Mais Leve · 28/09/2019 - 15h02 | Última atualização em 28/09/2019 - 17h28

Topique: Líder da organização criminosa alvo da Polícia Federal está sem tornozeleira


Compartilhar Tweet 1



 

Luiz Carlos Magno, empresário dono da Locar Transportes (Foto: Reprodução)
_Luiz Carlos Magno, empresário dono da Locar Transportes (Foto: Reprodução) 

Apontado no âmbito de relatório de Inteligência da Polícia Federal como que sendo um dos líderes da quadrilha que atuava no transporte escolar no Piauí, o empresário Luiz Carlos Magno está sem tornozeleira eletrônica, uma das medidas cautelares impostas pelo juiz da 3ª Vara da Justiça Federal do Piauí após a soltura do hoje réu no âmbito da ação penal oriunda da Operação Topique.

A decisão mandando suspender tal medida cautelar foi dada pelo Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF1), em Brasília. 

Magno é sócio proprietário da Locar Transporte e hoje responde por inúmeros crimes supostamente praticados.

Os denunciados como integrantes da quadrilha respondem pelos crimes de lavagem de dinheiro, organização criminosa, fraude em licitação, superfaturamento de contratos com lesão a recursos da educação, lavagem de bens ativos e pagamento de propina.


Comentários