Dinheiro Público pelo ralo · 01/12/2019 - 17h38 | Última atualização em 01/12/2019 - 18h19

Receita Federal sabe que prefeitos pagam advogados por causas previdenciárias suspeitas


Compartilhar Tweet 1



CONTO DO VIGÁRIO

Em comunicação com o Ministério Público de Contas do Estado do Piauí e com a própria presidência do Tribunal de Contas do Estado do Piauí (TCE), a Receita Federal informou que vários municípios piauienses deixaram de recolher as contribuições previdenciárias devidas sob o pretexto de compensações inexistentes. Mais: que tem ciência de que advogados estão sendo contratados para tanto.

O ofício informa que foi desencadeada no estado do Piauí “auditoria de crédito visando combater compensações previdenciárias informadas pelos entes municipais na Guia de Recolhimento do  FGTS e Informações à Previdência Social - GFIP, para quitação das contribuições previdenciárias correntes apuradas mensalmente por estes mesmos entes”. 

- Clique e leia matéria completa


Comentários