Julgamento no TCE · 31/08/2019 - 14h27 | Última atualização em 31/08/2019 - 19h09

Diretora do hospital de Piripiri é alvo do TCE e pode vir a ser condenada na Corte


Compartilhar Tweet 1



_Nádia Costa, alvo do TCE
_Nádia Costa, alvo do TCE (Foto: Elesbão News)

A diretora do hospital de Piripiri Chagas Rodrigues, Nádia Maria França Costa, tem um grande desafio pela frente. Ou não. Livrar-se de ter as suas contas julgadas irregulares pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE) esta semana. 

O ano em jogo é o de 2017, quando técnicos do TCE encontraram inúmeras irregularidades na gestão hospitalar daquele município.

O Ministério Público de Contas quer, por isso, que além dela ter as contas declaradas irregulares, que haja a aplicação de multa de 4.500 UFR-PI e encaminhamento do caso ao Ministério Público Estadual.

Nádia já apareceu em lista de fichas sujas da Corte de Contas em 2014.

Problemas no fundo municipal do município de Palmeirais. 

Em julho, Nádia, mesmo com toda essa problemática como gestora, aparecia em lista do governo como diretora do hospital de Piripiri.

No atual processo junto ao TCE, Nádia Costa não apresentou defesa para os achados dos técnicos. 


Comentários