Prejuízo de R$ 500 milhões · 06/06/2019 - 16h27

Apesar das demissões e cortes de salários, Globo nega crise


Compartilhar Tweet 1



A Rede Globo decidiu se pronunciar sobre as recentes notícias envolvendo demissões e cortes de salários. A última delas fala da redução dos ganhos de Tadeu Schmidt e Poliana Abritta, do Fantástico, que hoje ganham em torno de R$ 200 mil. De acordo com a revista Contigo!, a Globo classificou as matérias como “mentira”. Com informações do Metrópoles. 

Ainda de acordo com veículos como NaTelinha, do portal UOL, a emissora estabeleceu um teto de R$ 50 mil para os apresentadores e âncoras da nova geração. O blog também afirmou que o próprio diretor de jornalismo da Globo, Ali Kamel, está encarregado de negociar pessoalmente a redução de salários.

Já o Notícias da TV, também do UOL, disse que as negociações estão sendo feitas porque no último ano a Globo teve prejuízo de cerca de R$ 500 milhões. A justificativa seria o aumento na concorrência, como os streamings, e a nova demanda do mercado publicitário.


Comentários