Representação · 21/05/2022 - 15h26

Banco Bradesco sustenta que sofreu calote de R$ 1 milhão da Prefeitura de Campo Maior


Compartilhar Tweet 1



O conselheiro substituto Alisson Araújo, do Tribunal de Contas do Estado (TCE-PI), recebeu representação do Banco Bradesco para determinar a apuração de eventual descumprimento do Contrato Administrativo nº 01.1409/2020, firmado entre o município de Campo Maior e o Banco Bradesco S.A., “sem prejuízo da investigação de outras irregularidades constatadas no curso dos trabalhos”.

Segundo a denúncia da instituição financeira, há irregularidades no Contrato n.º 01.1409/2020, oriundo do procedimento licitatório Pregão Presencial n.º 002/2020, ocorrido em 11.09.2020 - gestão do ex-prefeito Ribinha do PT, cujo objeto é “a prestação de serviços de processamento da folha de pagamento dos servidores ativos, inativos, efetivos, contratados e comissionados do Município de Campo Maior e concessão de crédito consignado em folha de pagamento”.

- Clique e leia matéria completa

Comentários