Operação Bacuri · 14/05/2020 - 17h07

GAECO é contra a retirada da tornozeleira eletrônica de prefeito acusado de prática de corrupção


Compartilhar Tweet 1



POLÊMICA EM TORNO DO ADEREÇO

O Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (GAECO) se manifestou contrário à retirada da tornozeleira eletrônica do prefeito afastado da Prefeitura de Bertolínia, Luciano Fonseca. 

O político havia peticionado junto ao Tribunal de Justiça sobre a necessidade de retirada do adereço tendo em vista que não haveria cobertura de sinal de telefonia móvel compatível com esse sistema operacional de monitoramento no atual endereço em que reside e cumpre as medidas cautelares impostas.

O GAECO afirmou " que caso o monitorado esteja em uma área sem cobertura móvel, a tornozeleira continua coletando os dados de localização". E que "quando o monitorado volta a ter acesso novamente à área com cobertura, envia todas as informações armazenadas, ou seja, revela o histórico dos lugares por onde o monitorado passou”.

- Clique e leia matéria completa


Comentários