Problema mecânico · 17/09/2019 - 13h30 | Última atualização em 17/09/2019 - 14h35

Ônibus da UFPI fumaça e deixa estudantes assustados no sul do Piauí


Compartilhar Tweet 1



Um problema mecânico com o ônibus do Campus de Bom Jesus da Universidade Federal do Piauí (UFPI), assustou estudantes na manhã desta terça-feira (17/09).

Um problema no motor fez com que saísse uma grande quantidade de fumaça do cano de descarga enquanto o veículo transportava estudantes para a Universidade. As informações são do portal B1.

Os passageiros ficaram bastante assustados e, temendo ser o início de um incêndio, rapidamente desceram do veículo e concluíram o trajeto a pé. Felizmente, nada grave aconteceu e todos passam bem.

 

Comentar

Compartilhar Tweet 1



Dentro da programação do Gabinete de Segurança Itinerante, que acontece no próximo sábado (21/09) no bairro Esplanada, em Teresina, o delegado Cadena Júnior irá ministrar uma palestra sobre prevenção às drogas.

O coordenador da Delegacia de Prevenção e Repressão a Entorpecentes (DEPRE), e agentes da especializada, irão falar à partir das 8h, na praça principal, Nossa Senhora de Guadalupe.

O Gabinete Itinerante é realizado pela Secretaria de Segurança Pública, através pelo secretário Fábio Abreu e coordenado pela delegada Anamelka Cadena, subsecretária da SSP.

Ainda no sábado, será ministrado uma oficina de defesa pessoal voltada para mulheres, com agentes da Academia de Polícia do Piauí.

O Gabinete Itinerante conta ainda com ações sociais por meio de dinâmicas educativas e ostensivas, além da expedição de documentos e registros de ocorrências.

 

Comentar
Após questionamento do PT · 16/09/2019 - 11h41 | Última atualização em 16/09/2019 - 11h43

Conceito de entidade familiar deve prever união homoafetiva, diz STF


Compartilhar Tweet 1



O conceito de entidade familiar não pode deixar de fora a união entre pessoas do mesmo sexo, voltou a afirmar o plenário do Supremo Tribunal Federal (STF), por unanimidade, ao julgar a constitucionalidade de uma lei do Distrito Federal (DF).

O entendimento foi reforçado no julgamento virtual de uma Ação Direta de Inconstitucionalidade em que o PT questionou a Lei Distrital 6.160/2018, que estabelece a Política Pública de Valorização da Família no Distrito Federal.

Em seu artigo 2º, a lei define como entidade familiar “o núcleo social formado pela união de um homem e uma mulher, por meio do casamento ou união estável”.

O relator da ação, ministro Alexandre de Moraes, acatou os argumentos do PT, de que a legislação distrital, da forma como redigida, violava os princípios constitucionais da dignidade da pessoa humana e da isonomia ao restringir o conceito de família, deixando de fora as uniões homoafetivas.

“Quando a norma prevê a instituição de diretrizes para implantação de política pública de valorização da família no Distrito Federal, deve-se levar em consideração também aquelas entidades familiares formadas por união homoafetiva”, escreveu Moraes em seu voto, que foi acompanhado por todos os demais ministros do Supremo.

Moraes lembrou que o Supremo já julgou inconstitucional qualquer dispositivo do Código de Processo Civil que impeça o reconhecimento da união homoafetiva. Ao fim, foi dada interpretação conforme a Constituição para a lei distrital, que passa a abarcar em sua eficácia também as famílias formadas pela união de pessoas do mesmo sexo.


Fonte: Agência Brasil
Comentar
Estragos são vários · 14/09/2019 - 13h00

Aumenta número de mortes causadas por tempestade na Espanha


Compartilhar Tweet 1



Subiu para seis o número de mortos em consequência da tempestade que atingiu a Espanha. Os estragos são vários, provocados pela chuva torrencial e as inundações dos últimos dias.

O presidente do governo espanhol, Pedro Sánchez, visita as áreas mais afetadas, em Alicante e Múrcia.

Um homem de 41 anos morreu na localidade de La Matanza, perto de Orihuela, segundo as autoridades de Alicante, elevando para seis o número de mortos.

O corpo foi descoberto depois de forte chuva no município de La Vega Baja del Segura, que provocou inundações.

O homem estava desaparecido desde ontem e é a segunda vítima da chuva na Comunidade Valenciana e a sexta no país.

A chuva, que desde quinta-feira (12) atinge o sudeste de Espanha, também forçou a retirada de pelo menos 3.500 pessoas, fez transbordar o Rio Segura em várias áreas e deixou graves danos materiais e econômicos.

*Emissora pública de televisão de Portugal


Fonte: Agência Brasil
Comentar
Em difícil investigação · 13/09/2019 - 11h44 | Última atualização em 13/09/2019 - 11h45

Peritos buscam foco de incêndio em hospital do Rio


Compartilhar Tweet 1



Peritos da Polícia Civil do Rio de Janeiro estão tentando encontrar o foco primário do incêndio que atingiu ontem (12/09) o Hospital Badim, na zona norte da cidade. De acordo com o delegado Roberto Ramos, da Praça da Bandeira (18ª DP), que investiga o caso, ainda não é possível dizer onde começou o fogo.

A hipótese inicial é de que tenha começado com um curto-circuito no gerador de energia do hospital. Para Ramos, ainda não se pode afirmar isso. “Sabemos que o fogo chegou ao gerador, mas estamos vendo o foco primário, para saber se foi no gerador ou não”, disse.

Segundo ele, o trabalho dos peritos está sendo dificultado por questões como a fumaça, o calor e a pouca luminosidade dos locais investigados.

Ao ser questionado sobre a hipótese levantada pelo prefeito carioca, Marcelo Crivella, de que o incêndio possa ter sido criminoso, o delegado disse que ainda é prematuro fazer esse tipo de afirmação.

O delegado confirmou que, por enquanto, o número oficial de mortos é 10, de acordo com o Corpo de Bombeiros.


Fonte: Agência Brasil
Comentar
Mudanças na telefonia fixa · 13/09/2019 - 09h29 | Última atualização em 13/09/2019 - 09h30

Aprovada, reforma das telecomunicações depende agora de regulamentação


Compartilhar Tweet 1



O Senado aprovou o Projeto de Lei da Câmara (PLC) nº 79/2016 que promove uma reforma na legislação de telecomunicações. A matéria muda a forma de exploração dos serviços de telefonia fixa, que poderão passar de concessão para autorização, e prevê a possibilidade de aplicação dos saldos dessa transição em investimentos em banda larga, além de dar mais poderes às empresas do setor para o uso das faixas do espectro de radiofrequências. A efetivação da proposta, no entanto, dependem de complexas regulamentações. A lei segue agora para sanção do presidente Jair Bolsonaro.

A relatora da matéria na Comissão de Ciência, Tecnologia, Inovação, Comunicação e Informática do Senado, Daniella Ribeiro (PP-PB), classificou a nova lei como um avanço.

“Queremos dar ao Brasil um tempo de atualização de uma lei de mais de 20 anos, feita na lógica da telefonia fixa. Estamos criando condições para que povo brasileiro esteja pronto para a revolução tecnológica, com forte impacto econômico e social”, afirmou. O senador Arolde de Oliveira (PSD-RJ) acrescentou que os recursos aplicados contribuirão para a implantação de novas tecnologias.

Com um acordo de lideranças, a maioria das bancadas votou favorável à proposta. O senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) foi voz divergente e criticou a matéria pelo repasse de infraestrutura pública empregada na oferta do serviço de telefonia às empresas, que hoje o exploram sem garantias.

“Estamos entregando para as teles concessões públicas. Esse projeto faz um leilão, a doação de bens públicos sem contrapartida. É um crime de lesa-pátria nos termos em que está sendo colocado”.

Mudanças

Segundo o PLC, as empresas que adquiriram o direito de exploração da infraestrutura das redes do antigo Sistema Telebrás, por ocasião da privatização, poderão passar para um regime com menos obrigações. Os atuais contratos de concessão, que iriam até 2025, poderão, a pedido da companhia, migrar para autorizações. Com isso, deixarão de estar submetidas a controles do Estado na categoria denominada “regime público”, como metas de universalização, obrigação de continuidade e controle tarifário.

As concessionárias que optarem pela transição (Oi, Vivo Fixo, Embratel/Net, Sercomtel e Algar) serão objeto de cálculo, pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), para avaliar a diferença entre as receitas que receberão na nova modalidade e aquelas que aufeririam se mantida a concessão. Dentro disso estão envolvidas as redes exploradas por essas empresas na prestação do serviço, cujos valores variam.

A matéria também tira a responsabilidade da União por serviços de telecomunicações essenciais, que poderão ser prestados em regime privado. Atualmente, apenas a telefonia fixa se enquadra nessa condição, mas a Lei Geral de Telecomunicações (nº 9472/1997) concedia ao Executivo o poder de incluir outros serviços nessa categoria, o que implicaria obrigações do regime público. 

Outra alteração é dar a empresas que exploram faixas de frequência (“espaços” no espectro eletromagnético utilizados, por exemplo, para a transmissão de sinal de rádio e TV, telefonia celular, serviços por satélite e internet móvel) o direito de comercializar “partes” dessas faixas, criando o que vem sendo chamado de “mercado secundário de espectro”. A companhia paga pela exploração e poderá fazer negócios com parte desse “espaço”.

Implantação

A implantação dessas mudanças, no entanto, e a concretização dos investimentos ressaltados pelos apoiadores do projeto dependem de diversas medidas do Poder Público. Entre elas estão, primeiro, as regras para a transição, que deverão ser definidas pelo Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC). De acordo com o secretário de Telecomunicações da pasta, Vitor Menezes, um decreto deverá ser publicado com a regulamentação. 

A segunda ação é o cálculo da diferença da transição e dos bens envolvidos nos contratos. Esse ponto foi objeto de polêmica, uma vez que avaliações da Anatel, das empresas e do Tribunal de Contas da União chegaram a valores bastante diferentes, de R$ 17 bilhões a R$ 105 bilhões. Durante a tramitação do projeto, organizações mostraram o risco de aprovação sem que os valores ficassem claros.

Segundo o superintendente de Planejamento e Regulamentação da Anatel, Nilo Pasquali, o saldo será projetado por uma consultoria e levará em consideração a diferença entre as receitas estabelecidas nos novos e antigos contratos a partir da aprovação até o fim da concessão, no período entre 2019 e 2025. Se o resultado for positivo às empresas, elas devolverão o montante à União, para uso em investimentos em banda larga. Pasquali argumentou que a infraestrutura não será contabilizada diretamente, mas apenas indiretamente, à medida de sua contribuição para o valor econômico do mercado. 

O Ministério da Ciência e Tecnologia vai definir os critérios para a destinação dos eventuais recursos provenientes desse saldo. Na sessão de aprovação, senadores de bancadas do Norte e Nordeste defenderam que esse montante fosse direcionado aos locais com problema de conectividade, com foco nessas regiões.

O secretário de Telecomunicações do ministério afirmou à Agência Brasil que o decreto presidencial 9.612/2018 sobre o tema já estabelece algumas diretrizes, como o fomento à infraestrutura em localidades “remotas, com prestação inadequada e em situação de vulnerabilidade social”. Mas o detalhamento concreto dos recursos ainda será objeto de novos instrumentos regulatórios do Executivo.

O Sindicato das Empresas de Telecomunicações (Sinditelebrasil) comemorou a aprovação do PLC, argumentando que ele “moderniza o ambiente legal e regulatório do setor ao constituir fundamentos para a expansão da banda larga fixa e móvel”.

Na avaliação do sindicato, o novo marco permitirá que “investimentos obrigatórios em soluções obsoletas, como os orelhões, passem a ser destinados à ampliação do acesso à internet em áreas sem infraestrutura adequada, visando à redução das desigualdades”.

A Coalizão Direitos na Rede, que representa mais de 30 entidades de defesa dos direitos dos cidadãos, manifestou preocupação com a implantação do projeto. A Anatel não tinha norma de controle dessas redes até 2007.

Mesmo depois de aprovada a resolução de controle de bens reversíveis, como constatou o Tribunal de Contas da União em decisão de 2015, a agência continua sem o controle efetivo dos bens reversíveis.

"Estamos falando da entrega de bens vinculados aos contratos de concessão, entre eles os mais valiosos - como dutos e redes de cobre –, já avaliados pela Anatel com valor presente líquido em 2013 de R$ 71 bilhões e cujo controle pela agência foi questionado pelo TCU. Como o PLC diz que o valor da transição considerará apenas a previsão de ganhos econômicos de agora até 2025, sem as informações desde o início da exploração, em 1997, todo o patrimônio será entregue para empresas que já têm posição privilegiada concentrando mercados, sem as devidas contrapartidas econômicas, contra determinações constitucionais. O investimento tão prometido pode ser uma quantia irrisória perto do que está sendo dado às concessionárias", diz a advogada e integrante da coalizão Flávia Lefèvre. 


Fonte: Agência Brasil
Comentar
Caso se espalhou após cirurgia · 12/09/2019 - 14h37

É mentira que Jair Bolsonaro está com um câncer; boatos foram espalhados


Compartilhar Tweet 1



Nos últimos dias surgiram boatos nas redes sociais de que o presidente da República, Jair Bolsonaro, tem câncer e não levou uma facada enquanto fazia campanha em Juiz de Fora (MG), em 2018. A informação é falsa e já foi desmentida pelos médicos. Com informações do Pleno News. 

    Foto: Divulgação

Em entrevista à revista Veja, o cirurgião geral responsável por esta e outras duas cirurgias no presidente, Antônio Macedo, falou sobre o caso e negou a existência de um tumor no mandatário.

– Vou acabar com qualquer dúvida. Não havia tumor nenhum dentro da barriga do presidente. O que tinha era trajeto de facada – disse o médico.

Bolsonaro passou por uma cirurgia no último domingo (8) em São Paulo para corrigir uma hérnia. Os médicos deram a ele cinco dias de repouso para depois voltar às suas atividades normais.

Comentar
Furacão Dorian · 12/09/2019 - 10h56 | Última atualização em 12/09/2019 - 10h57

Cerca de 2.500 pessoas continuam desaparecidas nas Bahamas


Compartilhar Tweet 1



Atualmente, cerca de 2.500 pessoas [constam] do registo de desaparecidos” devido furacão Dorian, nas Bahamas, disse o porta-voz da Agência de Gestão de Emergências das Bahamas (NEMA, na sigla inglesa), Carl Smith.

O responsável acrescentou que esta lista não foi comparada com os registos governamentais das pessoas em abrigos ou deslocadas.

Na terça-feira (10/09), Carl Smith explicou que 4.500 pessoas foram deslocadas das suas casas nas ilhas Abaco e Grande Bahama, as mais devastadas após a passagem do furacão.

Em conferência de imprensa, o porta-voz da NEMA referiu que a maioria teve de se deslocar para Nassau, a capital deste arquipélago das Caraíbas.

O Dorian, que no último fim de semana deixou mais de 200 mil pessoas sem luz na costa atlântica do Canadá, devastou primeiro o arquipélago das Bahamas, sobre o qual permaneceu por muito tempo, quase imóvel, com chuvas torrenciais.

Segundo o primeiro-ministro do arquipélago, Hubert Minnis, 60% de Marsh Harbour, a principal cidade das Ábaco, ficou destruída.

Os ventos fortes e as águas castanhas e lamacentas destruíram ou danificaram gravemente milhares de casas, incapacitando a atividade de hospitais e deixando muitas pessoas presas em sótãos.


Fonte: Agência Brasil
Comentar
Prevenindo problemas de saúde · 11/09/2019 - 10h50 | Última atualização em 11/09/2019 - 10h55

Servidores do TCE-PI participam de oficina do programa 'Mais Viver'


Compartilhar Tweet 1



Os servidores do Tribunal de Contas do Estado do Piauí (TCE/PI) participam mais uma vez do programa “Mais Viver, Vida plena no pós carreira”, que ocorreu na terça-feira (10/09), na Escola de Gestão e Controle Conselheiro Alcides Nunes. A atividade, desta vez, conta com o apoio da franquia Supera para abordar técnicas para melhorar o desenvolvimento cognitivo e prevenir problemas relacionados a saúde cerebral.

A gestora pedagógica do Supera, Stefane Carine Alves da Silva, afirma que o método utilizado se assemelha a uma “malhação” para a mente, fortalecendo a memória e o raciocínio. “Nós tratamos um pouco do ‘Método Supera’, uma ginástica em que, ao invés de malhar o corpo, nós vamos malhar o cérebro. Nós trabalhamos com habilidades cognitivas como memória, raciocínio lógico, concentração, e atenção”, explicou.

Durante a atividade, diversos jogos e ferramentas pedagógicas são utilizados pelos participantes para auxiliar no aprendizado. Stefane aponta que esse método pode ajudar na prevenção de doenças como o alzheimer.

“Com uma boa atenção você vai ter uma boa memória e uma qualidade de vida melhor. Vai ter um raciocínio rápido e até mesmo prevenir o alzheimer, porque essas atividades também retardam a evolução da doença”, apontou.

QUALIDADE DE VIDA: O Programa Mais "Viver, Vida Plena no Pós-Carreira" faz parte do Programa de Qualidade de Vida do TCE-PI (SER-TCE) e se insere entre as iniciativas que reforçam o compromisso e a responsabilidade institucional do órgão junto aos seus membros e servidores.

O objetivo é desenvolver ações e atividades prioritariamente com os servidores em idade de aposentadoria, visando ao planejamento de uma vida mais saudável e produtiva.

 


Fonte: TCE-PI
Comentar

Compartilhar Tweet 1



O 13ª Anuário Brasileiro de Segurança Pública, divulgado nessa terça-feira (10/09), registrou recorde da violência sexual. Foram 66 mil vítimas de estupro no Brasil em 2018, maior índice desde que o estudo começou a ser feito em 2007. 

A maioria das vítimas (53,8%) foram meninas de até 13 anos. Conforme a estatística, apurada em microdados das secretarias de Segurança Pública de todos os estados e do Distrito Federal, quatro meninas até essa idade são estupradas por hora no país. Ocorrem em média 180 estupros por dia no Brasil, 4,1% acima do verificado em 2017 pelo anuário.

De acordo com a pesquisadora do Fórum Brasileiro de Segurança Pública, Cristina Neme, “o perfil do agressor é de uma pessoa muito próxima da vítima, muitas vezes seu familiar”, como pai, avô e padrasto conforme identificado em outras edições do anuário. O fórum é o órgão responsável pela  publicação do anuário.

Para a pesquisadora, a reincidência do perfil indica que “tem algo estrutural nesse fenômeno”. Ela avalia que a mudança de comportamento dependerá de campanhas de educação sexual e que o dano exige mais assistência e atendimento integral a vítimas e famílias.

De cada dez estupros, oito ocorrem contra meninas e mulheres e dois contra meninos e homens. A maioria das mulheres violadas (50,9%) são negras.

Feminicídio

Além do crescimento da violência sexual, o anuário contabiliza alta dos homicídios contra mulheres em razão de gênero, o chamado feminicídio descrito no Código Penal, após alteração feita pela Lei nº 13.104. []

Em 2018, 1.206 mulheres foram vítimas de feminicídio, alta de 4% em relação ao ano anterior. De cada dez mulheres mortas seis eram negras. A faixa etária das vítimas é mais diluída, 28,2% tem entre 20 e 29 anos, 29,8% entre 30 e 39 anos. E 18,5% entre 40 e 49 anos. Nove em cada dez assassinos de mulheres são companheiros ou ex-companheiros.


Fonte: Agência Brasil
Comentar
Prova prático-profissional · 10/09/2019 - 14h44

Divulgada lista dos aprovados na 2ª fase do XXIX Exame de Ordem


Compartilhar Tweet 1



Candidatos e candidatas já podem conferir o resultado preliminar da 2ª fase (prova prático-profissional) do XXIX Exame de Ordem Unificado. O resultado foi divulgado nesta terça-feira (10/09). 

A aprovação no Exame de Ordem é requisito necessário para a inscrição nos quadros da OAB como advogado. O Exame de Ordem pode ser prestado por bacharel em Direito, ainda que pendente apenas a sua colação de grau, formado em instituição regularmente credenciada. Poderão realizá-lo os estudantes de Direito do último ano do curso de graduação em Direito ou dos dois últimos semestres.

TERESINA | APROVADOS

Confira aqui a relação completa

935150578, Acácio Costa Ribeiro Messias / 935095556, Ada Raquel Lobato Do Valle / 935032445, Adriel Rodrigues De Oliveira / 935142877, Alice Brito De Carvalho / 935115559, Alysson Emanuel Andrade Rêgo / 936008678, Amanda Beatriz Alves De Sousa / 935084176, Amanda De Moraes Machado / 935176575, Amanda Lopes Paes Landim Sena / 935164506, Amanda Lopes Teixeira / 935128722, Ana Beatriz De Freitas Silva / 935111894, Ana Beatriz Silva Fereira / 936018240, Ana Luiza De Oliveira Alves / 935032727, Ana Luiza Pinheiro Machado / 935179650, Ana Priscila Alves De Sousa / 936012301, Ana Vilma De Sousa Chaves / 935008113, Anália Rocha E Silva Paes Landim / 936017948, André Dos Anjos Sousa / 935167750, Andréia Carvalho De Sousa / 936002734, Andressa Rocha Brito Viana / 935063461, Angelica Paiva Nascimento / 935072292, Anna Rachel Caminha Morais / 936010701, Anne Karoline Santos Camelo / 935135104, Anny Maraisa Silva Aires / 935104478, Antonia Jéssiane Sousa Martins / 935164669, Antonia Nathalia De Morais Carvalho / 936013390, Antonio Alves De Moura Junior / 936020222, Antonio Carlos De Freitas Junior / 936000917, Antonio Carlos Pacheco Da Costa / 935006872, Antônio Ferreira Costa Filho / 935085364, Arianne Kelly Barboza Vilarinho / 935141859, Arnilton Alves Almeida Ferreira / 936005315, Ashrad Nayat Lopes Cardoso De Alencar / 935037382, Aurino Ribeiro De Carvalho / 935168734, Bárbara Da Cunha Rabêlo Vieira / 936010806, Beatriz Aguiar Paraguassú De Sá / 936000849, Brenda Raysa Gonçalves de Oliveira Santos / 936014779, Brendha Maria De Sousa Lira / 935083789, Bruna Cristine Ferreira Silva / 935058123, Bruna Gomes De Sousa / 935083207, Bruna Rafaella Meneses Aguiar / 935028329, Bruna Rayla Braga Da Silva Sousa / 935155169, Bruno Herlen Ribeiro Da Silva Santos / 935058018, Bruno Ramon Ferreira Leite / 935117686, Caio Henrique Barbosa Da Rocha / 936009454, Caline Carolina Duarte Campos / 936011955, Camila Borges Da Costa / 936014925, Carlos Daniel Barbosa Nunes Madeira / 935062311, Carlos Eduardo De Sousa Menezes / 935115856, Carlos Patrício Maracajá De Carvalho / 935190961, Carmem Célia De Carvalho Chaves / 936009594, Clamira Maria Barbosa Cruz / 936004356, Clisergio Placido Cordeiro Junior / 935029205, Cristiano Martins E Figueiredo / 936005120, Danesara Da Conceição Lima / 935035376, Daniel Bastos Da Silva / 935034953, Danielle Melo Vieira / 935079527, Danilo Bezerra Guimarães / 936011581, Dária Vitória Dourado Resende / 935186704, Darlan Andrade Souza / 936002957, Darliane Mikaelle Rodrigues Gonçalves / 936001564, David Rodrigues Dos Santos / 935117768, Débora Vívian De Sousa / 935055183, Deborah Laryssa Brito / 936010067, Déborah Lennara Rodrigues Colaço / 935114849, Denise Michelle Ribeiro Saraiva / 936014168, Diene Carmo De Melo / 936007979, Dina Pereira Da Silva Neres / 935146575, Dóris Rosa De Oliveira Ribeiro / 935084533, Douglas Pimenta De Sousa / 936003239, Ednaldo Chaves Ibiapina / 935137493, Eduardo Gabriel Machado Da Silva / 936003679, Edwar De Alencar Castelo Branco / 936001789, Egieldo De Sousa Silva / 935039612, Elayne Layane Ferreira Do Nascimento / 935018468, Eliane Silva De Alencar / 935044710, Eline Jéssica Santos Lima / 936005854, Elisângela Borges Silva / 935042872, Elmano Vinicius Duarte Bastos / 936014597, Elorrayne Maria Torres Mendes / 935169261, Elson Jose Do Rego / 935186935, Emerson Da Rocha Souza / 935120167, Enny Araújo Lima / 936010050, Eonice Carvalho Bervique Da Silva / 935041775, Euzebio Pereira De Andrade Neto / 936018156, Evanda Maria Carvalho Moreira / 935035928, Fabíola Anacleto / 935042365, Fabricio Avilla Sousa Sampaio / 935176564, Felipe Ferreira Nunes / 935036272, Felipe José Sousa Rodrigues / 936010708, Felipe Silva Veloso / 935017990, Fernanda Barbosa Castelo Branco / 936000838, Fernanda Lucy Gomes Oliveira / 936013750, Fernanda Valéria Oliveira Pires Lima / 935020521, Flávia Karoline Soares Vasconcelos / 936017586, Flávio Castro Silva / 935172777, Francisca Deyciane Monteiro Lima / 936008389, Francisco Anselmo Pinheiro Gomes / 935011962, Francisco Brenno Muniz Pereira / 935138111, Francisco Cid Dantas Do Rego / 935012186, Francisco Das Chagas Araujo Fontinele / 935163425, Francisco Das Chagas Pereira Dos Santos / 936013232, Francisco De Oliveira Ramos / 936006291, Francyene Keline Costa Lima / 936008121, Francyjane Vieira Da Luz / 935113582, Gabriel Barros Gomes / 935144874, Gabriel Oliveira Ferreira / 935098072, Gabriel Talles Xavier Rodrigues / 935050000, Gabriela Costa Pereira Siqueira / 935088820, Gabriela Santana Marques Rocha / 935017618, Geissy Kelly Lopes Pinheiro / 936013585, Genésio Carvalho Santiago / 935007948, Geovana Rocha Caldas Lima / 935090879, Gildemar Ferreira Dos Santos Junior / 935105619, Gisele Kiara Rabelo Brandao / 935035344, Glawillson Dos Santos França / 936005395, Greice Lilian Da Silva Portugal / 936004425, Guilherme Gualberto De Negreiros / 935003987, Guilherme Noronha Santos / 936009703, Guilherme Viana Pereira E Silva / 935036176, Hellen Joyce De Freitas Costa / 936010736, Hielbert Santos Ferreira / 935082940, Hugo Gomes Sandes / 935062559, Hyanna Myrelly Soares da Costa / 936010904, Iago De Oliveira Santana Ribeiro / 935146451, Iago Maciel Morgado / 935061675, Ian Albuquerque De Amorim / 936010598, Iana Virgínia Bezerra Sousa / 935010015, Iêza Da Silva Bezerra / 936010807, Igor Bahury Ramos / 935157798, Igor De Sousa Christoffel / 935050793, Igor Rangel Jacinto E Silva / 936017486, Ingrid Santos Palmeira / 935048474, Isabel Cristina Oliveira Alves / 935075700, Isabel Semírames Café Dos Santos Silva / 935111094, Isabelle Nunes Brandao / 935140000, Isadora Batista Pimentel Valente / 935049996, Isadora Campelo Azevêdo / 935088028, Isadora Gomes De Sousa / 935105198, Isadora Ibiapino De Moura Rodrigues / 935086111, Iure Gustavo Nazário De Oliveira / 935081940, Izabella Calmon De Araújo Mascarenhas / 935148486, Jainara Sousa Carvalho / 935163704, Jaine do Nascimento Ferreira / 935169651, Jairo Da Costa Pereira / 935012449, Janaina Silva De Sousa / 936005701, Jefferson Thiago Pegado Barbosa / 935123142, Jessica Ariane Sampaio De Lima / 936015400, Jéssica Mendes Lustosa / 935108259, Jéssica Taiza Cadeira Freire Costa / 936009140, Jessica Teixeira De Jesus / 935051909, Jhônatha Magalhães Silva / 935010276, Joao Antonio Barbosa Gonçalves Mesquita / 935019144, João Eduardo Fonseca Pinheiro / 935069094, João José Leitão Filho / 935111901, João Lucas Noleto Lopes / 935102594, João Nilo Veloso Angeline / 935024966, João Pedro Pacheco De Nazareth / 935082042, Joao Victor De Lacerda Lima / 935058393, Johnatan Carvalho Araújo / 935038738, Joicy Conceição de Amorim / 936011354, Jorge Luiz Teles Oliveira Segundo / 936013476, Jorge Romário Viana De Carvalho Passos / 936014032, José Carlos Borges De Sousa / 936006791, José Carlos Martiniano Farias / 935158183, José De Ribamar Barbosa Alves / 935106550, Jose Felipe Moura Lacerda / 935024437, José Rodolfho De Oliveira Souza / 935121512, Jose Wilson Soares Da Rocha / 935192613, Joseane Silva Lopes / 935080767, Josielton Alberto Santos Ibiapina / 935076855, Joysielen Da Silva Cruz / 935106057, Juan Carlos Rodrigues Chaves / 935023649, Juliana Darah Campos Cansanção / 935102083, Juliana Gomes Loyola Reis / 935013174, Juliana Maria Moura Torres Da Silva / 935137763, Juliana Nunes Castro / 935101329, Jussandra Amorim Da Silva / 936019671, Karelly Braga De Sousa / 935078953, Karen Luchese Silva Soares Cavalcante / 935095791, Karina Andrade Cavalcante / 936013548, Karine Lima Rodrigues / 936016065, Karla Lays Costa De Andrade / 935023321, Karlla Virgínia De Assunção Queiroz Castor / 935116883, Kaylan Rios Da Silva / 935149012, Kellen Resende Carvalho / 935108583, Kricia Kariane Pires Sousa / 935105871, Laene Lara Ferreira Soares / 936007978, Laerte Dos Santos Silva / 936004706, Laize De Sousa Lima / 935060331, Lanna Beatriz Lima Grangeiro / 935041657, Larissa Beatriz Alves Da Silva / 935086359, Laura Lays Pimentel Andrade / 935080169, Laura Patricia Costa Da Silva / 935152758, Leonardo Henrique Batista Lages / 935109645, Letícia De Melo Austríaco / 935134790, Leticia Dos Santos Sousa / 935157856, Lindemberg Holanda Nascimento / 935013876, Lorena Risielly De Sousa Mendes / 935171198, Lorenna Priscilla Vieira Gomes / 935149758, Luana Ingride De Freitas Gomes / 935059745, Luanne Noronha Ferreira / 935004540, Luara Luiza Dos Santos Cantuario / 935165879, Lucas Antonio Ibiapina / 935185838, Lucas Emanuel Saraiva Pacheco / 936010407, Lucas Oliveira Mesquita / 935016963, Lucas Ozorio Ribeiro / 935013694, Lucas Rodrigues De Lima Nascimento / 935094917, Luis Gustavo Silva Lima / 935006843, Luma Gabrielle De Sousa Dos Santos / 936019994, Maitê Sandy Silva De Carneiro Brasileiro / 935133854, Marcella Melissa Mariano De Paiva Cavalcante / 936013092, Marcelo Bruno Da Silva Oliveira / 936010721, Marcio Reis Azevedo Araújo / 936011676, Marcos Luiz Da Silva Filho / 935025208, Marcus Vinicius Borges Da Silva / 935029319, Mardson Lima De Meneses / 935103672, Maria Alice Da Conceição Gomes / 935144649, Maria Aline Feitosa Modesto / 935035750, Maria Clara Alves Craveiro / 935125351, Maria Das Dores Campelo Neta / 936000815, Maria De Nazaré Bandeira Peres Da Silva / 935092825, Maria Gabriela Marques Ferreira / 935165802, Maria Luana Albuquerque Medeiros / 935112010, Maria Luísa Mapurunga Bezerra Miranda / 936010535, Maria Raimunda Da Silva Lima Oliveira / 935142844, Maria Rita Fernandes Alves / 936005250, Mariana Pessoa Da Silva / 935026283, Mariana Servio Pessoa / 935151200, Marilia De Sousa França / 935139516, Marina Lima Da Costa Araújo / 936015691, Marinalva Rodrigues Fortes / 936011784, Martim Davi De Araújo Soares / 935109378, Mateus De Sousa Dos Santos / 935089737, Mateus Henrique Barbosa De Arruda / 935099634, Mateus Soares Da Fonseca / 935109978, Matheus Lucena Prado Dos Santos / 936005169, Matheus Machado Aguiar / 935188045, Matheus Passos Mascarenhas / 935045300, Mauro Benício Da Silva Neto / 935153965, Mayana Martins Da Rocha Barros / 935112539, Miguel Da 47 Silva Primo / 935111139, Milana De Castro Chaves / 935148305, Milena Fernanda De Abreu Moura / 936016122, Miqueias Lopes De Melo / 935024731, Misael Da Silva Duarte / 936008356, Miza Maria De Oliveira Cunha / 935088488, Myrlanne Da Silva Gonçalves / 936005882, Naiara Maria Nunes Dos Santos / 935095873, Nayara Laianne Da Silva Cavalcante / 935170143, Nayra Ariel Dias Nogueira / 935000391, Neila Maria Fonsêca Tavares / 935013009, Nicolly Stefane Teles De Aguiar / 936014181, Ohanna Lauanny Cruz Viana / 936018348, Ozando Mariano De Moura / 935122932, Paula Allana Correia Bezerra / 935184207, Paula Raissa Dos Santos Rodrigues / 936009662, Paulo Ênyo Maciel Figueirêdo / 936014805, Paulo Henrique Carvalho Almeida / 936018465, Paulo Roberto Campos Lima / 935149368, Paulo Victor Leoncio Chaves / 935041127, Pedro Henrique De Sousa Costa / 935131492, Prisllyane Lisboa Da Silva / 935160350, Pryscilla Nascimento Farias Magalhães / 935171890, Rafael Araújo Silva / 935050997, Rafael Henrique Kader Lopes De Sousa / 935038032, Rafael Leôncio Modesto / 935047959, Raimundo Fernandes De Moraes Filho / 935158009, Ramiro Anderson Cavalcante Azevedo / 935099872, Ramom Emanoel Silva Macedo / 935054987, Ratzenberger De Souza Pereira / 935126382, Rayana Da Paz Portela Veloso / 935044365, Rayanne Silva Paz / 935039898, Rayra Déllis Vaz Melo / 935021557, Rhayra Wanneska Rocha Araujo / 936008512, Robert Alves Barbosa / 935138972, Roberta Djane Araujo Pereira Viana / 935108068, Rodrigo Leal Ferreira / 936004360, Rômulo Evangelista Soares / 936000682, Ronaldo Carneiro De Sousa / 935092265, Ronnyelson Carvalho De Oliveira / 935082571, Roosevelt De Oliveira Tavares / 936013413, Rosângela Do Perpetuo Socorro Muniz Almeida / 936013725, Rosany Caitano Sousa Da Silva / 935042398, Rosely De Nazaré Santos Aguiar / 935179652, Ruanna Ramos Bezerra / 936011913, Rubens Silva Costa / 936015371, Rui Saulo Cunha Costa / 935015757, Ryanderson Magno Oliveira Rocha / 936019659, Salomao Robert Da Silva Cardoso / 935165848, Samanta Thais Morais De Araujo Oliveira Sousa / 936004283, Sandriélen Cardoso Da Silva / 935049115, Sarah Lopes Araújo / 936007653, Silvania Da Silva Carvalho / 935027859, Silvia Maria Marques Lima / 935051574, Starley Barbosa Leite / 935002016, Suyglanne Rayanne Monteiro Rodrigues / 935200065, Suzana Kelly De Carvalho Santos / 935135054, Talessa Vitória Sousa Carvalho / 936004800, Tamires Lais Viana De Sousa / 935113294, Tatielly Paixão Tumaz Sousa / 935071386, Tatyana Façanha Vieira / 935081496, Tayane De Sousa Albuquerque / 935067438, Tayna Shayonara Medeiros E Silva / 935170088, Teresa Christina Araujo Da Silva / 935061807, Thais Araujo Santos / 935024823, Thais De Sousa Silva / 935007640, Thais Felix Morais / 935066500, Thais Silva Rodrigues / 936010870, Thamyres Bandeira Bomfim Coelho / 935163887, Thanrley Kelvin Oliveira Bastos / 936011975, Thaynara Raysa De Sousa Lima / 936007439, Thaynara Rodrigues Rocha / 935086736, Thiago Almeida Silva / 935029347, Thiago De Sousa Rodrigues / 936015958, Thyara Aline Sousa Barbosa / 935081793, Tony Ricardo Rocha Costa / 935013656, Valéria Da Silva Duarte / 936002441, Valéria Santos Silva Do Nascimento / 935035958, Venina Torres Cardoso Almeida / 935021172, Vitor Maciel Rosa Junior / 935108225, Vitória Reis Cordeiro / 936002228, Wallef Rangel Martins De Carvalho / 935155678, Wanessa Costa Da Penha Morais Macedo / 935009638, Welayna Almeida Alves / 935135716, Welder Da Silva Sousa / 936004162, Wellington Pereira Dos Santos / 935024604, Yanne Nouhara Carvalho Cavalcante / 936003261, Yure Nunes Da Silva.

Comentar
    Foto: Silvino/Arte DP

As novas regras da aposentadoria ainda precisam passar pelo crivo do Senado, mas já deixaram um legado aos brasileiros: a dúvida. Principalmente entre aqueles que já têm direito adquirido à aposentadoria e não sabem como usufruir do benefício caso as mudanças sejam aprovadas. A consequência é que, tanto no setor público quanto no privado, trabalhadores que ultrapassaram o tempo mínimo de contribuição têm corrido para antecipar a saída do trabalho. As informações são do Diário de Pernambuco.

É importante, entretanto, considerar algumas questões antes de tomar uma decisão arriscada e mesmo prejudicial. O fato é: todos os que já atingirem, até mesmo no dia anterior à aprovação final da reforma, o tempo de contribuição (30 anos no caso das mulheres e 35 anos no caso dos homens) ou a idade de 60 anos para as mulheres e 65 anos para os homens, com o mínimo de 15 anos de contribuição, não devem se preocupar. Eles poderão ser beneficiados pela regra vigente.

Quem cumpriu os requisitos para se aposentar pelas regras atuais está preservado pelo direito adquirido e não será afetado pela mudança, mesmo que peça o benefício em vigência da regra nova. São casos em que o trabalhador pode aposentar-se pelos critérios presentes, mesmo que uma emenda à Constituição entre em vigor e ainda que não tenha requerido a aposentadoria. Exemplificando: uma mulher completa 30 anos de tempo de contribuição e está elegível para tal, mas deixa para pedir a aposentadoria em dezembro, quando já estará em rigor a reforma da Previdência, por presunção. Ela tem, então, a prerrogativa de escolher a regra de antes da reforma ou a vigente.

De acordo com especialistas ouvidos pelo Diario de Pernambuco, a primeira atitude que as pessoas precisam ter neste momento de incerteza é cautela. Afinal, sendo de iniciativa privada ou pública, o contribuinte, dentro do regime geral da Previdência Social, pode enquadrar-se em mais de um requisito mínimo ou metodologias com cálculos diversos para receber o benefício.

“Então, às vezes, a pessoa precipita-se e recorre ao enquadramento no requisito mínimo quando poderia ter algum outro, muito melhor, a ser alcançado em pouco tempo futuro em função do envelhecimento ou tempo de contribuição”, explica o advogado Rômulo Saraiva, colunista do Espaço da Previdência, no Diario. Em relação ao servidor público, o que acontece é que eles são elegíveis para mais de um tipo de aposentadoria. Então, mesmo que já tenha o tempo mínimo de aposentadoria ou de critério de cálculo poderia, com mais tempo de trabalho, ter uma opção mais vantajosa.

É importante lembrar que o que sacramenta a aposentadoria dentro do INSS é o saque. “Você pode pedir, assinar os documentos dizendo que quer se aposentar, pode até receber documento dizendo que está aposentado, mas até sacar o dinheiro ela não se sacramenta. Então, para quem está arrependido ou em dúvida, mesmo que não saque o dinheiro, pode tentar reverter a situação”, explica Rômulo. A situação muda para aqueles que estão na expectativa de direitos adquiridos. Saraiva faz uma metáfora com as corridas de atletismo.

“Enquanto o corredor não atingir a reta de chegada, está na expectativa de direito. Então, se a regra atual prevê que eu, homem, vou me aposentar aos 35 anos e eu tiver 34 quando reforma sair amanhã, continuo na expectativa de direito e não vou poder fazer nada, a não ser chorar”, explica. Há, por exemplo, a perspectiva de que a reforma endureça as averbações de tempo de contribuição para regimes previdenciários desprovido de pagamento. “Por exemplo, se você trabalhou dez anos em uma empresa e depois passou a ter outra função, em outra instituição. Se aquela primeira empresa sonegou dois anos de contribuição, pela reforma você só conseguiria averbar oito anos e não os dez”, detalha.


Fonte: Diário de Pernambuco
Comentar

Compartilhar Tweet 1



O Campus Picos do Instituto Federal do Piauí (IFPI) lançou, nesta segunda-feira (09/09), edital para seleção de professor substituto de Informática. As inscrições poderão ser realizadas de 10 a 17 de setembro, das 9h às 12h e das 14h às 16h30, na Coordenação de Gestão de Pessoas.

O processo seletivo será realizado em duas etapas: prova de desempenho didático e prova de títulos. O resultado final da seleção será publicado até o dia 23 de setembro.

Confira o edital.

Comentar

Compartilhar Tweet 1



A medida provisória nº 896 de 6 de setembro de 2019, que desobriga a divulgação de editais de concursos, licitações e leilões públicos em jornais de grande circulação diários, assinada pelo presidente Jair Bolsonaro, foi publicada nesta segunda-feira (09/09) no Diário Oficial da União (DOU).

 Os avisos de editais das concorrências, das tomadas de preços, dos concursos e dos leilões poderão ser feitos em sítio eletrônico oficial do respectivo ente federativo, facultado aos Estados, ao Distrito Federal e aos Municípios, alternativamente, a utilização de sítio eletrônico oficial da União, conforme regulamento do Poder Executivo federal.

 

Comentar
Feriado da Independência · 08/09/2019 - 09h14 | Última atualização em 08/09/2019 - 20h43

Esplanada recebeu cerca de 30 mil pessoas no desfile de 7 de setembro


Compartilhar Tweet 1



A Esplanada dos Ministérios ficou lotada na manhã deste sábado, no desfile de 7 de setembro. Antes mesmo de começar o desfile, as arquibancadas já estavam lotadas. Quem não conseguiu entrar para a área das arquibancadas, ficou no gramado assistindo tudo pelos telões com imagens geradas pela TV Brasil. No início do desfile, o sol deu uma trégua, com o céu encoberto por nuvens.

A estimativa preliminar da Secretaria de Segurança Pública do Distrito Federal e do Comando Militar do Exército é de que entre 25 mil e 30 mil pessoas assistiram ao evento.

O comerciante argentino Alberto Garcia Diaz, 57 anos, mora há quase 50 anos em São Paulo e pela primeira vez assistiu ao desfile na capital. “É importante participar como forma de dar valor à história do país”, disse ele, que estava acompanhado dos dois filhos, da mulher e de um primo.

Outra família que assistiu o desfile pela primeira vez em Brasília veio de Dourado, no Mato Grosso do Sul. A funcionária pública Estela Marys Barbosa, 28 anos, mudou-se para a capital federal há 3 meses e trouxe os pais – Terezinha de Jesus Barbosa Silveira, dona de casa, 63 anos, e Izaías Tavares da Silveira, eletricista, 63 anos –, em visita a Brasília, para assistir ao desfile. “Eu estava com muito expectativa para assistir ao desfile, esperando chegar o dia 7 de setembro”, disse Estela.

O vigilante Breno Eleazar, 36 anos, contou que já serviu nas Forças Armadas por sete anos e chegou a desfilar em 2001. “É de arrepiar. É uma emoção muito grande quando a gente passa pelo público. Agora estou prestigiando vários amigos da ativa. Sempre que posso venho ao desfile”, afirmou.

Autoridades

O presidente da República participou do primeiro desfile da Independência de sua gestão na tribuna de honra, ao lado da primeira-dama Michelle Bolsonaro.

Com o desfile em andamento, Bolsonaro decidiu descer da tribuna e caminhar pela Esplanada dos Ministérios, acenando e cumprimentando o público. Cercado por dezenas de seguranças, Bolsonaro foi acompanhado por alguns ministros, como Sérgio Moro (Justiça e Segurança Publica), Onyx Lorenzoni (Casa Civil) e Augusto Heleno (Gabinete de Segurança Institucional). Em razão da quebra de protocolo, o desfile chegou a ser interrompido por alguns minutos.

Depois te retornar à tribuna, o presidente acompanhou o restante do desfile. Além de ministros e autoridades, os empresários Silvio Santos, Edir Macedo e Luciano Hang também assistiram boa parte da apresentação ao lado de Bolsonaro. Pouco antes do fim da exibição da Esquadrilha da Fumaça, que encerrou as comemorações do 7 de Setembro na capital federal, o presidente e sua comitiva deixaram a Esplanda.

Na chegada à residência oficial, o presidente desceu do carro para cumprimentar as pessoas presentes e falou brevemente com jornalistas que estavam no local. Segundo ele, a decisão de quebrar o protocolo e descer do palanque foi para estimular o sentimento patriótico das pessoas.

"Os seguranças ficam um pouco preocupados aqui, mas é um pequeno risco que a gente corre, porque a gente acha que pode despertar o sentimento patriótico do povo brasileiro", afirmou.

Dados do desfile

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública e o Comando Militar do Exército, a Polícia Militar registrou três ocorrências relacionadas ao uso e porte de drogas, e os Bombeiros atenderam quatro pessoas: duas pessoas que caíram – uma gestante e outra idosa; uma com problemas relacionados à pressão arterial e outra, com hipoglicemia.


Fonte: Agência Brasil
Comentar
Suspeito foi preso · 07/09/2019 - 14h30 | Última atualização em 07/09/2019 - 22h05

Chantagista cobrou R$ 400 mil de deputado para “barrar” matéria no Fantástico


Compartilhar Tweet 1



O homem suspeito de promover ataques virtuais e de extorquir o deputado federal Luis Miranda (DEM-DF) foi preso em flagrante na noite da última quinta-feira (05/09) em um hotel no centro de Brasília pouco tempo depois de chantagear o político. Com informações do Metrópoles.

Daniel Luís Mogendorff pedia R$ 760 mil, alegando ter condições de barrar reportagem contra o parlamentar e evitar que ele continuasse a ser alvo de ataques nas redes sociais.

Vídeos gravados com câmeras escondidas mostram o teor da conversa mantida entre o homem e o congressista.

O aparato que produziu o flagrante foi montado pela Delegacia de Repressão aos Crimes Cibernéticos (DRCC), da Polícia Civil do DF (PCDF).

Em certo momento da conversa, Daniel disse que conseguiria evitar a publicação de matéria negativa sobre o deputado no programa Fantástico, da Rede Globo. “Se você tem vontade de tirar isso do Fantástico, a gente faz. Já tá tudo no pente”, afirma.

Mogendorff mora em Israel, tem passaporte alemão e chegou a Brasília para encontrar Luis Miranda na quarta-feira (04/09). Menos de 24 horas depois, estava sendo detido por policiais civis do DF.

O conteúdo da suposta matéria apurada pelo Fantástico não é revelado no diálogo interceptado pela unidade especializada da PCDF.

 


Fonte: Com informações do Metrópoles
Comentar
Melhoria para a população · 06/09/2019 - 17h26

PMT inicia recapeamento da Av. Abdias Neves no bairro Cristo Rei


Compartilhar Tweet 1



A Prefeitura de Teresina inicia, nesta sexta-feira (06), mais uma etapa da obra de recapeamento asfáltico da Av. Abdias Neves, bairro Cristo Rei, zona Sul da capital. A via já passou pelo processo de fresagem, com a retirada do asfalto antigo e nivelamento da pista, e agora recebe a nova camada de pavimento.

De acordo com o coordenador de Asfaltamento da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano e Habitação (SEMDUH), Daniel Pereira, a obra de recapeamento de 1,3 Km da Av. Abdias Neves conta com um investimento de R$ 487 mil.

“Finalizamos o recapeamento da Rua Canadá, na mesma região, e agora seguimos para a pavimentação da Av. Abdias Neves. Aquela área da zona Sul tem recebido algumas mudanças no trânsito e essas melhorias no asfalto garantem um melhor fluxo na movimentação de veículos e pedestres”, explica Daniel Pereira.

Ainda segundo Daniel Pereira, as ruas Tibiriçá, Colibri e um trecho da Rua Abdias Neves, foram asfaltadas, melhorando o acesso da população a vias que foram recapeadas.


Fonte: AsCom
Comentar
Prejuízo de R$ 13 milhões · 06/09/2019 - 10h44 | Última atualização em 06/09/2019 - 10h51

Polícia Federal deflagra operação de combate à corrupção nos Correios


Compartilhar Tweet 1



A Policia Federal deflagrou nesta sexta-feira (06/09) a Operação Postal Off para desarticular uma organização criminosa que atuava junto à Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos. Segundo o órgão, o grupo praticava fraudes que estavam causando prejuízos à empresa “de forma habitual e permanente".

De acordo com a PF, a investigação começou em novembro de 2018, em Santa Catarina, e mostrou que a atuação do grupo se estendia aos estados de São Paulo e Rio de Janeiro, com a “participação ativa de funcionários dos Correios”. A polícia informou que cargas postais de seus clientes eram distribuídas no fluxo postal sem faturamento ou com faturamento muito inferior ao devido.

Um dos modos de atuação dos criminosos era identificar clientes dos Correios e levá-los a romper seus contratos com a empresa. Os clientes então passariam a ter as encomendas postadas por meio de contratos mantidos entre as empresas do grupo criminoso e os Correios.

Segundo a PF, ao longo da investigação também foram apuradas solicitações e pagamentos de vantagens indevidas envolvendo empresários, funcionários públicos e agentes políticos, “configurando indícios dos crimes de corrupção passiva e concussão”.

Uma avaliação preliminar indicou que a atuação do grupo causou um prejuízo de R$ 13 milhões, segundo a PF. O valor se refere às postagens ilícitas já identificadas, sem a inclusão dos danos diários provocados pelo grupo investigado.

A PF informou ainda que cerca de 110 policiais federais estão cumprindo 9 mandados de prisão preventiva e 19 mandados de busca e apreensão na cidade do Rio de Janeiro; dois mandados de prisão preventiva e cinco mandados de busca e apreensão nos municípios de Tamboré, Cotia, Bauru e São Caetano, no estado de São Paulo; além de um mandado de prisão temporária e um de busca em Belo Horizonte, em Minas Gerais. Os mandados foram expedidos pela 7ª Vara Federal de Florianópolis de Santa Catarina.

Bloqueios

Para garantir o ressarcimento dos prejuízos causados aos Correios, a Justiça determinou os bloqueios de contas bancárias e o arresto de bens móveis e imóveis, incluídos carros de luxo e duas embarcações, sendo uma delas um iate avaliado em R$ 3 milhões. “Com as medidas, espera-se que seja efetivado o bloqueio de R$ 40 milhões dos investigados”, afirmou a PF.

De acordo com a PF, os investigados poderão ser indiciados nos autos do inquérito policial instaurado para a apuração dos fatos, pela prática dos crimes de corrupção passiva e ativa, concussão, estelionato, crimes tributários, lavagem de dinheiro e formação de organização criminosa.

Correios

Por meio de nota, os Correios informaram que estão colaborando "plenamente" com as autoridades e que a empresa permanecerá contribuindo com as investigações para a apuração dos fatos. "Os Correios reafirmam o seu compromisso com a ética, a integridade e a transparência", diz o comunicado.


Fonte: Agência Brasil
Comentar
Desfile de 7 de setembro · 06/09/2019 - 08h44

Silvio Santos aceita convite de Bolsonaro para 7 de setembro


Compartilhar Tweet 1



Jair Bolsonaro terá uma companhia muito especial durante o desfile de 7 de setembro em Brasília neste sábado. Será o apresentador Silvio Santos, que recebeu um convite feito pelo presidente e resolveu aceitar. As informações são do Pleno News. 

Será a primeira vez de Silvio assistindo ao desfile de 7 de setembro na Esplanada dos Ministérios.

De acordo com o presidente, também estarão presentes o líder da Igreja Universal do Reino de Deus (IURD), bispo Edir Macedo, e o empresário Luciano Hang, dono da Havan.

A informação foi dada por Bolsonaro durante sua transmissão ao vivo pelo Facebook nesta quinta-feira (5).

– O Edir Macedo estará lá. Quem quiser ver o Silvio Santos, ele estará lá. O Luciano Hang, da Havan, também. Muitas críticas no Facebook, mas ele (Hang) fez muito pelos pobres. O que ele fez? deu emprego – afirmou.

Comentar
Expedida pela SEID · 05/09/2019 - 09h25 | Última atualização em 05/09/2019 - 10h45

Themístocles promulga lei que institui carteira de identificação do autista no Piauí


Compartilhar Tweet 1



O presidente da Assembleia Legislativa do Piauí, Themístocles Filho, promulgou nessa terça-feira (03/09) a Lei estadual nº 7.246/2019 que institui a Carteira de Identificação do Autista (CIA) no âmbito do Estado do Piauí. A CIA confere identificação à pessoa diagnosticada com Transtorno do Espectro Autista (TEA).

A carteira será expedida pela Secretaria de Estado para Inclusão da Pessoa com Deficiência (SEID) e terá validade de 5 anos, além de sua emissão ser totalmente gratuita.

Para a expedição da carteira, deverá ser feito requerimento devidamente preenchido e assinado pelo representante legal, acompanhado de relatório médico, confirmando o diagnóstico da CID 10 F84, de seus documentos pessoais, bem como dos pais ou responsáveis legais ( Certidão de Nascimento ou Carteira de Identidade e CPF) e comprovante de endereço, em originais ou fotocópias.

Após verificada a regularidade da documentação, a SEID determinará a expedição da carteira em até 30 dias.

A lei é de autoria do deputado estadual Fernando Monteiro (PRTB).

Comentar
Nova vaga para profissional · 05/09/2019 - 08h46

IFPI reabre inscrições para seleção de tradutores de Libras


Compartilhar Tweet 1



O Instituto Federal do Piauí (IFPI) reabriu as inscrições do processo seletivo para contratação de Profissionais Técnicos Especializados em Tradução e Interpretação de Língua Brasileira de Sinais (Libras). Foi também acrescida uma vaga destinada a pessoas autodeclaradas negras ou pardas. As inscrições podem ser realizadas de 06 a 09 de setembro.

A locação da referida vaga será definida através de sorteio a ser realizado às 9 horas desta quinta-feira (05/09), na Sala 01, do Campus Teresina Zona Sul, localizado à Av. Pedro Freitas, 1020, bairro São Pedro, em Teresina (PI).

Candidatos inscritos anteriormente que desejem constar a referida autodeclaração, mas, por razões técnicas da plataforma, não conseguiram acessar essa opção também poderão fazê-lo requerendo Alteração de Inscrição, a ser encaminhada no período de 6 a 9 de setembro para o e-mail cope.catzsul@ifpi.edu.br.
 


Fonte: IFPI
Comentar

Compartilhar Tweet 1



Acabou o mistério do casal Luiz e Cláudia! Nesta quarta-feira (04/09), os picoenses ficaram sabendo do motivo das faixas espalhadas em vários pontos da cidade com o pedido de perdão. Tudo não passou de uma estratégia de marketing da empresa Virtex Telecom, da cidade Picos. Com informações do Riachão Net.

A ação teve o objetivo de despertar a atenção das pessoas para os novos planos de ultravelocidade que a Virtex vai lançar.

Faixas com uma mensagem da suposta Cláudia foram colocadas ao lado das faixas do suposto Luiz com o seguinte dizeres: “Luiz, deixa de ser dramático. Minha internet estava horrível. Agora mudei para a Virtex e tudo melhorou. Te amo, bobinho. Cláudia”,

Repercusão

A imagem com as faixas teve ampla repercussão em Picos e região. Até mesmo na capital Teresina se falava do assunto. O caso viralizou nas redes sociais e em 24 horas atingiu números expressivos de visualizações, curtidas e compartilhamentos.

O fato chamou a atenção até de outras empresas picoenses que achavam que se travava realmente de um casal de namorados.

A campanha foi desenvolvida pela Studio Som Publicidade, que é uma agência de propaganda de Picos responsável por todo o marketing da Virtex em todo o estado do Piauí.

Comentar
Acumulada oito vezes seguidas · 04/09/2019 - 10h05 | Última atualização em 04/09/2019 - 10h43

Mega-Sena sorteia nesta quarta-feira prêmio de R$ 72 milhões


Compartilhar Tweet 1



Acumulada pela oitava vez consecutiva, a Mega-Sena sorteia nesta quarta-feira (04/09) o prêmio de R$ 72 milhões. As seis dezenas do concurso 2.185 serão sorteadas a partir das 20h (horário de Brasília), no Espaço Loterias Caixa, localizado no Terminal Rodoviário do Tietê, na cidade de São Paulo. O sorteio é aberto ao público.

As apostas podem ser feitas até as 19h (horário de Brasília), em qualquer casa lotérica credenciada pela Caixa em todo o país. A aposta simples, com seis dezenas marcadas, custa R$ 3,50.

Lotofácil

A Lotofácil da Independência sorteia nesta sexta-feira (06/09), às 20h (horário de Brasília) prêmio estimado em R$ 95 milhões. O sorteio será realizado no Espaço Loterias Caixa, localizado no Terminal Rodoviário do Tietê, em São Paulo.

De acordo com a Caixa, o valor do prêmio, caso aplicado na poupança, renderia aproximadamente R$ 352 mil por mês.As apostas podem ser feitas até as 19h (horário de Brasília) do dia do sorteio em qualquer casa lotérica credenciada pela Caixa em todo o país.

Para apostar basta marcar de 15 a 18 números dentre os 25 disponíveis na cartela. Também é possível deixar que o sistema escolha os números (Surpresinha). O preço da aposta simples, com 15 números, é R$ 2. O prêmio da Lotofácil da Independêncial não acumula. Ganha quem acertar a maior quantidade de números sorteados.


Fonte: Agência Brasil
Comentar
Caso tem dado o que falar · 04/09/2019 - 07h44 | Última atualização em 04/09/2019 - 08h15

Faixas com pedido de perdão chamam atenção em Picos; 'me perdoa, fala comigo'


Compartilhar Tweet 1



Faixas espalhadas em vários pontos da cidade de Picos têm chamado a atenção das pessoas que passam pelos locais nesta terça-feira (03/09). Um homem, aparentemente arrependido, pede perdão para a sua amada.

A reportagem do RiachaoNet fez o registro de três faixas que foram fixadas na Avenida Severo Eulálio; na BR 316, nas proximidades da passarela e na Avenida Beira Rio.

O homem arrependido, identificado apenas como Luiz, escreveu o seguinte: “Cláudia, fala comigo! Você não responde meus whats, mando direct no Instagran, marco você no Facebook e você não me responde. O que foi que eu fiz? Me perdoa, fala comigo! Luiz”.

A imagem da faixa está repercutindo nas redes sociais e já foi vista em vários grupos de WhatsApp.

Todos que viram a faixa estão curiosos para saber o que o Luiz fez com a Cláudia e com o questionamento: Será que a Cláudia vai perdoar o Luiz?

Comentar

Compartilhar Tweet 1



A Assembleia Legislativa do Piauí realizou nesta terça-feira (03/08) sessão solene para instalação da Ouvidoria Geral do Poder Legislativo. 

“É uma responsabilidade muito grande. A gente quer ouvir e atender os pedidos da população, fazer o feedback e estreitar a ligação entre a população e a Assembleia. É um desafio”, afirma o deputado Gessivaldo Isaías, que irá comandar a ouvidoria.

    Foto: Thiago Amaral/AsCom Alepi

Um das propostas, diz o deputado, é levar a ouvidoria para os bairros e para o interior do estado.

As denúncias, reclamações e solicitações poderão se repassadas pelo site ou por telefone. Cada demanda será repassada ao gabinete responsável para que possa ser respondida ou resolvida.

"Vamos ouvir os servidores sobre suas inquietações, seus pedidos e encaminhá-los para o presidente", explica o ouvidor.

Para Gessivaldo, a ouvidoria vai permitir que a Casa seja mais transparente. 

    Foto: Thiago Amaral/AsCom Alepi

“No mundo em que vivemos, não podemos deixar de ser transparentes”, comenta.

Comentar