Contratos Suspeitos · 23/05/2020 - 16h13

Prefeitura teria ‘simulado' carona para contratar alvos da Polícia Federal na Topique


Compartilhar Tweet 1



Ainda sobre o relatório da Controladoria Geral da União (CGU), em face das suspeitas de contratação de empresas do ramo de transporte escolar pela Prefeitura de Esperantina - empresas essas alvos da Polícia Federal no âmbito da Operação Topique -, consta que a gestão de Vilma Amorim, do PT, através da Secretaria Municipal de Educação, chegou a pegar carona na própria ata de registro de preços para continuar com as empresas que haviam ali tumultuado processo licitatório entre os anos de 2016 e 2017 e acabaram por continuar com essa possível manobra em 2018. 

Mas pegar carona na própria ata de registro de preços do próprio órgão? Pode isso? Segundo se infere de relatório da CGU... não. 

- Confira detalhes da matéria


Comentários