Rússia mais homofóbica · 01/07/2013 - 13h55

Homofobia: presidente da Rússia assina lei que proíbe "propaganda" da homossexualidade

Homofobia: presidente da Rússia assina lei que proíbe "propaganda" da homossexualidade


Compartilhar Tweet 1



No ultimo domingo (30), o presidente da Rússia, Vladimir Putin, promulgou a lei que proíbe e castiga com multas qualquer tipo de "propaganda" que possa "incentivar" a homossexualidade entre menores de idade.

A medida, que havia sido aprovada recentemente pelo Parlamento do país, estipula multas de US$ 125 até US$ 31 mil. Caso o indivíduo sancionado seja um estrangeiro, a pessoa deverá ser deportada imediatamente ou será presa por 15 dias e depois expulsa do país.

Além desta lei, considerada por ativistas um abuso dos direitos de liberdade de expressão, o presidente russo pretende aprovar ainda outra lei para proibir a adoção de crianças russas por parte de casais do mesmo sexo estrangeiros.

A situação dos homossexuais na Rússia nunca esteve tão crítica. De acordo com uma pesquisa divulgada recentemente pelo Centro Russo de Análise da Opinião Pública, 88% dos russos é a favor da proibição da propaganda homossexual, enquanto 42% defende inclusive pena de prisão aos gays.


Fonte: A Capa