de Trânsito (EPT), realizou, nesta quarta-feira (20/09), uma blitz educativa na Av. João XXIII, zona leste de Teresina.

A equipe de educadores em uma atividade mais específica trabalhou a faixa de pedestres, orientando e distribuindo material educativo aos transeuntes e condutores que passaram pelo local, sobre os cuidados, utilização, travessia e o respeito para quem utiliza a faixa.

“Nós acreditamos que qualquer atividade que vise à educação no trânsito tem aspectos positivos. E somente com a intensificação desse tipo de ações fará com que nossos condutores e pedestres tenham comportamentos mais responsáveis e seguros no trânsito”, afirma Jeovanna Moura, diretora da Escola.

A blitz contou com o apoio da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans), Companhia Independente de Trânsito (Ciptran), Sest Senat e Ordem dos Advogados do Brasil - Seccional Piauí (OAB-PI).


Fonte: Portal do Governo do Piauí
Polícia investiga o caso · 14/09/2017 - 17h22

Carro furtado em estacionamento da faculdade é achado depenado


Compartilhar Tweet 1



O veículo modelo Gol foi localizado depois de ter sido furtado em Parnaíba. Estava todo depenado.
  O veículo modelo Gol foi localizado depois de ter sido furtado em Parnaíba. Estava todo depenado.

Um veículo modelo Gol que foi furtado na noite dessa quarta-feira (13/09) no estacionamento da Faculdade Maurício de Nassau, foi localizado pela Polícia Rodoviária Federal às margens da BR 343, em Parnaíba, na manhã desta quinta-feira (14/09).

O veículo já estava todo depenado e foi encontrado em uma estrada vicinal, próximo a antiga fazenda Lourival Parente, que é usada como desvio da rodovia 343, na rota dos Tabuleiros Litorâneos.

 


Fonte: Jornal da Parnaiba
Com o novo modelo · 12/09/2017 - 11h25

Petrobras reduz preço da gasolina em 1,2%; confira!


Compartilhar Tweet 1



A Petrobras vai reduzir o preço da gasolina nas refinarias em 1,2% e do diesel em 0,3% a partir desta quarta-feira, dia 13. A nova política de revisão de preços foi divulgada pela petroleira no dia 30 de junho passado. Com o novo modelo, a Petrobras espera acompanhar as condições do mercado e enfrentar a concorrência de importadores.

Em vez de esperar um mês para ajustar seus preços, a Petrobras agora avalia todas as condições do mercado para se adaptar, o que pode acontecer diariamente. Além da concorrência, na decisão de revisão de preços, pesam as informações sobre o câmbio e as cotações internacionais.


Fonte: Notícias ao Minuto
Coordenado pela Semcaspi · 12/09/2017 - 10h52

Prefeitura lança programa Vila Bairro Segurança


Compartilhar Tweet 1



A Prefeitura de Teresina vai lançar, na próxima sexta-feira (15), o programa Vila Bairro Segurança, coordenado pela Semcaspi - Secretaria Municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas. O evento começa às 16h, no Teatro do Boi, bairro Matadouro, zona norte. O projeto tem como objetivo fortalecer a política de segurança municipal, promovendo a inclusão social dos setores mais vulneráveis, e aumentar a sensação de segurança da população.

Inicialmente, o programa ocorrerá nos 13 bairros que formam o Parque Ambiental Lagoas do Norte, que, juntos, contam com 92.016 habitantes. O Vila Bairro Segurança terá 10 ações articuladas, divididas em duas frentes de atuação: a prevenção, que aborda os níveis primário, secundário e terciário; e a proteção, com ações articuladas nas três instâncias – municipal, estadual e federal.

O evento marca também a assinatura do Termo de Convênio de Cooperação Técnica entre o Tribunal de Justiça do Piauí, Ministério Público, Governo do Estado e suas secretarias; Prefeitura e respectivas secretarias. Será assinado também o decreto que cria o Comitê Municipal Integrado de Prevenção à Violência na capital. “O Vila Bairro Segurança é a parcela de contribuição que a Prefeitura quer dar no que toca à luta contra a violência. Nós sabemos da necessidade de integração das políticas públicas nessa área e temos caminhado com vários setores, visando o fortalecimento do projeto”, garante o secretário da SEMCASPI, Samuel Silveira.

“Fizemos toda uma trajetória, articulando vários projetos de proteção, mas também de educação e de pesquisa na área de segurança. O Vila Bairro Segurança se propõe a dialogar com a cidade e com seus cidadãos, com relação à prevenção e repreensão à criminalidade, contribuindo com a segurança em nossa cidade e o bem-estar da população”, complementa Samuel Silveira.

Dentre os 10 projetos que integram o Vila Bairro Segurança, dois já iniciarão no mês de setembro, desenvolvendo atividades para coibir ações criminosas na capital: o “Teresina Protege” e a “Operação Blitz Sufoco”. O Teresina Protege pretende realizar operações em um raio de 100 metros dos bares com registros de homicídios na região do entorno do Lagoas do Norte. A ação se deve a um estudo de mapeamento realizado pela Semcaspi no período de 2013-2016, que indicou um aumento no número de homicídios ocorre no entorno de bares, com mais frequências nos dias de quinta-feira, sexta-feira e sábado.

Ainda segundo o estudo, a maior parte dos homicídios foram de jovens menores de idade. Por isso, a equipe vai dispor de representantes do Conselho Tutelar, do Ministério Público (47º Promotoria – Infância e Juventude), do Juizado da Infância e da Juventude, da SDU/Centro Norte, da Guarda Municipal e da Polícia Militar no Teresina Protege.

Já a Operação Blitz Sufoco é um projeto de desarmamento e controle de condutores embriagados também nos treze bairros que se localizam na região do Lagoas do Norte. As operações vão contar com a Guarda Municipal, com a equipe de Fiscalização do Strans e com a Polícia Militar. “Vamos começar com uma ação piloto para testar sua filosofia e seus resultados. A ideia central é fazer uma atuação integrada na área social, especialmente voltada para a juventude, com importantes ações urbanas. Nossa proposta é integrar, também, ações de segurança feitas pelo Estado, pela Polícia Militar e pela Guarda Municipal”, declara o prefeito Firmino Filho.


Fonte: Prefeitura de Teresina

Compartilhar Tweet 1



A ponte João Isidoro França, mais conhecida como Ponte Estaiada, recebeu uma iluminação especial em alusão à campanha Setembro Amarelo, que visa alertar a população sobre a prevenção ao suicídio. As luzes da cor amarela iluminarão a cidade até o próximo sábado (16/09).

"A Prefeitura de Teresina é sensível às campanhas de conscientização a favor da vida e sempre adere aos movimentos. A Ponte Estaiada é um dos principais cartões postais da cidade e resolvemos iluminar o local com a cor amarela para que possamos conscientizar todos os moradores sobre a Campanha Setembro Amarelo e orientar os populares sobre o suicídio", declara o coordenador de Iluminação da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano e Habitação (SEMDUH), Davimar Holanda. 

A campanha Setembro Amarelo acontece nacionalmente e tem o objetivo de alertar a população a respeito da realidade do suicídio no Brasil e no mundo e suas formas de prevenção.


Fonte: Prefeitura de Teresina - Ascom
Confirmação de novos óbitos · 12/09/2017 - 10h00

Sobe para 96 o número de mortos no México; veja!


Compartilhar Tweet 1



O governo mexicano informou nesta segunda-feira (11) que o número oficial de mortes causadas pelos tremores de 8.1 de magnitude, que atingiram o país na última quinta-feira (7), subiu para 96. Segundo a "France Presse", com informações oficiais, a atualização foi feita após a confirmação de novos óbitos no Estado de Oaxaca. 

O porta-voz da presidência do México, Eduardo Sánchez, confirmou o novo balanço logo depois que o governador de Oaxaca, Alejandro Murat, informou a uma emissora de televisão local sobre as novas vítimas no Estado.

"Estamos unidos para enfrentar essa crise humanitária", disse Murat enquanto lembrava que um milhão de pessoas no Estado precisam de comida, água, eletricidade e auxílio na reconstrução de moradias.

Só em Oxaca, 12 mil moradias foram atingidas e 76 mortes foram confirmadas. Segundo o jornal mexicano "El Universal", dois milhões de pessoas foram atingidas no sul do país. Em Chiapas, Estado mais próximo ao epicentro do sismo, 1,5 milhão de pessoas foram afetadas, de acordo com a "Reuters".

Oaxaca, Chiapas e Tabasco foram os Estados mais atingidos pelo terremoto, que foi o mais forte a atingir o México desde 1932, segundo o "El Universal".


Fonte: Notícias ao Minuto
Solução para o abastecimento · 12/09/2017 - 09h50

Novos poços tubulares vão reforçar abastecimento em Pedro II


Compartilhar Tweet 1



A fim de discutir a solução para o abastecimento em Pedro II, que está comprometido devido ao baixo volume de águas do Açude Joana e do Rio Corrente, o secretário de Governo, Merlong Solano, se reuniu com o secretário de Estado da Defesa Civil, Hélio Isaías; o presidente da Agespisa, Emanuel Bonfim; o prefeito Alvimar Martins; e o deputado estadual Wilson Brandão. O encontro foi realizado nessa segunda-feira (11), na sede da Agespisa.

De acordo com Merlong Solano, a boa notícia é que, na próxima quarta-feira (13), mais dois poços tubulares serão colocados em operação no município. “Com isso, serão injetados mais 42 mil litros de água por hora na rede de abastecimento, que, somados aos 50 mil litros por hora já distribuídos, vão incrementar o fornecimento em Pedro II”, informou o gestor.

O Secretário de Governo reconheceu que a medida ainda não será capaz de resolver 100% a crise hídrica no município, por isso, o governo está tomando outras providências, como a perfuração de novos poços e a conscientização da população para a importância de não desperdiçar água.

“A distribuição em Pedro II é irregular, a água chega primeiro nas áreas mais baixas da cidade, por isso a necessidade de conscientização para evitar o desperdício de água, para que esta possa chegar às áreas mais altas, sem prejuízo à população que vive nessa parte da cidade”, explicou Merlong Solano.

O secretário garantiu que o governo está empenhado em buscar todas as soluções para reestabelecer o abastecimento de água em Pedro II. “Estamos tomando as providências. Já me reuni com o presidente da Eletrobras para garantir a eletrificação do Sistema Pirapora e agora com a Agespisa e Defesa Civil para analisar todas as possibilidades de encontrar fontes alternativas para evitar o desabastecimento na cidade”, frisou o gestor.

Segundo informou o presidente da Agespisa, Emanuel do Bonfim, técnicos do órgão estiveram em Pedro II para diagnosticar quais providências imediatas ainda poderão ser tomadas.


Fonte: Governo do Estado