Na ação por improbidade · 08/01/2021 - 17h04

Porto de Luís Correia: ex-secretário de Estado responsabiliza o outro por supostas ilegalidades


Compartilhar Tweet 1



_O eterno porto de Luís Correia (Foto: 180graus.com)
_O eterno porto de Luís Correia (Foto: 180graus.com) 

Em sede de defesa, segundo consta de decisão do juízo federal responsável pelo caso envolvendo superfaturamento nas obras do eterno Porto de Luís Correia, o ex-secretário de Estado dos Transportes Alexandre de Castro Nogueira responsabiliza o seu antecessor, Luciano José Linard Paes Landim, por supostas ilegalidades na obra. 

Traz trecho de decisão judicial: “o réu Alexandre de Castro Nogueira apresentou manifestação alegando que exerceu o cargo de secretário de transportes do Piauí por breve período (22/12/2009 a 05/06/2010), não podendo responder por falhas na condução da concorrência nº 01/2008 e na execução do contrato nº 59 de 2008, recaindo tal responsabilidade sobre o secretário de transportes que conduziu o referido certame e assinou o referido contrato”.

- Clique e leia matéria completa


Comentários