Determinação de Bloqueio · 11/01/2019 - 17h34

Justiça não consegue encontrar bens em empresa de filho de ex-diretor do DNIT


Compartilhar Tweet 1



 

Em face da ação que envolve um rol de empresas de medicamentos e o ex-prefeito de Pedro II Alvimar Oliveira Andrade, a Justiça Federal não encontrou bens imóveis da DISTRIMED que somassem a cifra de R$ 100.558,65.

O valor é faz parte de um “pro rata” à razão de 1 para 10, dentre os acusados em ação de improbidade administrativa que trata de atos considerados nada republicanos com o dinheiro público na aquisição de produtos para o município de Pedro II.

Em face de só conseguir bloquear a cifra de 59 mil reais, o juiz federal substituto Tavares Saraiva determinou que a empresa informasse bens que somassem o valor integral para que, assim, permitisse o desbloqueio da cifra em dinheiro.

A DISTRIMED pertence ao empresário Mario Dias Ribeiro Neto, que vem a ser filho do então eterno diretor do DNIT no Piauí, Sebastião Ribeiro.

- Clique e leia matéria completa


Comentários