Operação Perpetuatio · 01/10/2020 - 16h39

Acusado diz ao GAECO que criou empresa somente para fornecer transporte escolar para Itaueira


Compartilhar Tweet 1



"CONTRATOS DIRECIONADOS"

Um dos investigados no âmbito da Operação Perpetuatio, deflagrada pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (GAECO), Jeremias Pereira Silva, teria afirmado aos promotores de Justiça do Ministério Público (MPE) que uma empresa em seu nome, a Jeremias Pereira da Silva – ME, foi criada somente para prestar serviço de transporte escolar para a prefeitura de Itaueira após a eleição do prefeito afastado Quirino Avelino do ano de 2012.

As investigações do GAECO comprovariam, no entanto, que a empresa era de "fachada", não possuía funcionários, muito menos veículos em seu nome. 

- Clique e leia matéria completa


Comentários