marketing para área da saúde · 26/10/2020 - 09h20

Marketing na medicina: saiba como aplicar


Compartilhar Tweet 1



Se você tem uma clínica, hospital privado ou algum tipo de laboratório, precisa aprender como trabalhar com o Marketing na Medicina. Afinal, existem regras específicas que ajudam a delimitar o campo publicitário nessa área. Portanto, é essencial saber como trabalhar a sua estratégia publicitária para conseguir mais clientes e não sofrer sanções.

Atualmente, o marketing na Medicina é uma poderosa ferramenta para médicos e empreendedores na área de saúde que precisam de novos clientes. Quem souber como usar essa ferramenta poderá empreender, abrir a própria clínica e conseguir faturar sem precisar trabalhar para nenhum hospital ou com nenhum chefe.

Quer saber como usar o marketing na medicina a seu favor? Então siga a leitura do artigo abaixo!

Saiba o que pode e não pode ser feito no Marketing na Medicina

O primeiro ponto para poder fazer um bom marketing na Medicina é entender o que pode ou não pode ser feito. Afinal, há limitações éticas que o Conselho Federal de Medicina proíbe para poder gerar uma boa comunicação no segmento.

Por exemplo, sua clínica acabou de comprar aquele novo equipamento de radiologia da ICRX e você quer mostrá-lo nas redes sociais? Isso não é permitido. Fotos de antes e depois dos pacientes? Também não.

Evitar cometer os erros de usar elementos proibidos pelo CFM é essencial para não sofrer com punições que podem ir desde uma multa até o fechamento da sua clínica.

Invista no Marketing de Conteúdo para atrair clientes

O Marketing de Conteúdo é, possivelmente, a estratégia de marketing na medicina mais poderosa. Afinal, ele é capaz de angariar pacientes, criar autoridade e encher a agenda de uma clínica.

O Marketing de Conteúdo consiste na criação de conteúdo atrativo (artigos, infográficos, vídeos) de modo a atrair os usuários que fazem pesquisas sobre o tema nos motores de busca. Só o Google, por exemplo, tem 100 bilhões de pesquisas mensais no mundo todo.

O que faz com que essa estratégia seja tão positiva na medicina é o fato de que os clientes pesquisam regularmente sobre sintomas, tratamentos, remédios e outras informações. Poder informar o público é uma ótima maneira de gerar autoridade e fazer com que as pessoas confiem na sua clínica para marcar um exame ou consulta.

Assim, a clínica pode criar conteúdos de qualidade para tirar dúvidas das pessoas, torná-las em leads, explicar os procedimentos e criar a autoridade necessária para que o consumidor lembre-se da sua marca quando precisar de atendimento médico. Essa estratégia é especialmente positiva para quem realiza procedimentos estéticos e não-urgentes.

Use e-mail marketing dentro das regras para sua clínica

O e-mail marketing, desde que usado dentro das regras do CFM, é uma ferramenta poderosa para um negócio médico. Isso porque ele pode ser usado tanto para confirmar agendamentos, enviar instruções e resultados de exames.

No entanto, também é uma ferramenta ótima para entrar em contato direto com os clientes, elucidar dúvidas e também oferecer um caminho mais fácil para marcar uma consulta, especialmente quando se usa um chatbot.

Tenha presença nas redes sociais da maneira certa

Por fim, as redes sociais também são ferramentas poderosas para empresas médicas. No entanto, é essencial seguir as regras do CFM por lá, para evitar punições.

Se souber como usá-las, será possível gerar engajamento com os consumidores e tornar a sua empresa ainda mais relevante perante o público, o que se traduz em uma agenda cada vez mais cheia.

Agora você já sabe como fazer o marketing na medicina do jeito correto e não cometerá mais erros nessa área. Dessa forma, conseguirá atrair clientes para a sua clínica, terá a agenda sempre lotada e poderá trabalhar no seu próprio ritmo. Além disso, aquele sonho de ter um consultório ou clínica próprios está mais próximo de ser realizado.

Gostou do assunto? Então comente abaixo com a sua opinião sobre ele!


Comentários