DURANTE COBERTURA JORNALÍSTICA · 10/06/2021 - 22h34

Em decisão histórica do STF, Kássio Nunes é o único a culpar jornalista que perdeu visão em protesto


Compartilhar Tweet 1



_Ministro Kássio Nunes Marques (Foto: Divulgação)
_Ministro Kássio Nunes Marques   Foto: Marcos Oliveira/Agência Senado

ISOLADO EM DECISÃO HISTÓRICA EM PROL DO DIREITO/DEVER DE INFORMAR E SER INFORMADO

O Supremo Tribunal Federal (STF) tomou hoje uma decisão histórica. Reconheceu que o Estado dever ser responsabilizado de forma objetiva pelos ferimentos causados a jornalistas que sejam atingidos pela atuação das forças policiais durante manifestações públicas. Foram 10 votos a 1. Sendo Kássio Nunes Marques o único a divergir, no caso concreto analisado, o do fotógrafo Alex Silveira, que veio a perder a visão de um dos olhos durante a cobertura jornalística de uma manifestação de servidores públicos na avenida Paulista, em São Paulo, no ido ano 2000. Kássio Nunes Marques havia considerado que a responsabilidade era exclusiva do jornalista. 

O relator do caso foi o ministro Marco Aurélio. 

- Clique e leia matéria completa

Comentários