Uso Indevido · 20/01/2020 - 18h56 | Última atualização em 20/01/2020 - 19h02

Tribunal apura desvio de R$ 818 mil do FUNDEF em Campo Maior para pagar consignados


Compartilhar Tweet 1



_Conselheira do TCE Waltânia Alvarenga
_Conselheira do TCE Waltânia Alvarenga (Foto: TCE-PI)

A conselheira do Tribunal de Contas do Estado (TCE) Waltânia Alvarenga determinou que a Divisão de Fiscalização Especializada da Educação analise, “com a urgência que o caso merece”, denúncia sobre o suposto uso indevido de R$ 818.275,43 pela Prefeitura de Campo Maior, oriundos de recursos dos precatórios do FUNDEF. Notificada pelo TCE para se manifestar nos autos a prefeitura silenciou. 

Segundo a peça acusatória, cujo autor pediu sigilo, “o prefeito de Campo Maior abriu uma conta na Caixa Econômica Federal para receber 40% dos precatórios do FUNDEF liberados pelo TCE no valor de R$ 6.888.235,22; no dia 25/09/2018, como demonstra o extrato anexo, o prefeito deu ordem verbal ao gerente da CEF em Campo Maior para transferir R$ 818.275,43 da conta do FUNDEF para a conta do FUNDEB, e, em seguida, o prefeito mandou que se pagasse os empréstimos consignados dos servidores”.

- Clique e leia matéria completa


Comentários