Vereadora cobrou colegas · 17/10/2019 - 16h02 | Última atualização em 17/10/2019 - 17h54

Polêmica dos faltosos: Joaquim do Arroz culpa falta de articulação do Executivo


Compartilhar Tweet 1



O vereador Joaquim do Arroz também reagiu às declarações da líder do prefeito Firmino Filho na Câmara, a vereadora Graça Amorim, que reclamou dos faltosos e cobrou desconto no salário daqueles que não justificam ausência nas sessões. 

O parlamentar foi um dos que faltou nesta semana. Segundo ele, na terça (15), por conta de uma audiência com Paulo Lopes, da SDU Sul, e na quarta (16), devido agenda com o Carlos Daniel, da SDU Norte. 

E culpou a falta de sintonia do Executivo com o Legislativo, pelas recorrentes ausências em Plenário.

“Talvez essa falta  de comunicação, de sintonia, do Executivo com essa Casa, possa gerar esse tipo de situação (...) Falta de articulação não é motivo para levar essa Casa à chacota dentro da imprensa”, argumentou.

Respondendo diretamente à Graça Amorim, que disse não ser babá de vereador para dar conta da presença de cada um para análise de projetos de interesse do município, Joaquim do Arroz diz que houve desrespeito por parte da colega.

“Vereador aqui não é para ser bebê de ninguém, para ter babá cuidando. Vereador tem que fazer é trabalhar, como eu trabalho, de domingo a domingo. É uma falta de respeito com essa Casa, com os vereadores e com meu presidente [Jeová Alencar], que não é nenhum relapso, nem de estar passando a mão na cabeça de ninguém”, disparou.

 


Comentários