Debate socorro aos estados · 21/05/2020 - 10h12 | Última atualização em 21/05/2020 - 11h08

Bolsonaro se reúne com governadores por videoconferência


Compartilhar Tweet 1



O presidente Jair Bolsonaro se reuniu nesta quinta-feira (21/05), por videoconferência, com os governadores de todo país, para tratar de projetos de interesse dos estados, e da unificação de um plano para enfrentar a crise provocada pela pandemia do novo coronavírus.

Também participaram da reunião o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, o presidente do Senado, Davi Alcolumbre, o ministro da Economia, Paulo Guedes, o chefe da Casa Civil, Braga Netto, dentre outros membros da equipe de Bolsonaro.

Wellington Dias, governador do Piauí, participa da reunião.

Logo na abertura do encontro, presidente pediu apoio dos governadores para garantir o congelamento dos salários de servidores públicos até 31 de dezembro de 2021, como contrapartida de apoio financeiro aos estados e prefeituras, na ordem de R$ 60 bilhões.

"Temos que trabalhar em conjunto a sanção de um projeto, que é a continuidade de outras leis de há pouco aprovadas, de um auxílio, de um socorro aos senhores governadores de aproximadamente 60 bilhões de reais, também extensivo a prefeitos (...) Nesse projeto, que a gente pede o apoio aos senhores, é a manutenção de um veto muito importante, que foi largamente discutido, que atinge parte dos servidores públicos", afirmou Bolsonaro destacando que essa seria a "cota de sacrifício" dos servidores nesta crise.

A expectativa dos governadores é que a primeira parcela deste auxílio seja repassado ainda neste mês de maio.

Pelo projeto, dos R$ 60 bilhões, R$ 30 bilhões vão para os estados e R$ 20 bilhões para os municípios. Os outros R$ 10 bilhões serão destinados às áreas da saúde da assistência social, para ações de combate ao coronavírus.


Comentários