Veículos ficaram atolados · 12/10/2020 - 21h31

Na primeira chuva da temporada, trecho da "rodovia da soja" se desfaz e preocupa produtores


Compartilhar Tweet 1



Logo na primeira chuva da pré-estação, ocorrida na madrugada desta segunda-feira (12/10), o trecho da rodovia PI-392, cuja obra de pavimentação foi iniciada recentemente pelo Departamento de Estradas de Rodagem do Piauí (DER-PI), se desfez por completo.

Além de deixar veículos atolados, dentre eles um ônibus, a situação trouxe preocupação aos produtores do cerrado piauiense, que planejam iniciar o plantio ao longo desta semana. 

“Era visto que na primeira chuva ia cortar novamente. Só foi colocada terra nos buracos sem compactação e sem escapes de água”, afirma Abel Pieta, produtor rural na Serra das Laranjeiras e ex-presidente do sindicato dos produtores rurais de Bom Jesus.

Licitada, a obra na PI-392, conhecida como "rodovia da soja", é aguardada há mais de sete anos pelos produtores de grãos.

Segundo o ex-presidente da Aprosoja Piauí, Moyses Barjud, que é produtor da região de Bom Jesus, o que ocorreu no dia de hoje era um mal anunciado. "Tocar uma reforma dessas, sem fazer desvio de água e sem contenções é como um médico que opera e esquece a tesoura dentro. Isso é um remendo, uma gambiarra. Não é asfalto. Por ser mera areia, se não desvia a água, dá no que deu de novo", diz. 

O trecho mais crítico fica no entroncamento entre as cidades de Bom Jesus, Baixa Grande do Ribeiro e Vila Nova Santa Rosa, na área territorial da cidade de Uruçuí. Interligação importante para o escoamento da produção.


Comentários