Senador relator -

Marcelo Castro: "esse orçamento que está hoje no Congresso Nacional, ele é inexequível”

Foto:Agência SenadoSenador Marcelo Castro
_Senador Marcelo Castro

O relator do orçamento 2023, senador Marcelo Castro (MDB), afirmou que a proposta orçamentária como está desenhada para viger o próximo ano não atende às necessidade do país, daí a importância de sua implementação através da PEC da Transição. 

“A verdade é que esse orçamento que está hoje no Congresso Nacional, ele é inexequível” disse o senador.

Ele também afirmou que só para cumprir a promessa de campanha de Lula para o Bolsa Família são necessários R$ 70 bilhões. Além de que haveria necessidade de repor verbas em outras áreas indispensáveis para o funcionamento do país.  

O parlamentar falou que é preciso recompor saúde, educação, Minha Casa, Minha Vida, Dnit, ciência, cultura, ciência e tecnologia. 

Os senadores Tasso Jereissati (PSDB-CE) e Alessandro Vieira (PSDB-ES) apresentaram proposta alternativas. O primeiro uma PEC de R$ 80 bilhões e o segundo uma PEC de R$ 70 bilhões, valores esses que para Marcelo Castro e a equipe de transição não atendem às demandas necessárias. 

Comentários