ALUGUEL DE VEÍCULOS · 25/11/2020 - 17h08

Exclusivo: SAAE de Campo Maior contratou de forma suspeita com grupo alvo da Polícia Federal


Compartilhar Tweet 1



OS TENTÁCULOS DOS INVESTIGADOS

Os técnicos do Tribunal de Contas do Estado (TCE), ao analisarem a prestação de Contas referente ao ano de 2018 do Serviço Autônomo de Água e Esgoto de Campo Maior, detectaram que a autarquia municipal contratou empresas do grupo alvo da Polícia Federal no âmbito da Operação Topique. A gestão em foco é a de Ribinha do PT. O diretor-presidente do ente, à época, era João Francisco Lima Neto. Este último não apresentou qualquer justificativa para a suspeita contratação e é considerado revel no processo em trâmite.

- Veja as ligações entre as empresas alvos da Polícia Federal e da CGU

 


Comentários