Dica para o setor imobiliiario · 28/12/2020 - 08h36

Marketing imobiliário: dicas para ter sucesso usando a internet


Compartilhar Tweet 1



Se você tem uma imobiliária, é hora de começar a aprender como usar o marketing imobiliário para ter sucesso na Internet e conseguir vender ou alugar mais imóveis. Isso é especialmente verdadeiro agora e para o ano de 2021, com o cenário atual da economia e as condições que favorecem a aquisição de imóveis ou mudança de casa, independentemente da região do país.

Atualmente, com a taxa Selic a 2% ao ano, não só o financiamento imobiliário fica mais acessível como também faz com que os investidores pensem em mais opções para aplicar o seu dinheiro. Por mais que a Bolsa de Valores tenha se recuperado da queda de março, ela ainda não oferece tranquilidade para quem quer aplicar seu dinheiro com segurança. Como a Renda Fixa está em baixa e, em alguns casos, perdendo até mesmo da inflação, então é necessário oferecer uma opção aos investidores, e o mercado imobiliário pode ser essa opção.

Para isso, no entanto, é preciso saber como usar o marketing imobiliário para ter sucesso na Internet. Quer aprender? Então veja algumas dicas abaixo!

5 dicas de como usar o marketing imobiliário na Internet

 

 

1. Segmente os seus anúncios por público

Se você vai trabalhar com marketing imobiliário na Internet, então vai trabalhar com anúncios online. Nesse contexto, é importante que você saiba a importância da segmentação dos anúncios com base no seu público, para poupar recursos e garantir maiores chances de venda.

Isso acontece porque os imóveis são bem caros. Não é todo mundo que tem condições de adquirir uma casa ou apartamento. Portanto, é importante otimizar ao máximo os seus anúncios para não gastar dinheiro anunciando para quem não tem interesse em comprar.

Por exemplo, o público-alvo de imóveis de luxo em Florianópolis é bem diferente do público-alvo de casas para alugar na Zona Oeste de São Paulo. Portanto, não é recomendado misturar os públicos no anúncio.

Essa dica é importante pois muita gente acredita que quanto maior o público-alvo do anúncio, melhor será. Na verdade, é importante que o público seja otimizado e customizado, mesmo que isso reduza a audiência total de 1 milhão de pessoas para mil apenas.

 

2. Use cookies para montar estratégia de retargeting

Se você tem uma imobiliária, provavelmente tem um site. Se for isso, então você tem seus imóveis listados nele. Isso significa que, eventualmente, centenas ou até milhares de pessoas entram no seu site para ver alguns imóveis que estejam listados e depois vão embora. Esse público é muito bom para ser desperdiçado pela sua imobiliária.

Por isso, instale cookies no seu site para captar dados (seguindo as diretrizes da LGPD) e montar campanhas de retargeting para quem entrou no seu site e depois saiu.

Você pode até montar um caminho interessante para isso, de acordo com a reação do público. Por exemplo, imagine que alguém entrou para ver um imóvel para comprar em um bairro nobre da cidade.

Você captura a informação daquela visita usando o Pixel do Facebook, e depois faz um retargeting dizendo algo como “Olha, venha conhecer presencialmente esse imóvel que você viu no nosso site”. Quem clicar nessa proposta, sai da lista. O próximo passo pode ser um anúncio como “Percebemos que você ainda tem dúvidas sobre este imóvel. Veja este vídeo explicativo”. De acordo com a reação da pessoa, você pode ir adaptando o conteúdo até converter o máximo possível.

 

3. Invista em Marketing de Conteúdo

O Marketing de Conteúdo é muito poderoso para o mercado imobiliário, pois atua como um qualificador do público. Quanto mais artigos a pessoa ler online, mais preparada para comprar um imóvel ela estará. E mais, ela valorizará as suas características positivas. Portanto, se você quer ressaltar um produto positivo, use o Marketing de Conteúdo.

 

4. Trabalhe com influenciadores de maneira inteligente

É importante trabalhar com influenciadores, mas faça isso de maneira inteligente. Por exemplo, convide influenciadores para conhecer seus apartamentos ou casas exóticas. Hoje em dia, vídeos como “Fui conhecer este apartamento de R$1 milhão” ou “Como é uma casa com aluguel de R$50.000,00 em São Paulo?”, são grandes chamarizes de audiência e podem promover a sua marca de forma online.

 

5. Tenha uma estratégia focada em engajamento nas redes sociais

Por fim, é essencial usar as redes sociais na sua estratégia de marketing imobiliário. No entanto, é importante usá-las da maneira certa, com estratégia e objetivo. Não basta somente postar fotos dos imóveis, é importante gerar engajamento.

Por isso, treine seus representantes comerciais para que eles façam posts divertidos, mostrando imóveis e engajando com o público. Isso dará uma boa base de consumidores para mostrar anúncios depois.

Pronto! Agora que você conhece essas 5 dicas de como usar o marketing imobiliário na Internet, já consegue montar uma estrutura básica para começar a ter mais sucesso online. Lembre-se de que essa é a estrutura básica para isso. Aos poucos, você vai vendo o que funciona ou não funciona para o seu negócio e pode adaptar a estratégia, sempre corrigindo e melhorando.

E aí, gostou das nossas dicas? Então conte pra a gente o que você já fez dessas ações!

 


Comentários