Operação Bacuri · 23/01/2020 - 17h34

Exclusivo: tornozeleira eletrônica de prefeito preso pelo GAECO disparou à noite


Compartilhar Tweet 1



Prefeito Luciano Fonseca, alvo da Operação Bacuri
_Prefeito Luciano Fonseca, alvo da Operação Bacuri 

O ADEREÇO ACUSOU 

O equipamento de monitoramento eletrônico do prefeito de Bertolínia Luciano Fonseca, do PT, disparou entre as 22 horas e 23 horas da noite. Preso pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (GAECO) no âmbito da Operação Bacuri, o gestor afastado de suas funções cumpre uma série de medidas cautelares impostas pelo desembargador do Tribunal de Justiça Edvaldo Moura, após o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) Dias Toffoli mandar soltar o acusado. 

Rapidamente, o prefeito já fez ingressar uma petição informando o ocorrido ao magistrado no Piauí. Diz ele que teme perder novamente a liberdade por conta desse suposto “erro no sistema”. 

- Clique e leia matéria completa


Comentários