Prefeita foi presa em MG · 12/09/2017 - 09h14

Dinheiro da saúde teria sido usado para pagar morte de jornalista


Compartilhar Tweet 1



A polícia divulgou nesta segunda-feira (11/09) detalhes as investigações sobre a morte do jornalista Maurício Campos Rosa.

Os indícios, segundo publicado na Coluna Poder, de Folha de São Paulo, apontam que a prefeita Roseli Pimentel (PSB), de Santa Luzia (MG), teria usado dinheiro público para pagar o assassino do jornalista.

Ela foi presa preventivamente no fim de semana suspeita de ser a mandante do crime.

  Reprodução/Youtube

Segundo Folha, a polícia informou que ao menos R$ 20 mil teriam sido desviados da saúde, para pagar o executor. 

Maurício Campos Rosa, de 64 anos, era dono do jornal "O Grito", que é distribuído gratuitamente. Ele foi morto em agosto do ano passado, com quatro disparos de arma de fogo. 

A única testemunha do crime entrou em estado de choque e não conseguiu dar detalhes do que viu.

Comentários