Fraude em licitações · 14/03/2019 - 08h26

Coletiva do Gaeco promete novos detalhes sobre a operação Poço Sem Fundo


Compartilhar Tweet 1



O Ministério Público e a Polícia Civil trarão novos detalhes sobre a Operação Poço sem Fundo, deflagrada ontem pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (GAECO), desbaratando um esquema de fraude em licitações e desvio de recursos públicos na cidade de Brejo do Piauí.

A justiça autorizou a prisão de seis pessoas suspeitas de envolvimento no esquema, incluindo a ex-prefeita de Brejo, Márcia Cruz, e do vereador Fabiano Feitosa Lira.

Vão se pronunciar o coordenador do GAECO, promotor Rômulo Cordão, José William Luz, titular da comarca de Canto do Buriti, e ainda o delegado-geral de Polícia Civil, Luccy Keiko.


Comentários