Muito partido para pouca vaga · 09/05/2017 - 14h36

Para João Mádison, 'é demais' o PP querer duas vagas na chapa de 2018

Para João Mádison, 'é demais' o PP querer duas vagas na chapa de 2018


Compartilhar Tweet 1



Como se não bastasse a crescente insatisfação em relação aos cargos que ganhou no governo, o PMDB também está incomodado com a postura de membros do PP que defendem a legitimidade do partido em disputar duas vagas na chapa majoritária em 2018.

Além da reeleição do senador Ciro Nogueira, o partido vê também como natural a possibilidade de Margarete Coelho concorrer mais uma vez para vice-governadora.
Só que o PT também vê como natural a possibilidade de disputar duas vagas com Wellington Dias, e Regina Sousa para o Senado.

Em entrevista à TV Cidade Verde, o deputado João Mádison (PMDB) disse que considera natural a candidatura de Regina à reeleição, mas o movimento do PP em querer duas vagas “é demais”.

- Foto: Divulgação/Alepi

“O PMDB chegou na base de apoio ao governador e é lógico, normal, o partido ter uma vaga na chapa. E essa vaga é do Themístocles”, diz, mencionando sobre a possibilidade do presidente da Assembleia Legislativa em disputar como vice de Wellington.

Além de PT, PP e PMDB, os partidos PSD, PDT e PTC, também querem vaga na chapa, os três de olho no Senado.