Escreva com sucesso · 17/03/2021 - 14h06

Como otimizar o conteúdo do seu blog em 2021?


Compartilhar Tweet 1



Para algumas pessoas, falar em otimização de conteúdo para blog soa um pouco chato ou cansativo porque é necessário seguir diversas regrinhas para que o blog seja, de fato, encontrado nos mecanismos de busca. Esse tipo de pensamento, contudo, não deve ser reforçado especialmente se você quer e precisa mostrar o seu blog para o mundo.

Afinal de contas, não basta criar uma fantástica estratégia de divulgação de material se o conteúdo que você produz não consegue atrair e muito menos prender o seu público. Estamos falando de marketing de conteúdo e, nele, conteúdo ainda é rei e precisa sim ser otimizado para garantir mais acessos e, quem sabe, futuros clientes.

 

Otimizando o conteúdo do blog

Agora que você já sabe a importância de ter um conteúdo otimizado, podemos passar adiante e listar algumas técnicas básicas, porém efetivas, para fazer isso dar certo. Vejamos.

 

Definir o assunto a ser abordado

Sempre foque em temas que façam parte do seu nicho de atuação. É importante ter um calendário editorial para que as postagens se relacionem e estimulem a proximidade e o acompanhamento do leitor. Esse cuidado também facilita a escolha das palavras-chaves, como veremos a seguir.

 

Escolher as palavras-chaves

Definido o assunto, escolha as palavras-chaves do seu texto. São essas palavras que farão com que o seu blog seja encontrado em uma pesquisa no motor de busca. Use as ferramentas disponíveis para identificar aquelas palavras que são mais buscadas na internet. Em cima desse resultado é que você vai moldar o seu texto.

Aqui, vale um adendo importante. As palavras-chaves devem ter uma densidade, ou seja, devem ser repetidas algumas vezes, porém, sem exageros. Não adianta usar a mesma palavra infinitas vezes, muitas vezes sem lógica alguma, apenas para chamar a atenção do Google.

Não é assim que funciona e isso só vai fazer com que você seja punido. O ideal é usar as palavras-chaves de forma estratégica em partes do texto como título, introdução, um subtítulo, conclusão e descrição de imagem, por exemplo.

E, claro, essas palavras devem estar no texto de forma natural, sem forçar a repetição para não cansar o leitor e nem prejudicar a qualidade do conteúdo.

 

Usar links internos e externos

Os links internos são usados quando você direciona o leitor para outra página do seu blog, quando você faz referência a um assunto que já foi tratado e que seria interessante para o seu leitor. É uma estratégia legal porque faz com que o usuário fique mais tempo na sua página, o que é muito bem visto pelo Google.

Os links externos direcionam o seu leitor para outros sites e blogs. Também são muito eficazes porque mostram ao Google o quanto você está realmente disposto a ajudar o seu público a resolver um problema que o aflige, oferecendo outras opções na internet.

Mas, claro que é preciso escolher bem os parceiros para quem você vai linkar no seu blog. Devem ser páginas com bons conteúdos e que também tenham uma preocupação com a experiência do usuário. Não faça linkagens aleatórias e nem excesso. 3 links são suficientes.

 

Facilite a leitura do texto

Escrever o seu artigo de uma maneira fácil e organizada também é uma forma de otimização de SEO e, melhor, de capturar a atenção e a satisfação do seu público leitor. Textos longos são cansativos, mas quando bem organizados, se tornam bem mais acessíveis. Assim, algumas regrinhas são:

Divida o texto em blocos. Crie parágrafos de, no máximo, quatro linhas. Mais do que isso deixa qualquer pessoa desestimulada a continuar a leitura; Use títulos e subtítulos, dividindo o seu texto em partes e orientando o leitor; Use bullet points, aqueles pontinhos que indicam listas como esta que estamos fazendo aqui; Utilize negrito ou itálico para destacar partes importantes do texto.

 

Inclua imagens no seu texto

As imagens oferecem duas vantagens ao blog. A primeira delas é deixar o texto mais agradável à leitura. A segunda é a oportunidade de inserir na descrição da imagem a palavra-chave que você precisa usar no seu artigo, aumentando as chances de aparecer no resultado da busca.

 

Crie textos do tamanho certo

Qual o melhor? Artigos de 500, 1000 ou 2000 palavras? O melhor é aquele artigo completo que tire o máximo de dúvidas do seu leitor. Circula sempre uma informação dizendo que artigos longos são mais valorizados pelo Google porque sugerem que são mais completos.

Entretanto, não adianta criar um artigo longo apenas para bater uma meta de caracteres e, no final das contas, não dizer nada concreto para o leitor. Então, pense em uma média de palavras para o seu conteúdo, mas sempre foque em conteúdo completo e valioso.

 

Escreva para o público e não para o Google

A última dica é muito importante e pode transformar completamente a sua forma de escrever no blog. Não escreva tentando agradar o Google, mas sim o seu público. Siga todas as regras listadas aqui, mas não deixe que isso seja um obstáculo e impeça você de criar bons conteúdos.

Escreva com fluidez, pensando em atender a uma demanda do seu leitor, facilitando o acesso dele a essas informações, trazendo dados reais e válidos, enfim, contribuindo para uma ótima experiência dele dentro da sua página. Ele vai gostar, vai permanecer, indicar e o Google vai te recompensar.

 

 

Comentários