Caso ainda irá a julgamento · 21/06/2021 - 20h23

Testes rápidos | Em e-mail empresa de PE diz que usaram seu nome para fraudar licitação em Picos


Compartilhar Tweet 1



Um e-mail que consta em processo que tramita no Tribunal de Contas do Estado e apura supostas irregularidades na contratação de testes rápidos pela prefeitura de Picos revelaria o suposto uso indevido de nome de empresa de Pernambuco, que tem filial em São Paulo, para fraudar processo de dispensa de licitação da prefeitura de Picos, através da simulação de preços para contratação direta.

Os testes foram adquiridos da empresa sediada no Piauí de nome Ronaldo A. da Silva (Prodlab Produtos Laboratoriais), inscrita no CNPJ nº 18.988.625/0001-79, pelo valor total, incluindo 1º Termo Aditivo, de R$ 637.500,00, correspondente a 3.750 testes em 150 caixas, diz o documento do TCE.

- Clique e leia matéria completa

Comentários