Ser taxista hoje? Veja dicas · 02/02/2021 - 17h20

Marketing para taxistas: dicas essenciais


Compartilhar Tweet 1



Hoje em dia, não dá para ignorar o marketing para taxistas, embora muitos motoristas ainda negligenciem essa parte do seu trabalho, especialmente aqueles que trabalham como autônomos. A publicidade e a comunicação são partes essenciais de como ser taxista nos dias de hoje, especialmente com a concorrência acirrada dos aplicativos de transporte e caronas.

Com a presença massiva do Uber e de outros apps do tipo no mercado nacional, ficou ainda mais difícil para os taxistas se destacarem. A importância de um bom marketing, portanto, subiu bastante, especialmente entre o público que não tem tanta facilidade com smartphones e prefere um tradicionalismo maior de ter um taxista de confiança por perto.

Portanto, se você quer ter mais sucesso na área, veja a seguir algumas dicas de ouro de marketing para taxistas!

5 dicas de marketing para taxistas

 

1. Crie um perfil nas redes sociais

Um taxista autônomo precisa ter um perfil nas redes sociais nos dias de hoje. Isso é necessário para poder fazer seu marketing e conquistar mais clientes da maneira mais eficiente (ou seja, com baixo custo) possível.

Para começo de conversa, só o Facebook tem 120 milhões de usuários ativos no Brasil, além daqueles que estão no Instagram. Isso mostra que há um grande público para o seu trabalho lá e é possível conseguir esses resultados significativos.

Existem duas grandes vantagens para trabalhar com as redes sociais. A primeira é justamente esse grande público. É seguro afirmar que pelo menos 50% das pessoas da sua cidade podem ser facilmente alcançadas por você nessas plataformas.

A outra vantagem é a possibilidade de trabalhar de várias formas nas redes sociais. Você pode investir em anúncios para serem exibidos ao público da sua cidade, desde conteúdos simples (como um banner na lateral do Facebook) até vídeos completos para serem exibidos nos Stories do Instagram.

Além disso, também pode (e deve) criar uma estratégia de conteúdo orgânico, mostrando um pouco do dia a dia e interagindo com as pessoas, o que também traz clientes para você.

2. Tenha presença no Google

O que você faria hoje se precisasse de um táxi? Talvez você já tenha um aplicativo instalado no celular, mas se não tivesse, jogaria no Google “táxi” e ligaria para o primeiro resultado. Se o seu número de celular estiver neste primeiro lugar na sua cidade, você receberá esses clientes para atender.

Por isso, é importante ter uma presença forte no Google, com uma página no Google Meu Negócio e até mesmo o investimento em anúncios de links patrocinados dentro da plataforma.

Isso vai ajudar a captar parte do público em necessidade de uma corrida no momento, o que garantirá um maior fluxo de renda para a sua atividade como taxista.

3. Deixe cartões de visita no seu táxi

Marketing é uma palavra bonita para posicionamento de mercado. Isso significa que é um conjunto de ações visando encontrar mais clientes para o seu serviço, produto ou negócio no geral.

Portanto, qualquer ação que tenha esse objetivo entra como uma ação de marketing. Isso inclui também a boa e velha prática de cartões de visita, daqueles que você passa para o passageiro e ele pode usar para ligar para você no futuro.

Existem várias maneiras de fazer isso, dependendo do seu estilo e público. Se você trabalhar com um público mais jovem e moderno, o cartão físico não vai adiantar tanto. Talvez seja melhor pedir para fazer um encosto de pano que tenha o seu número e fique à mostra para o passageiro no banco de trás. Adicione também um convite para que ele registre o número na sua agenda e ligue quando precisar.

Já um público mais tradicional, pode se dar bem com o cartãozinho. É claro que imprimir os cartões sai um pouco mais caro, mas o retorno costuma ser bastante significativo.

4. Invista em um bom atendimento

Como mencionado, todas as ações que tenham como objetivo novas vendas e contatos é marketing. Isso inclui aquele bom e velho atendimento de qualidade, que fideliza o cliente.

É só você lembrar de quando o Uber chegou ao Brasil, como as pessoas falavam o tempo todo das “balinhas” que os motoristas ofereciam. Na prática, isso tem pouco valor, mas conquistava o cliente. Todo mundo queria um Uber por causa das balinhas.

Portanto invista você também em um bom atendimento. Faça da viagem o mais confortável possível para o passageiro e logo notará que você receberá mais indicações.

5. Faça parcerias

Por fim, faça parcerias com empresas que possam lidar com turistas na sua cidade. Por exemplo, hotéis, restaurantes, pousadas e hospitais. Ofereça um desconto para os clientes desses estabelecimentos para que eles usem seus serviços. Isso trará mais clientes.

Agora que você já viu essas dicas de marketing para taxistas, é hora de colocar essas ações em prática para poder aumentar o seu fluxo de clientes e garantir mais sucesso para você. Lembre-se de que, no entanto, o marketing não tem efeito instantâneo, especialmente um que não seja em anúncios digitais. Por isso, será necessário esperar um pouco para começar a coletar os ganhos.

E aí, gostou do conteúdo? Então comente abaixo com a sua opinião sobre o assunto!

 

Comentários