Agora é sem licitação · 12/02/2018 - 21h59 | Última atualização em 13/02/2018 - 11h45

Rodoanel: pasta da Defesa Civil havia recomendado estado de emergência final de janeiro


Compartilhar Tweet 1



NUM ANO ELEITORAL

No último dia 25 de janeiro, a Secretaria de Defesa Civil do Governo do Estado havia recomendado a Declaração do Estado de Emergência em relação ao Rodoanel, em virtude da paralisação das obras.

O governo também informou que a empresa segunda colocada no certame inicial fora convocada para dar continuidade às obras, mas não houve êxito no chamamento.

Como a primeira empresa teria falido, caberá agora ao governo convocar uma empresa sem o devido processo licitatório, por dispensa de licitação, para dar continuidade as obras em ano eleitoral, tendo o prazo inicial de seis meses para concluir o Rodoanel.

Dia 8 de fevereiro, preparando o terreno para o novo chamamento, o governo fez publicar no Diário Oficial do Estado decreto do Palácio de Karnak declarando o tal estado de emergência.

 

Comentários