Cobram esclarecimentos · 20/07/2019 - 09h24 | Última atualização em 20/07/2019 - 12h52

Governadores do Nordeste reagem às declarações de Bolsonaro: "Profunda indignação"


Compartilhar Tweet 1



Os governadores do Nordeste divulgaram na noite desta sexta-feira (19) uma carta, em que manifestam "indignação" com a declaração do presidente Jair Bolsonaro, que se referiu ao grupo como "governadores de paraíba", usando termo pejorativo usado por sulistas contra os nordestinos. 

"Recebemos com espanto e profunda indignação a declaração do presidente da República transmitindo orientação de retaliação aos governadores estaduais, durante encontro com a imprensa internacional", diz a carta.

Os governadores cobraram respeito à Constituição e à democracia e destacaram que sempre buscaram manter produtiva a relação institucional com o Governo Federal.

"Independentemente de normais diferenças políticas, o princípio federativo exige que os governos mantenham diálogo e convergências, a fim de que metas administrativas sejam concretizadas visando sempre melhorar a vida da população", seguem.

Por fim, os governadores cobram esclarecimento por parte da presidência da República, diante das declarações.

Vídeo viraliza
O vídeo da conversa do presidente com o ministro Onix Lorenzoni (Casa Civil) foi gravado pela TV Brasil, quando os dois sentavam à mesa para o café da manhã com a imprensa internacional. 

Bolsonaro ainda indica ao ministro que do grupo de governadores do Nordeste, "o pior é o do Maranhão", Flávio Dino (PCdoB), e deixa claro que pretende se manter afastado das relações com o político. 

 


Comentários