Eleições Municipais 2020 · 16/10/2020 - 15h21 | Última atualização em 16/10/2020 - 15h37

Palmeira do Piauí: MP Eleitoral pede impugnação da candidatura de João da Cruz (PP)


Compartilhar Tweet 1



O promotor Roberto Monteiro Carvalho, da 59ª Zona Eleitoral do Estado do Piauí, ingressou com ação de impugnação do registro de candidatura do candidato à reeleição em Palmeira do Piauí, prefeito João da Cruz (Progressistas), que encabeça a coligação “O Povo Conhece, O Povo Confia”.

    No destaque, o prefeito João da Cruz, de Palmeira do Piauí

De acordo com o representante do Ministério Público Eleitoral, o prefeito encontra-se inelegível em razão de condenação transitada em julgado por improbidade administrativa, que levou à suspensão dos direitos políticos por prática lesiva ao patrimônio público e enriquecimento ilícito. 

A defesa do candidato, assinada pela advogada Geórgia Nunes, argumenta que o Ministério Público Eleitoral deixou de considerar ação rescisória interposta pelo candidato em razão de “manifestas violações de norma jurídica”, que aguarda julgamento de mérito.

Contudo, o diretório do Partido dos Trabalhadores de Palmeira do Piauí peticionou, na mesma ação eleitoral, pelo indeferimento da candidatura de João da Cruz, juntando decisão proferida em 7 de outubro deste ano pela desembargadora federal Mônica Sifuentes, nos autos da ação rescisória, em que nega pedido liminar para afastar os efeitos da sentença e mantém suspensos os direitos políticos do candidato do Progressistas.

João da Cruz aguarda agora decisão do juízo da 59ª Zona sobre o seu registro de candidatura para disputar a reeleição.


Comentários