Alvo de Auditoria · 22/08/2019 - 20h41

Clínica de médica passou a receber dinheiro do SUS sem “qualquer experiência”, diz outra entidade


Compartilhar Tweet 1



 

NOS AUTOS DO TCU, OUTRA CLÍNICA ENTREGA O JOGO

No acórdão do Tribunal de Contas da União (TCU) em face de auditoria realizada pelo Departamento Nacional de Auditoria do SUS (DENASUS) em duas clínicas na região de Picos, habilitadas como CER IV, tornado-as aptas a receber uma cifra superior a R$ 4 milhões anuais, uma delas, em sede de oitiva, a Centro de Reabilitação Santa Ana (CRSA), afirmou que a Associação Isac Batista (APAAS) não tinha experiência para receber dinheiro do SUS e atender a demanda na região de Picos. A APAAS seria justamente de uma médica ligada ao governo.

“A entidade [CRSA] encaminhou resposta à oitiva argumentando que seu histórico de vinte e oito anos na prestação de serviços em reabilitação no estado do Piauí a diferenciava da APAAS [a clínica da médica Patrícia], a qual teria sido criada e habilitada sem qualquer experiência na atividade”, cita no documento.

Clique e leia matéria completa

 


Comentários