OITIVA NA CPI · 02/06/2021 - 17h11

Dono da Transpremium diz à CPI do SETUT que se PMT pagar, o transporte público dará certo


Compartilhar Tweet 1



O EMPRESÁRIO QUE SOCORREU O CONSÓRCIO POTY

O representante legal da empresa maranhense Transpremium, Claudionor Costa, disse à CPI do SETUT que se a Prefeitura de Teresina pagar o subsídio atrasado, prometido quando da licitação, e honrar esse pagamento mês a mês, o sistema de transporte público da capital segue seu curso normal, sem maiores entraves.

“Se teve algum colega que acha que não resolve [o pagamento do atrasado pela Prefeitura de Teresina] teve algum equívoco. No meu entendimento, se houver o pagamento do subsídio atrasado e efetivamente for feito o repasse mensalmente, conforme dita o edital, eu não vejo porque não dê certo”, falou, ao ser indagado pelo presidente da Comissão, vereador Edilberto Borges, o Dudu. 

- Clique e leia matéria completa

Comentários