Compartilhar Tweet 1



Com mais de 100 mil seguidores em apenas 2 dias, o pequeno Chico de apenas oito meses parece finalmente viver momentos de paz e amor com Patricia Mendes Barros, sua tutora. 

Chico transformou o quarto de sua dona em um verdadeiro campo de guerra e o vídeo ganhou grandes projeções. O vídeo comoveu todos os colaboradores da Sono Quality Colchões Tecnológicos, que doou para Patricia um colchão tecnológico com massagem e um igual para Chico. 

Durante entrevista concedida à Taisa Pelosi da Sono Quality, a dona de Chico afirmou que desde o momento que postou o vídeo mostrando o estado da cama, emissoras de rádio e TV de todo o Brasil não param de pedir entrevistas e anônimos fizeram fila frente a sua casa para fazer selfie com o Chico. "Ele virou um super star", afirmou a dona. 

A dona de Chico afirmou ainda que vai ajudar instituições de caridade com as doações que vem recebendo. Um final feliz para Patricia e Chico. 

 


Fonte: AsCom
Comentar
Jovens de São João do Piauí · 21/07/2019 - 10h12

W.Dias comemora formatura de estudantes pela Universidade Aberta


Compartilhar Tweet 1



O governador Wellington Dias (PT) comemorou a formatura de 70 jovens de São João do Piauí, pela Universidade Aberta.

A solenidade ocorreu neste fim de semana.

"A vida de cada família muda após a formatura. Normalmente ninguém da geração seguinte ficará para trás em Educação", comentou Wellington nas redes sociais.

O petista ressaltou ainda que a formação não só fortalece o desenvolvimento humano, como abre oportunidades para o trabalho.

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Wellington Dias (@wellingtondiasoficial) em

 

Comentar

Compartilhar Tweet 1



Quem precisa usar a BR-230, sentido Oeiras-Floriano tem reclamado da falta de manutenção na ponte sobre o riacho Mocha que está precisando urgentemente de reparos. 

Segundo o portal Mural da Vila, as pessoas que usam a ponte com frequência alertam que a mesma está com a estrutura da cabeceira bastante comprometida devido as rachaduras e pequenas aberturas na parte superior que vem aumentando com o passar do tempo.

Esta ponte tem um intenso tráfego de veículos, além de ser a estrada por onde passam caminhões com carga pesada. A atenção e a preocupação têm aumentado, pois a ponte oferece risco devido a sua estrutura comprometida.

Algumas reclamações sobre as condições da ponte já foram feitas nas redes sociais e a população espera que as autoridades competentes possam realizar os reparos necessários com a finalidade de evitar acidentes.

A ponte sobre o Riacho Mocha é muito antiga e já demonstra que não aguenta mais o peso de caminhões, carretas e máquinas que transitam por ela. Por estar em uma rodovia federal a responsabilidade pela sua manutenção é do DNIT - Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes.

    Foto: Reprodução/Mural da Vila
    Foto: Reprodução/Mural da Vila
    Foto: Reprodução/Mural da Vila
    Foto: Reprodução/Mural da Vila
    Foto: Reprodução/Mural da Vila
    Foto: Reprodução/Mural da Vila
    Foto: Reprodução/Mural da Vila


 

Comentar
Onze categorias fazem parte · 20/07/2019 - 12h32 | Última atualização em 20/07/2019 - 12h43

Novas regras para o frete mínimo para caminhoneiros


Compartilhar Tweet 1



Começam a valer a partir de hoje (20/07) as novas regras para o cálculo do frete mínimo de transporte de cargas. As alterações, publicadas publicadas pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) na quinta-feira (18), determinam que o cálculo do frete mínimo passará a considerar 11 categorias na metodologia para os diferentes cálculos dos pisos mínimos. Antes, o cálculo não se baseava em categorias. Entre as categorias de cargas estão os transportes de graneis sólidos, líquidos, cargas frigorificadas, cargas conteinerizadas e transportes de cargas perigosas em diferentes modalidades, sólidas e líquidas.

A resolução também amplia os itens levados em consideração para o cálculo. Segundo a norma, o cálculo do piso mínimo de frete levará em consideração o tipo de carga; também serão aplicados dois coeficientes de custo: um envolvendo o custo de deslocamento (CCD) e, outro, de carga e descarga (CC) que levará em consideração o número de eixos carregados. A resolução determina ainda que será levada em consideração a distância percorrida pelo caminhoneiro.

Detalhamento

Outro tema presente na resolução da ANTT é o detalhamento da multa para quem contratar o serviço abaixo do piso mínimo. A pena a ser aplicada é de duas vezes a diferença entre o valor pago e o piso devido, R$ 500 no mínimo, e R$ 10.500 no máximo. Quem ofertar contratação do transporte rodoviário de carga abaixo do piso mínimo pode ser multado em R$ 4.975.

No final de  maio, a agência reguladora já havia anunciado que deixaria de aplicar multa aos caminhoneiros por descumprimento da aplicação da tabela  De acordo com a ANTT, a aplicação de multa aos caminhoneiros que aceitavam fretes abaixo do piso mínimo desmotivava os motoristas a denunciar as empresas que estavam pagando o preço abaixo da tabela. Com a alteração, nenhum caminhoneiro autônomo pode ser multado caso esteja transportando cargas no valor abaixo do piso mínimo de frete estabelecido.

A ANTT informou ainda que vai aprofundar, até janeiro do próximo ano, os estudos para tratamento de cargas especiais (vidros, animais vivos, guincho para reboque de veículos, produtos aquecidos, logística reversa de resíduos sólidos, granéis em silo etc.), tratamento específico de cargas fracionadas e para transporte dedicado voltando vazio. A agência vai analisar ainda o destaque do diesel na fórmula do piso mínimo.


Fonte: Agência Brasil
Comentar
Quem acertar as seis dezenas · 20/07/2019 - 12h21

Mega-sena pode pagar prêmio de R$ 22 milhões neste sábado


Compartilhar Tweet 1



A Mega-sena pode pagar hoje (20/07) um prêmio de R$ 22 milhões para quem acertar as seis dezenas. O sorteio do concurso 2.171 ocorre às 20h (horário de Brasília) em São Paulo (SP).

As apostas podem ser feitas até as 19h (de Brasília) do dia do sorteio. A aposta mínima é custa R$ 3,50. Também, é possível fazer uma “fezinha” pela internet. O site permite jogar na Mega-sena e outras modalidades de loterias federais, independentemente de ser ou não cliente do banco.

Para apostar pela internet, entretanto, é preciso ter mais de 18 anos e fazer um cadastro com o número do CPF. Depois é só escolher os números. O valor mínimo da aposta é de R$ 30 e o máximo é de R$ 500 por dia. O pagamento é feito via cartão de crédito.

Os clientes da Caixa podem usar o Internet Banking CAIXA para fazer suas apostas pelo seu computador pessoal, tablet ou smartphone. Para isso, basta ter conta corrente no banco e ser maior de 18 anos. Segundo o banco, o serviço funciona das 8h às 22h (horário de Brasília), exceto em dias de sorteios, quando as apostas se encerram às 19h, retornando às 21h para o concurso seguinte.

Probabilidades

Segundo a Caixa, a chance de vencer em cada concurso varia de acordo com o número de dezenas jogadas e do tipo de aposta realizada. A probabilidade de ganhar o prêmio milionário para a aposta simples, com apenas seis dezenas, é de 1 em 50.063.860. Já para uma aposta com 15 dezenas (limite máximo), com o preço de R$ 17.517,50, a probabilidade de acertar o prêmio é de 1 em 10.003.


Fonte: Agência Brasil
Comentar
Mensagens de insultos · 20/07/2019 - 12h12 | Última atualização em 20/07/2019 - 12h21

Polícia de Londres tem sua conta no Twitter hackeada


Compartilhar Tweet 1



Também chamada de Stocland Yard, a Polícia Metropolitana de Londres, foi vítima na noite desta sexta-feira (19/07) de hackers, que invadiram sua conta do Twitter, espalhando mensagens de insultos e misteriosas. As informações são do G1.

A conta da rede social chega a ter 1, 22 milhões de seguidores. A Polícia de Londres explica que a invasão só teria chegado ao serviço externo, no qual gerencia suas ferramentas de comunicação. A mensagens postadas que continham insultos foram removidas em pouco tempo.  

Comentar
Haverá eventos em Brasília · 20/07/2019 - 11h42

Brasil comemora chegada do homem à Lua


Compartilhar Tweet 1



O Brasil não vai ficar de fora das comemorações dos 50 anos da chegada do homem à Lua com a missão Apollo 11. Diversos eventos, organizados pelos Correios e pela Embaixada e Consulados dos Estados Unidos no Brasil vão celebrar a data em que os astronautas Neil Armstrong, Buzz Aldrin e Michael Collins pisaram na superfície lunar.  Palestras, apresentação de filmes, exposições e também o lançamento de um selo comemorativo vão acontecer em Brasília, Belo Horizonte,  Rio de janeiro, Porto Alegre e  São Paulo.

O selo comemorativo sobre a jornada do homem à Lua trará um recorte da clássica foto, cedida pela NASA, de uma pegada deixada na Lua representando simbolicamente a famosa frase de Neil Armstrong: “Um pequeno passo para um homem, um salto gigante para a humanidade”.

De acordo com o encarregado de Negócios da Embaixada e Consulados dos EUA, William Popp, o objetivo é fomentar o interesse pela ciência, tecnologia, engenharia e matemática: “A nossa expectativa é compartilhar essa experiência histórica com as novas gerações, incentivando maior curiosidade pela área científica", disse.

A programação em Brasília prevê uma série de atividades como palestras e mesas-redondas, no período de 25 a 27 de julho com a astronauta e primeira mãe no espaço, Anna Fisher, que falará sobre seu período trabalhando na agência espacial estadunidense, a NASA, e o impacto das mulheres nos campos da ciência, tecnologia, engenharia e matemática. No dia 31 de julho, o encarregado de Negócios, William Popp, o ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), Marcos Pontes, e o presidente dos Correios, Floriano Peixoto, farão o lançamento do selo comemorativo da chegada do homem à Lua no Planetário.

Em Belo Horizonte a cerimônia de lançamento do selo comemorativo da chegada do homem à Lua ocorre hoje (20), no Planetário do Espaço do Conhecimento da Universidade Federal de Minas Gerais. O evento faz parte das atividades da Virada Cultural da capital mineira. Também haverá observação noturna e exibição de sessões no Planetário.

No Rio de Janeiro, o Planetário abre hoje a exposição “Um gigantesco salto: a jornada para a Lua”, que reúne fotos, ilustrações e vídeos dos arquivos da NASA sobre a trajetória das missões Apollo até o bem-sucedido pouso em solo lunar em 20 de julho de 1969. Haverá também o lançamento do selo comemorativo dos Correios. A exposição ficará aberta ao público por um ano. Em julho e agosto, serão exibidos filmes sobre a época da exploração espacial, seguidos de bate-papos com astrônomos e pesquisadores sobre as missões espaciais.

Em Porto Alegre, a programação já teve início, com a abertura, no dia 15, da exposição temática intitulada: “Um pequeno passo para um homem, um salto gigante para a humanidade – Celebração dos 50 anos da chegada do homem à Lua”, no Observatório Astronômico da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS).

Em São Paulo, as atividades tiveram início ontem (19), no Planetário Professor Aristóteles Orsini no Parque Ibirapuera, com a abertura da exposição “Lua à vista: 50 anos do primero passo”. Nos dias 28 a 30 de julho, estão previstas palestras com a astronauta Anna Fisher. As atividades ocorrerão no Planetário e no Museu Catavento.


Fonte: Agência Brasil
Comentar

Compartilhar Tweet 1



No início da tarde desta sexta-feira (19), vândalos voltaram a danificar da rede da linha central do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) de Teresina.

Cabos colocados nesta manhã, após ocorrência de furto, foram novamente levados, comprometendo o serviço do 192 do SAMU.

"O usuário que não conseguir atendimento do SAMU pelo 192 deve insistir na ligação ou ligar para o número alternativo disponibilizado -3223-7700", informou a Fundação Municipal de Saúde.

O problema já foi comunicado à telefônica Oi, e a FMS aguarda o restabelecimento completo do serviço.

O SAMU Teresina trabalha com cinco linhas disponibilizadas para que a população possa fazer chamadas de urgências e emergências solicitando os serviços. A central de atendimento 192 do SAMU funciona 24 horas com 16 colaboradores.

Comentar
Ficará mais barato · 19/07/2019 - 09h14 | Última atualização em 19/07/2019 - 09h24

Distribuidoras poderão vender gás de cozinha diretamente ao consumidor


Compartilhar Tweet 1



    HUGO BARRETO/ESPECIAL PARA O METRÓPOLES

A Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) aprovou nesta quinta-feira (18/07), em reunião de diretoria, a revogação de resoluções editadas pelo governo em 2016 e que proibiam a venda direta de botijões de GLP (gás de cozinha) por distribuidores de combustíveis. As informações são do Metrópoles.

“É o fim da obrigatoriedade que o botijão de gás de cozinha de 13 kg tenha que passar pelo revendedor de GLP antes de chegar ao consumidor. Assim estamos eliminando uma restrição regulatória que nunca se confirmou na prática”, disse o diretor-geral da ANP, Décio Oddone.

“A questão do GLP é crucial, hoje ele é vendido R$ 70 em média, mas tem lugares que são R$ 100. O valor do produto corresponde a cerca de R$ 26, os tributos são R$ 12 e o resto são as margens de distribuição e revenda”, explicou o diretor-geral da ANP.

Artigos revogados
Para permitir a venda direta, foram revogados os artigos 36 da resolução 49/2016 e 27, da 51/2016, que proibiam os distribuidores de GLP de participar diretamente da atividade de revenda.

“Nós estamos trabalhando no sentido de aumentar a competitividade, que tem como pano de fundo melhorar o preço pro consumidor”, disse o diretor Dirceu Amorelli. Ele disse ainda que a decisão é importante por se tratar do primeiro passo na direção de uma regulação menos restritiva no setor.

 


Fonte: Metrópoles
Comentar
No Rio Grande do Sul · 19/07/2019 - 08h58 | Última atualização em 19/07/2019 - 09h24

VÍDEO: Piso de escola cede e alunos caem em buraco


Compartilhar Tweet 1



    DIVULGAÇÃO/ DIREÇÃO DA ESCOLA ESTADUAL PADRE BENJAMIM COPETTI

 

Vídeo de uma câmera de segurança mostra o momento em que o piso de um auditório cede e abre um buraco no chão. O acidente aconteceu durante uma apresentação na Escola Estadual de Educação Básica Padre Benjamim Copetti, em Sobradinho (RS), nesta quinta-feira (18/07). As informações são do Metrópoles.

Nas imagens, estudantes estão sentados em cadeiras de plástico quando, de repente, o chão rompe e parte do grupo de alunos cai. Alguns correm para fora do auditório e outros tentam resgatar os que caíram no rombo.

Confira:

 


Fonte: Metrópoles
Comentar
Assistência à mulher · 18/07/2019 - 11h33 | Última atualização em 18/07/2019 - 11h58

Mulher em situação de violência doméstica poderá ter atendimento prioritário no SUS


Compartilhar Tweet 1



    Marcello Casal Jr./Agência Brasil

 

O Projeto de Lei 2737/19 determina que assistência à mulher em situação de violência doméstica e familiar será prestada em caráter prioritário no âmbito do no Sistema Único de Saúde (SUS) e do Sistema Único de Segurança Pública (Susp). Além disso, as mulheres vítimas de violência terão atendimento prioritário entre casos de mesma gravidade. A proposta tramita na Câmara dos Deputados.

De autoria do deputado André Ferreira (PSC-PE), o texto altera a Lei Maria da Penha (11.340/06) e a Lei 13.239/15, que trata de cirurgias plásticas reparadoras de sequelas de lesões causadas por atos de violência contra a mulher.

Segundo o deputado, o projeto promove “pequenos, mas necessários, aperfeiçoamentos nas duas leis”. “Mulheres vítimas de violência encontram-se em uma situação por demais fragilizada. Prestar-lhes atendimento prioritário não é favorecimento, não é privilégio”, disse Ferreira.

Tramitação
O projeto será analisado em caráter conclusivo pelas comissões de Defesa dos Direitos da Mulher; Seguridade Social e Família; e Constituição e Justiça e de Cidadania.


Fonte: Com informações da Agência Câmara
Comentar
Governo estuda liberar · 17/07/2019 - 15h33 | Última atualização em 17/07/2019 - 16h44

Saiba como conferir o saldo do FGTS de contas ativas e inativas


Compartilhar Tweet 1



    VALDECIR GALOR/SMCS

 

O governo estuda liberar o saque de 35% do saldo de contas ativas do Fundo de Garantia de Tempo de serviço (FGTS). Para saber se você terá direito a retirar o crédito, é possível consultar o saldo no site da Caixa Federal ou do próprio benefício. Além disso, com o aplicativo para smatphone é possível acompanhar também os depósitos realizados e informações sobre a retirada. As informações são do Metrópoles.

Outra opção para os trabalhadores que querem se informar é se cadastrar no site para receber mensagens via celular ou por e-mail. Já o aplicativo pode ser baixado gratuitamente por celulares do sistema Android, IOS e Windows.

Aos que preferirem realizar a operação pessoalmente, é possível consultar extrato no balcão de agências da Caixa ou em um posto de atendimento, junto ao Cartão Cidadão do banco.

Para consultas via internet, o trabalhador precisa ter em mãos o número do NIS ou do PIS, disponíveis na carteira de trabalho. Com o cadastro completo, os interessados também conseguem checar os lançamentos feitos no cartão cidadão, nos últimos seis meses. Ainda não há a opção de consulta do saldo via telefone.

Os brasileiros que estão no exterior devem reportar às embaixadas para conferir o saldo e a possibilidade de saque do fundo.

Após realizar cadastro e entrar na página principal do perfil, basta clicar na opção “FTGS”, localizada na parte esquerda e superior. Entre as opções, o usuário pode alterar dados pessoais ou checar os créditos complementares. Basta clicar na aba “extrato” para conferir o valor de direito do trabalhador. Descubra aqui quais documentos os beneficiários devem ter em mãos para retirar a quantia.

Porém, é preciso ter atenção, pois nem todas as pessoas têm direito à retirada do fundo. De acordo com a lei que rege o imposto, o saque só pode ser feito em casos de demissão sem justa causa, aposentadoria, término do contrato, rescisão por culpa recíproca, falecimento do trabalhador, entre outros casos.

O Ministério da Economia deve permitir que os trabalhadores saquem até 35% dos recursos das contas ativas (dos contratos de trabalho atuais) do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). A expectativa do governo é que a medida injete até R$ 42 bilhões na economia.


Fonte: Metrópoles
Comentar
Dado varia com a escolaridade · 16/07/2019 - 14h11 | Última atualização em 16/07/2019 - 14h25

26% dos brasileiros acham que homem nunca foi para a Lua, segundo Datafolha


Compartilhar Tweet 1



70% acreditam nas missões lunares

Dado varia com a escolaridade

Missão Apollo 11 foi há 50 anos

A Missão Apollo 11, dos Estados Unidos, foi bem sucedida
A Missão Apollo 11, dos Estados Unidos, foi bem sucedida    reprodução/NASA

 

Exatamente 50 anos após o início da 1ª viagem bem sucedida à Lua, a bordo da Apollo 11, 26% dos brasileiros duvidam que o homem já pôs os pés na superfície lunar, segundo levantamento da empresa de pesquisas Datafolha divulgado nesta terça-feira (16/07).

Segundo o levantamento, 70% acreditam na veracidade das missões Apollo, enquanto 4% declararam não saber. A pesquisa foi realizada nos dias 4 e 5 de julho, com 2.086 participantes de 103 cidades brasileiras.

Os resultados variam de acordo com o nível de escolaridade dos entrevistados. Dos que cursaram até o ensino fundamental, 38% duvidam das viagens à Lua e 8% dizem não saber. Dos que têm o ensino médio, a porcentagem dos que não acreditam nas missões cai para 21% e os que não sabem para 3%. Dos que têm ensino superior, 14% afirmaram que o homem nunca pisou na lua, e 2% não sabem.

Quanto mais velho, maior a chance de não acreditar: 36% das pessoas acima dos 60 anos, já nascidas em 1969 — ano em que os Estados Unidos conseguiram enviar dois astronautas para a Lua — duvidam. Já quem tem de 16 a 24, 80% acreditam na viagem lunar, enquanto só 19% duvidam. A porcentagem dos que acham que é mentira vai crescendo à medida que a idade aumenta.

PARTIDOS POLÍTICOS

A pesquisa também relacionou os partidos políticos de preferência dos entrevistados com as respostas. Dentre as pessoas do PT e do MDB, 26% acham que a viagem à Lua foi mentira. No PSL, 15% dos filiados duvidam; no PSDB, 16%.

RELIGIÕES

A porcentagem dos que acreditam ser mentira a viagem lunar varia dentro da margem de erro na comparação de católicos com evangélicos: 25% e 28%, respectivamente. Os espíritas duvidam menos (17%). Já 27% dos umbandistas e praticantes de outras religiões afro-brasileiras não acreditam que o homem foi à Lua. Dentre os sem religião ou agnósticos, o número cai para 21%.

VIAGEM À LUA

Em 16 de julho de 1969, os astronautas norte-americanos Neil Armstrong e Buzz Aldrin iniciaram a 1ª viagem lunar bem sucedida, a bordo da Apollo 11. Eles chegaram à superfície da Lua em 20 do mesmo ano.

A corrida espacial era uma versão mais pacífica da corrida armamentista ocorrida durante a guerra fria entre Estados Unidos e União Soviética na 2ª meta do século 20. Os primeiros passos nessa corrida foram do país soviético, que colocou em órbita o 1º satélite artificial: o Sputnik, em 1957.

Até hoje, muitos russos duvidam da bem sucedida missão norte-americana na Lua. De acordo com levantamento do Centro Russo de Pesquisa de Opinião Pública em 2018, 57% dos russos disseram que as missões Apollo são uma fraude.

Conteúdo produzido pelo Portal Poder360 – www.poder360.com.br. Todos os direitos reservados. Reprodução permitida mediante autorização expressa.

Comentar
Maior pesquisa do IBGE · 16/07/2019 - 11h11 | Última atualização em 16/07/2019 - 11h25

Censo brasileiro tem o 16º menor questionário do mundo, diz estudo


Compartilhar Tweet 1



 

Realizado a cada 10 anos, o Censo é a maior pesquisa feita pelo IBGE, com visitas a cidadãos de todos os 5.570 municípios brasileiros
Realizado a cada 10 anos, o Censo é a maior pesquisa feita pelo IBGE, com visitas a cidadãos de todos os 5.570 municípios brasileiros    Agência Brasil

Levantamento do economista Ricardo Paes de Barros obtido pelo jornal Folha de S.Paulo revela que o questionário básico brasileiro do Censo é um dos menores do mundo. A pesquisa brasileira feita pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) em 2010 ocupou a 16ª posição num ranking com 86 países.

O último Censo brasileiro teve 40 questões básicas a serem preenchidos por pesquisadores.

Considerando dados dos últimos censos mundiais, o questionário chinês teria o menor número de campos básicos: com 11 questões. Em seguida aparecem os EUA (13 questões) e o Canadá (16 questões). Os maiores censos são o da Holanda e o da Bélgica, com 147 questões cada um.

A estimativa contraria discurso do ministro da Economia, Paulo Guedes, feito em 22 de fevereiro deste ano na sede do IBGE, na Tijuca, zona norte do Rio de Janeiro.

“Vamos tentar, pelo amor de Deus, simplificar. O Censo dos países ricos tem 10 perguntas, o Censo brasileiro tem 150, e o censo do Burundi [país da Africa Oriental] tem 360. Se perguntar demais você vai acabar descobrindo coisas que nem queria saber”, falou.

O autor do estudo, Paes de Barros, é economista-chefe do Instituto Ayrton Senna e professor do Insper. Também integra a Comissão Consultiva do Censo Demográfico.

REDUÇÃO DO CENSO EM 2020

O IBGE anunciou em 28.mai.2019 que o questionário completo do Censo Demográfico 2020 sofrerá uma redução de 32% no número de perguntas. No formulário original, o questionário conta com 112 questões. No Censo 2020, terá o total de 76.

Em 2020, o questionário básico terá 25 perguntas, ante 40 questões em 2010.

Conteúdo produzido pelo Portal Poder360 – www.poder360.com.br. Todos os direitos reservados. Reprodução permitida mediante autorização expressa.

Comentar
Ainda sem prazo de validação · 16/07/2019 - 09h24 | Última atualização em 16/07/2019 - 09h25

Acordo vai acabar com cobrança de roaming em países do Mercosul


Compartilhar Tweet 1



Acordo deve ser firmado na 24ª Cúpula

Não há prazo para decisão passar a valer

O fim da cobrança de roaming vai abranger serviços de voz (ligações em dispositivos fixos e móveis), envio de mensagens e dados de internet
O fim da cobrança de roaming vai abranger serviços de voz (ligações em dispositivos fixos e móveis), envio de mensagens e dados de internet    Sérgio Lima/Poder360

Os países-membros do Mercosul vão assinar um acordo para o fim da cobrança de roaming em serviços de telecomunicações entre pessoas residindo em países do bloco. O termo deve ser firmado em reunião na 24ª Cúpula do Mercosul, a ser realizada nesta semana na cidade de Santa Fé, na Argentina.

A informação foi divulgada pela Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações). O órgão e o Ministério das Relações Exteriores atuaram nos últimos meses nas negociações com autoridades regulatórias dos demais países.

O fim da cobrança de roaming vai abranger serviços de voz (ligações em dispositivos fixos e móveis), envio de mensagens e dados de internet. Segundo a agência, ainda não há previsão de quando a medida passará a valer.

O roaming é uma taxa cobrada quando um cliente sai de uma área geográfica da sua operadora. No caso, a quase totalidade dos planos vendidos no Brasil são limitados às fronteiras do país. Quando alguém viaja, por exemplo, para a Argentina ou o Uruguai, ao fazer uma ligação esta terá um custo adicional (à exceção de planos específicos com cobranças diferenciadas).

Conteúdo produzido pelo Portal Poder360 – www.poder360.com.br. Todos os direitos reservados. Reprodução permitida mediante autorização expressa.

Comentar
1º resultado positivo no ano · 15/07/2019 - 09h16 | Última atualização em 15/07/2019 - 09h45

‘Prévia do PIB’ avança 0,54% em maio, diz Banco Central


Compartilhar Tweet 1



1º resultado positivo no ano

No trimestre, recuou 0,99%

Dados são do IBC-Br

O Índice de Atividade Econômica do Banco Central é considerado uma prévia do PIB
O Índice de Atividade Econômica do Banco Central é considerado uma prévia do PIB    Marcello Casal Jr/Agência Brasil

O IBC-Br (Índice de Atividade Econômica do Banco Central), considerado pelo mercado uma “prévia do PIB” (Produto Interno Bruto) brasileiro, avançou 0,54% em maio em relação ao mês anterior.

Foi o 1º resultado positivo depois de 4 meses seguidos de queda. Os dados dessazonalizados –espécie de compensação para analisar períodos diferentes– foram divulgados nesta segunda-feira (15/07) pelo Banco Central.

No trimestre encerrado em maio, o índice acumulou queda de 0,99%. Já em relação a maio de 2018 (série sem ajuste sazonal), houve avanço de 4,4%. No acumulado em 12 meses, o índice registra alta de 1,31% em relação ao período imediatamente anterior.

A atividade econômica tem avançado lentamente em 2019. Segundo dados do IBGE, a produção industrial caiu 0,2% em maio; as vendas do varejo recuaram 0,1% e o setor de serviços registrou estabilidade.

O IBC-BR

Divulgado todos os meses desde 2010, o IBC-Br é uma medição antecedente do crescimento econômico do país. O índice incorpora estimativas para a agropecuária, indústria e serviços, assim como os impostos sobre os produtos.

Já o PIB oficial do país é medido pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) e considera o resultado de todos os bens e serviços produzidos pelo país em 1 determinado período.

Em 2018, o IBC-Br indicou alta de 1,15% na atividade econômica. O IBGE, por sua vez, divulgou crescimento de 1,1% no PIB.

 

Comentar
Dezenas sorteadas · 14/07/2019 - 14h04 | Última atualização em 14/07/2019 - 14h24

Ninguém acerta a Mega-Sena e prêmio acumulado é R$ 16 milhões


Compartilhar Tweet 1



Nenhuma aposta acertou as seis dezenas do concurso 1.269 da Mega-Sena. O sorteio foi realizado na noite desse sábado (13) no Espaço Loterias Caixa, localizado no Terminal Rodoviário do Tietê, na cidade de São Paulo.

Foram as seguintes as dezenas sorteadas: 07-34-45-51-54-59.

De acordo com a estimativa da Caixa, o prêmio acumulado para o concurso 2.170, na quarta-feira (17), é R$ 16 milhões.

A Quina teve 18 acertadores, cada um vai receber R$ 77.574,63. A quadra apresentou 2.145 apostas vencedoras, cada uma vai pagar um prêmio de R$ 929,96.

As apostas para o próximo concurso podem ser feitas até as 19h (horário de Brasília) do dia do sorteio, em todas as lojas lotéricas credenciadas pela Caixa em todo país. O bilhete simples, com seis dezenas, custa R$ 3,50.


Fonte: Agência Brasil
Comentar
Diferenciais para usuários · 12/07/2019 - 08h55 | Última atualização em 12/07/2019 - 11h33

Janaina Sena recebe equipe do aplicativo piauiense MobDrive em café da manhã


Compartilhar Tweet 1



 

A equipe do aplicativo Mobdrive visitou a sede do portal 180graus nesta sexta-feira (12/07), onde puderam conhecer mais todos os setores da empresa e divulgar os diferenciais que o aplicativo genuinamente piauiense tem a oferecer.

A gerente de relações públicas do 180graus, Janaina Sena, conduziu o grupo que contou com a presença do assessor jurídico da empresa, dr Leonardo Rodrigues, gerente de tecnologia, Reno Tavares e o coordenador de transportes, Marlon Lima. Na ocasião, os convidados tomaram café da manhã e deram uma entrevista ao vivo nas nossas redes sociais.

Confira a entrevista ao vivo na página do Facebook do 180graus.

 

A equipe do aplicativo aproveitou para conhecer as empresas do grupo Eugênio.  

 

Comentar

Compartilhar Tweet 1



O Ministério Público do Estado do Piauí, por meio da 2ª Promotoria de Justiça de Corrente, ajuizou Ação Civil Pública, com pedido liminar, contra a empresa de telefonia móvel Claro S/A a fim de que sejam reparadas algumas falhas quanto aos serviços prestados, para obter respeito às normas de defesa do consumidor, visando ao abatimento proporcional do preço dos serviços cobrados, bem como da indenização dos danos materiais sofridos pelos consumidores em decorrência do vício de qualidade no serviço prestado pela empresa no município de Corrente.

Entre os principais problemas, os moradores de Corrente relatam que não conseguem completar suas ligações. Há também as quedas de ligações e a baixa velocidade fornecida em relação à internet móvel, em desconformidade com a publicidade da empresa.

Diante do problema, o Ministério Público requereu que seja julgada procedente a Ação Civil Pública para impor à ré a obrigação de abater proporcionalmente o preço cobrado pela prestação dos serviços de telefonia. A 2ª Promotoria de Justiça de Corrente requereu também a condenação da empresa de telefonia ao pagamento de honorários advocatícios e demais verbas sucumbenciais, a serem revestidos para projetos que futuramente serão apresentados pelo Ministério Público do Piauí em favor da comunidade correntina.

Os usuários do serviço que desejarem podem se habilitar ao Processo Judicial, nos termo do edital anexo.

Comentar

Compartilhar Tweet 1



A Comissão de Transparência, Governança, Fiscalização e Controle e Defesa do Consumidor (CTFC) deve votar na terça-feira (9) um projeto de lei que criminaliza o ato de inscrever o consumidor sem seu consentimento em programa promocional realizado por instituição financeira. O PLS 33/2017, da senadora Rose de Freitas (Podemos-ES), prevê a nulidade de débitos lançados por produtos e serviços que o consumidor não tenha autorizado expressamente.

Rose destaca que, muitas vezes, esses programas geram débitos ao consumidor, que pode não ter tido a oportunidade de manifestar sua vontade nem de refletir acerca das vantagens e desvantagens da adesão. “A criminalização da conduta, a nosso ver, será importante instrumento para a coibição dessa prática que causa prejuízos econômicos ao consumidor, de modo que a pena para esse crime será de detenção de um a seis meses ou multa”, ressalta a autora.

No entanto, o relator, Carlos Viana (PSD-MG), ponderou que o direito penal deve ser aplicado apenas como solução extrema, quando outros ramos do ordenamento jurídico não forem suficientes para resolver a situação.

Viana apresentou substitutivo ao projeto, retirando a criminalização da prática e classificando-a como comportamento abusivo. Se aprovado, o PLS será submetido a turno suplementar de votação na CTFC, por ter sido alterado por substitutivo. Depois seguirá para a Câmara dos Deputados, caso não haja recurso para votação pelo Plenário.

Requerimentos

A CTFC também votará uma série de requerimentos: de avaliação da política de desarmamento no Brasil, a pedido do senador Humberto Costa (PT-PE); de auditoria no Fundo Amazônia, a pedido do senador Marcio Bittar (MDB-AC); de convocação do ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, para esclarecimento de denúncias, a pedido do senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP); e de audiências públicas para debater a inflação dos planos de saúde e para instrução de projeto do senador Davi Alcolumbre (DEM-AP) que busca aumentar a proteção ao cliente na compra de produtos ou serviços (PLS 175/2015).


Fonte: Agência Senado
Comentar

Compartilhar Tweet 1



O Dr. Leonardo Rodrigues, chefe do nosso Setor Jurídico, esteve reunido pela manhã desta segunda-feira (08/07) com o Dr. Francisco Nogueira, Diretor de Transportes da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (STRANS), para discutir o cadastramento da nossa empresa em conformidade com a Lei Municipal de Teresina n° 5.324/2019 e o Decreto Municipal n° 18.602/2019. 

    Foto: Jurídico com o Dr. Francisco Nogueira

Por enquanto a Mobdrive é a única Operadora de Tecnologia de Transporte (OTT) que se aproxima do cumprimento das exigências legais, restando apenas a comprovação do curso de formação para os motoristas (novidades em breve). 

Vale ressaltar que a Mobdrive é uma empresa de aplicativo de mobilidade urbana genuinamente piauiense e com base física em Teresina, uma exigência da lei municipal que nem todas cumprem e que também são os únicos a apresentar as informações solicitadas pela STRANS (incluindo o quantitativo de motoristas cadastrados em nossa plataforma) ainda em fevereiro deste ano, por meio de ofício. Na presente reunião a Mobdrive propôs a prorrogação do prazo que vence dia 30/07/19, para que os motoristas consigam atender às exigências legais, bem como propôs a formação de uma mesa redonda para discutir a efetividade na execução de alguns pontos da lei, no sentido de beneficiar todos os motoristas de aplicativo.

Comentar

Compartilhar Tweet 1



A Secretaria do Meio Ambiente e Recursos Hídricos do Estado do Piauí (Semar) divulga através da Gerência de Hidrometeorologia a previsão do tempo para o estado do Piauí, para este final de semana, dias 6 e 7 de julho. De acordo com o boletim, um centro de altas pressões inibe chuvas no estado, em especial no Sul do Piauí.

No sábado, a região Norte do estado o deve permanecer com tempo nublado a parcialmente nublado e sem chuva. A umidade relativa do ar gira em torno de 42%, já a temperatura mínima é de 22°C e a máxima de 36°C. No centro norte a previsão é de tempo parcialmente nublado. Com mínima de 20°C e máxima de 35°C. A umidade relativa do ar na região gira em torno dos 30%. Na região sudeste a temperatura varia entre 16°C e 37°C, com umidade relativa do ar marcando 30%. No sudeste a umidade gira em torno de 25% e a temperatura mínima é de 14°C e a máxima de 34°C.

No domingo, a previsão para o estado indica tempo ensolarado a parcialmente nublado com possibilidade de chuva isolada e fraca em áreas isoladas do norte do Piauí. A temperatura mínima é de 15°C e a máxima de 36°C. A umidade relativa do ar gira em torno de 30%. Em Teresina o tempo é nublado a parcialmente nublado com instabilidades e possibilidade (baixa) de chuva e trovoadas ao fim da tarde ou à noite. A temperatura máxima é de 36°C e a mínima de 22°C. A umidade relativa do ar é de 36%. No Litoral, o sol aparece entre nuvens com possibilidade de chuva rápida à tarde. A temperatura máxima é de 34°C e a mínima de 24°C, com umidade relativa do ar em 68%.


Fonte: AsCom
Comentar
Cinco meses após tragédia · 04/07/2019 - 14h01 | Última atualização em 04/07/2019 - 15h24

Bombeiros encontram corpo intacto em meio à lama de Brumadinho


Compartilhar Tweet 1



A equipe de resgate do Corpo de Bombeiros encontrou, na noite desta quarta-feira (03/07), o corpo de mais uma vítima da barragem da Vale, em Brumadinho, na região metropolitana de Belo Horizonte-MG. As informações são do R7.

O corpo do homem, que ainda não teve a identidade confirmada, estava em meio à lama, “praticamente intacto”, segundo a corporação. Os militares encontraram um documento de identidade dentro do bolso da calça dele. Os dados conferem com um dos nomes da lista de desaparecidos.

A Polícia Civil informou que recebeu o corpo da vítima no final da noite e os trabalhos de identificação começaram imediatamente. Até a manhã desta quinta-feira (04/07), as análises ainda não haviam sido concluídas.

Vítimas

Cinco meses após a tragédia, 23 pessoas ainda seguem desaparecidas. Até o momento, 246 vítimas do rompimento tiveram a identidade confirmada. A 247ª identificação será a do corpo encontrado durante a última noite.

A barragem de rejeitos da mineradora Vale rompeu no dia 25 de janeiro. A lama varreu casas e comunidades que ficavam no entorno da companhia. Entre as vítimas, há funcionários da mineradora, moradores da região e turistas.

Indiciamento

Nesta terça-feira (02/07), o Senado aprovou o relatório da Comissão Parlamentar de Inquérito que investigou o crime. O texto final sugeriu o indiciamento de 14 pessoas, entre elas diretores da Vale e funcionários da Tüv Süd, empresa alemã que atestou a segurança do muro de contenção de rejeitos.

De acordo com o texto assinado pelo senador Carlos Viana (PSD-MG), relator do processo, a “barragem B1 foi construída com deficiência de projeto, de execução e de documentação, especialmente do sistema de drenagem”. Além disso, o texto indica que a estrutura apresentava risco de rompimento há, pelo menos, um ano.

O documento foi enviado para os Ministério Público e Federal e para a Polícia Federal, que continuam a investigação da responsabilidade sobre a tragédia.

Comentar

Compartilhar Tweet 1



presidente Jair Bolsonaro (PSL) se mostrou favorável ao Projeto de Lei (PL) que será votado nesta terça-feira (02/07), no Senado Federal, que obriga presos a pagarem suas próprias despesas nos presídios federais. As informações são do Metrópoles.

“É bem vindo, se puder pagar. O maior problema da Constituição, não sei se é o artigo 5o ou 6o, se não me engano, tem um dispositivo que fala: ‘no Brasil não haverá penas de’. E tem lá, umas delas, que é o trabalho forçado. Acho que preso tinha que ser obrigado a trabalhar”, afirmou o presidente.

O presidente reconheceu que muitos presidiários trabalham para que haja um abatimento na pena, mas entende que esta não deveria ser uma opção e sim uma obrigação.

“Eu sei que muitos trabalham por livre e espontânea vontade e [o trabalho] é abatido no final das contas. Mas o trabalho obrigatório deveria existir”, enfatizou.

Segundo o texto, que irá ser debatido hoje no Senado, o custo mensal do estado para manter um preso é de R$ 2,4 mil.

Comentar

Compartilhar Tweet 1



O presidente do Brasil, Jair Bolsonaro (PSL), irá assistir pessoalmente ao confronto entre Brasil e Argentina, válido pela semifinal da Copa América. A informação foi confirmada pelo porta-voz do governo federal, Otávio Rêgo Barros, no início da noite desta segunda-feira (01/07). As informações são do Metrópoles. 

Ainda de acordo com o Palácio do Planalto, Jair Bolsonaro (PSL) convidou “vários ministros para o acompanhar durante a partida, entre eles o chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni”. “Oxalá a presença possa prontificar a vitória do Brasil”, brincou o porta-voz. O jogo será realizado no estádio Mineirão, em Belo Horizonte.

Este não será o primeiro jogo que o presidente da República assiste depois de assumir o cargo. Palmeirense, Bolsonaro vestiu uma camisa do Flamengo para ver o jogo do time carioca contra o CSA em meados de junho, no estádio Mané Garrincha, em Brasília.

No camarote de Bolsonaro, estavam, também vestidos a caráter, o ministro da Justiça e da Segurança Pública, Sergio Moro, e o deputado federal Helio Lopes (PSL-RJ), seu amigo.

O gesto foi interpretado como uma forma de o presidente demonstrar apoio a Moro, que enfrentava as primeiras divulgações de trechos de conversa entre ele e os membros da força-tarefa da Lava Jato, que sugeriam uma influência dele no trabalho dos investigadores – o que é ilegal. Na ocasião, o porta-voz do Planalto, Otávio do Rêgo Barros, disse que o presidente estava sereno em relação ao caso e que Moro é tratado com “sã camaradagem e confiança“.

Antes disso, em um amistoso entre o Brasil e o Catar, realizado em Brasília, Bolsonaro foi ao estádio. O atacante Neymar sofreu uma lesão e foi para o hospital, onde recebeu a visita de Jair Bolsonaro (PSL). Na época, o jogador enfrentava denúncias da modelo Najila Trindade, que afirmava ter sido estuprada pelo jogador.

Comentar