Alagoinha do Piauí -

Clínica Popular diz que prefeito "restringe" credenciamento para serviços de exames e consultas

A Clínica Popular de Picos Ltda ingressou com representação junto ao Tribunal de Contas do Estado (TCE-PI) contra o prefeito de Alagoinha do Piauí, José da Rocha, noticiando supostas irregularidades no credenciamento de pessoas jurídicas especializadas para a prestação de serviços de exames e consultas a fim de atender as demandas da Secretaria Municipal de Saúde do município em questão. 

O valor previsto é da ordem de R$ 2.098.991,88.

Segundo narrou a representante, "o edital restringe a participação no certame somente às organizações sociais sem fins lucrativos, excluindo a possibilidade das empresas privadas competirem, sem qualquer justificativa", destacou trecho de decisão do conselheiro substituto Alisson Araújo, que recebeu a representação.

Houve determinação para citar o gestor municipal de Alagoinha do Piauí.

Instagram

Comentários

Trabalhe Conosco